Pular para o conteúdo principal

Destaques

Documentário da Netflix aborda caso Elisa Lam e histórico mórbido do Cecil Hotel

Dependendo da sua idade e do quanto você é ligado às notícias e ao mundo online, é bem provável que você tenha ouvido falar sobre o caso da Elisa Lam , uma canadense descendente de chineses que  viajou para os Estados Unidos e morreu em um hotel de Los Angeles . O caso polêmico na época foi explorado na série documental Cena do Crime – Mistério e Morte no Hotel Cecil (Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel) , dirigido pelo norte-americano Joe Berlinger e distribuído pela Netflix , em 2021. Em quatro episódios, de forma linear, é contada a história de como Elisa Lam foi parar no Cecil Hotel e um pouco de sua personalidade no mundo digital e afinidade com o Tumblr. Importante mencionar que o documentário não traz entrevistas com os familiares de Elisa Lam. Se nem os próprios familiares conhecem a fundo uma pessoa, me pergunto por que há tantas pessoas aleatórias na internet e fãs de teorias da conspiração que se sentem no direito de dizer que algo poderia ou não ter acontecido. 

Livro Pretérito Imperfeito será lançado em livraria de Brasília

A Caligo Editora confirmou hoje o lançamento do livro Pretérito Imperfeito, romance escrito pelo autor Gustavo Araujo e publicado durante este ano. O evento acontecerá no dia 28 de março, das 17h às 20h, na LeCalmon Livraria e Café, em Brasília (DF).


Pretérito Imperfeito entrelaça essas três realidades distorcendo tempo e espaço falando de amor. Do amor sofrido pela primeira vez. Do amor por livros e por escrever. Do amor entre pais e filhos. De redenção, de segundas chances. De reescrever o final da própria história.

Assista: Book Trailer de Pretérito Imperfeito – Gustavo Araujo

Local – LeCalmon Livraria e Café
SCLS 111, Bloco C, Loja 22 - Asa Sul - Brasília (DF)

Mora em Brasília ou conhece alguém que mora lá? Confirme sua presença no evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/864848353562011

Sobre a Caligo Editora – "Publicamos livros em formato físico e em e-book de autores nacionais, principalmente nas temáticas fantástica, policial e suspense, porém não exclusivamente, já que nosso intuito maior é descobrir bons textos de novos autores, seja na temática que for. Prestamos serviços de assessoria em publicação a autores e outras editoras, mediante análise de originais.

Do latim, a palavra caligo significa “escuridão” (e é pronunciada como paroxítona).  A inspiração maior, porém, veio da personagem Caligo, uma borboleta do livro “O caso da borboleta Atíria”, de Lúcia Machado de Almeida, publicado na Coleção Vaga-Lume.

A Caligo foi criada no ano de 2013 e está localizada em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Sabemos das dificuldades de uma editora nova, pequena e fora do eixo Rio-São Paulo. É um trabalho árduo, que vai sendo construído de erros e acertos, mas sem a intenção de abaixar a cabeça frente às dificuldades. Nosso alvo não são as grandes livrarias físicas, onde sabemos que editoras como nós têm seus livros relegados à última prateleira, sem qualquer visibilidade (isso quando se consegue chegar até elas). Buscamos a apreciação dos leitores, gostamos do contato com quem vai ler/leu nossas histórias e que podem recomendá-las porque gostaram delas e não apenas pelo marketing".

Para ficar por dentro das novidades, curta a página da Editora no Facebook: https://www.facebook.com/CaligoEditora/

Comentários

Mais lidas da semana