Pular para o conteúdo principal

Destaques

Happy Old Year: Filme explora a linha tênue entre o desapego e a nostalgia

O filme tailandês Happy Old Year , de 2019, nos faz pensar sobre as relações que construímos com as coisas que guardamos ao longo da vida. Com direção e roteiro de Nawapol Thamrongrattanarit, a obra está disponível na Netflix. Chutimon Chuengcharoensukying interpreta Jean, uma mulher que deseja fazer um escritório em sua casa, mas se dá conta de que há uma pilha de objetos inutilizados pela casa. Interessada e inspirada pelo minimalismo, se dependesse só dela, ela colocaria tudo em sacos de lixo e jogaria fora, o que ela descreve como buracos negros, porém, à medida que ela coloca o seu plano em ação, Jean percebe que não será tão fácil como imaginava. Com a resistência da família a mudar, Jean encara de frente sua missão, doa em quem doer. O que deveria ser fácil e prático para ela, cuja necessidade é vista até mesmo como egoísmo, acaba se desdobrando em várias situações, fases e etapas conforme ela mergulha nas histórias, memórias e emoções que estão vinculadas aos objetos, especialm

Solteiro Sofre Demais: Lumberlit do Bruno Godói já está em pré-venda

A Editora Empíreo aposta em Lumberlit – gênero literário de ficção masculina, abordando questões cômicas do homem atual. Com lançamento previsto para setembro, Solteiro Sofre Demais foi escrito por Bruno Godoi, autor dos livros O Grito Vermelho e Sete Cabeças e já está disponível para pré-venda no Kickante.


Para saber sobre a pré-venda e garantir seu exemplar, acesse: http://kickante.com.br/campanhas/pre-venda-exclusiva-kickante-solteiro-sofre-demais

Sabe o cada vez mais famoso gênero chicklit? Esse é o primeiro lumberlit (barba lit) lançado no mundo. Livro pra “homem barbado”. A obra de humor contao dia a dia de três solteirões vivendo numa república.

O protagonista, Larry James Lurex – 33 anos, professor de literatura – sofre de inúmeros distúrbios psíquicos, dentre eles, a terrível doençaESCS (Ereção Só Com Safadas). Resumo trágico: Larry só fica ereto com safadas. Pra piorar, elese apaixona por uma jovem muito religiosa e virgem, Sasha Grei. Meses depois ficam noivos. Mas por que foi ficar noivo de uma religiosa?

Leo é engenheiro, tem doutorado e muitos diplomas, além de ser maluco e estar desempregado. Trabalhava na Petrobras, largou tudo pra mexer num experimento chamado Projeto Frank. Leo quer criar a mulher ideal – Mulher Frankenstein. Pra isso coleciona fotos de parte corporal de várias pessoas pra montar sua modelo de retalhos.

Freddie é um naturalista zen que trabalha numa farmácia pra comprar remédio a preço de custo. Ele abre uma franquia de Ioga Astral Matutino e Ioga Astral Noturno.IAMeIAN(a pronúncia é a mesma).

Ah, e tem a Ritinha, que não trabalha,não faz nada..só observa.

A base 10 – Solteiro Sofre Demais apresenta uma narrativa fluída e rápida como um filme de comédia. Não existe no mundo outro livro escrito no mesmo estilo. A Base 10 foi criada pelo autor Bruno Godoi. Manipulando palavras, frases e parágrafos, o estilo facilita a imersão do leitor com o humor cíclico da obra; além do resultado estético na simetria. São 77 capítulos, 770 parágrafos, 77.000 palavras.


O autor – Bruno Godoi é natural de Divinópolis, MG. Membro da Academia Divinopolitana de Letras e autor do O Grito Vermelho (Editora Novo Século) e Sete Cabeças (Editora Empíreo).

Solteiro sofre demais será lançado em setembro de 2015 pela Editora Empíreo. Em data e local a serem definidos.

Para ficar por dentro sobre as novidades do livro Solteiro Sofre Demais, curta a página do Facebook: https://www.facebook.com/solteirosofredemais

Curta a página da Editora Empíreo: https://www.facebook.com/EditoraEmpireo

Comentários

Mais lidas da semana