Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dias de Isolamento, Estímulos e Tédio: Vidas Importam (Coronavírus) | Ben Oliveira

Mesmo para alguém no espectro autista (lembrando que não existem dois autistas iguais e há uma ampla variedade neurológica e de personalidade), os dias de isolamento não são necessariamente confortáveis.


Gostar de ficar em casa e precisar de tempo sozinho para recarregar as energias, não significa que autistas também não gostem de ver pessoas – muitos adoram andar ao ar livre. As pessoas confundem autismo, introversão, timidez e misantropia (aversão às pessoas).

O que eu queria falar é sobre a importância de se ocupar com o que te estimula. Na correria do dia a dia, todos abrimos mão daquilo que gostamos de fazer e do que nem sabíamos que gostamos. Além de ler e jogar, nesses dias aproveitei para organizar as coisas e brincar com as tintas e colas.

Deveria estar escrevendo mais, mas confesso que estou gostando de estimular outras áreas que estavam adormecidas. Sim, tenho muitos momentos de tédio, mas não acho que colocar a vida de outras pessoas em risco possa compensá-los.

Por outro …

Novidade: Leon – Felipe Sales Mariotto

O autor Felipe Sales Mariotto publicou neste mês de setembro o seu segundo livro, Leon, pela Chiado Editora. O romance terá evento de lançamento em São Paulo e Rio de Janeiro, ainda sem data divulgada. Para quem não se lembra, o primeiro livro do Felipe foi resenhado aqui para o blog, A Festa. Em breve recebo um exemplar para ler e compartilhar minha opinião por aqui. Enquanto não tem resenha do livro novo, confira a sinopse abaixo:


Quando seu mundo se expande tão rápido que você precisa se reinventar e correr para acompanhá-lo. Quando, de repente, parece que toda a sorte resolveu te acompanhar de uma só vez. Quando os sentimentos mais ocultos afloram em explosão, no momento em que não se julga preparado. Tudo isso e mais um pouco aconteceu com o pacato Leon.

Leão, para os íntimos, é filho de lavradores do interior paulista e conseguiu, por esforço próprio, uma aprovação no concorrido vestibular de Medicina da UFRJ. Trocou o campo pela viciante confusão do Rio de Janeiro e seus personagens. Logo no início da faculdade conheceu Arthur, um rico amigo que o abraçou como membro da família. Em pouco tempo, Leon foi convidado a frequentar e morar de frente para o mar, numa das coberturas mais caras da Barra da Tijuca.

Tudo parecia tão fácil e perfeito, que o lado imperfeito ficou com inveja. Arthur, sua mãe e irmã – de apenas 14 anos - iniciaram um jogo de sedução particular com o belo e cativante Leon que, inseguro, se enrolava cada vez mais nas teias dessa gente dominadora. Confuso entre sentimentos verdadeiros e descartáveis, além da própria sexualidade, ele se apaixonou pelo amigo, mas vive o dilema dramático de se afastar dessa família que tanto o transformou e, por conseguinte, do próprio Arthur, com medo que este descubra seus sórdidos segredos.

Nada é tão simples assim na escola da vida. Leon teve de amadurecer à força e tomar decisões que transformariam de vez sua história. O peso de cada escolha era o novo e diferente caminho a seguir. O que fazer?

Este livro trata dos sentimentos e dúvidas verdadeiros de pessoas comuns em busca da felicidade. Trajetórias de altos e baixos que afloram o autoconhecimento, trancafiando ou libertando de vez o leão enjaulado em cada um de nós.

O livro Leon já está disponível no site da Livraria da Travessa!

Sobre o autor – Felipe Sales Mariotto nasceu no Rio de Janeiro. Médico, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Leon é o seu segundo livro de ficção publicado. A Festa marcou sua estreia no universo literário.

Comentários

  1. Que sinopse instigante. Adoro esses livros com conflitos em ambientes domésticos. Aguardo a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ronaldo! Grato pela visita.
      Estou curioso para ver o que vem por aí... Assim que o livro chegar, vou devorá-lo e resenhar. Abraços!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!