Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Novidade: O Pingente de Sangue: As Lendas do Oriente – Leonardo Ottonelli

O autor Leonardo Ottonelli lança seu segundo livro O Pingente de Sangue: As Lendas do Oriente, pela Cultura em Letras Edições. Com 350 páginas, ilustrações e duas páginas bônus com desenhos para colorir, o livro é continuação de O Pingente de Sangue, lançado pelo autor em 2014.

A história continua em Londres e dessa vez o personagem central, Bryan Thomas, está determinado a vingar-se de seu maior inimigo, Armand Werlast. No último conflito épico, Bryan perde diversos amigos da sociedade dos guardiões seculares, incluindo seu melhor amigo Kevin. Antes do confronto final, Bryan conhece René, misterioso personagem que desaparece no livro anterior e ressurge na nova história como vampiro, sem que Bryan saiba que é filho de seu inimigo Armand.

Após saber que René é filho de Armand, Bryan consegue mantê-lo inofensivo até ser traído pelo jovem vampiro. A partir daí, René adquire poderes e cria um exército de vampiros, travando o que promete ser o maior desafio para Bryan, o encontro final com seu inimigo fortalecido pela presença de seu filho.

O lançamento aconteceu em 4 de setembro, na livraria Cultura Cine Vitória, no Rio de Janeiro. Leonardo esgotou o título na Bienal do livro, junto com “O pingente de sangue”, que aconteceu recentemente no Rio de Janeiro, sendo um dos autores com maior número de exemplares vendidos durante o evento.

O livro já está venda em diversas livrarias e também no site da Cultura em Letras Edições em: www.culturaemletrasedicoes.com.br

Comentários

Mais lidas da semana