segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Novidade: Cultura, Letras e Contos – Cultura em Letras Edições

A Cultura em Letras Edições acaba de lançar a coletânea de contos de ficção, “Cultura, letras e contos”. Desenvolvido através de concurso para selecionar autores, um dos âmbitos utilizados pela editora para produzir seu catálogo, o livro traz histórias escritas por Ben Oliveira, Gabriel Myslinsky, Gilberto Biscola, Leonardo Ottonelli e Paulo Morais.

Cada autor utilizou diferentes temas para o desenvolvimento dos capítulos. Eles citam desde o cotidiano de um casal, passando pela literatura fantástica e chegam a beirar os limites do imaginário. Todos os capítulos são ilustrados.

O título faz parte do projeto “2015, ano da literatura” que a Cultura em Letras Edições criou no objetivo de incentivar e promover a literatura em 2015. O livro está à venda no site da Cultura em Letras Edições e também pode ser encontrado em diversas livrarias, a princípio, do Rio de Janeiro.

Segundo informações do editor Occello Oliver, a partir de hoje, 26 de janeiro, os títulos da Cultura em Letras Edições estarão disponíveis em livrarias. A primeira a receber os livros é a Livraria Bolivar, localizada em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Texto da contracapa do livro, escrito pelo editor Occello Oliver:

"Como diz o velho e bom ditado, "Quem conta um conto, aumenta um ponto". Pode ser, uma vez que, ao criar um conto, os autores têm total liberdade de expressarem suas emoções através de escritos, que representam a veracidade contida no íntimo de cada um. Os contos de ficção são cada vez mais admirados pelo grande público, que, buscando novidades, lotam livrarias e bibliotecas, à procura de histórias que representam um alto grau de semelhança com a realidade.

A Cultura em Letras Edições, sempre preocupada em elaborar títulos que satisfaçam as necessidades dos leitores brasileiros, embarca no fluxo da maré da literatura e apresenta este incrível trabalho, fruto da dedicação e determinação de todos os profissionais envolvidos na criação deste projeto. Fica aqui o meu muito obrigado a todos que mais uma vez deram as mãos e juntos, pusemos no mundo mais um filho da literatura brasileira. E o maior espectador de toda essa aventura é o leitor, sempre confiante e antenado com o que há de mais precioso neste mundo de letras: os livros!".

O projeto gráfico do livro foi feito por Fabrício Viana, a capa e ilustrações são de Leonardo Ottonelli (autor do livro O Pingente de Sangue) e a edição, revisão e organização foram feitas por Occello Oliver (autor do livro As 7 Cores que Amei e Fora do Armário).

Confira a ilustração que acompanha o meu conto O Último Corte:



Sobre os autores: 

Ben Oliveira (conto O Último Corte) – Nasceu em 1989 e mora em Campo Grande (MS0. Graduado em Jornalismo. Autor de 9 contos publicados em diferentes coletâneas e sonha em seguir a carreira de escritor profissional. Mantém o blog: http://www.benoliveira.com/

Gabriel Myslinsky (conto Sua Crença, Minha Controvérsia) – 25 anos, paulista de sangue, mineiro de coração. Nascido em São José dos Campos (SP), mudou-se para Madre de Deus de Minas (MG), onde vive atualmente. Amante da Filosofia, Espiritualidade, Astrologia e Rock'n Roll, Gabriel sobre a própria vida com seu jeito nada convencional de escrever, admitindo que nada sabe, que apenas vive pela busca do autoconhecimento.

Gilberto Biscola (conto O homem que não queria morrer) – Nasceu e reside em Presidente Prudente (SP), onde trabalha como funcionário público. Iniciou há pouco no universo da escrita, já tendo alguns trabalhos publicados em sites e blogs. É adepto dos temas fantásticos, fruto de sua paixão pelos autores Stephen King e Ray Bradbury, suas grandes influências literárias. "O homem que não queria morrer" é seu primeiro texto impresso.

Leonardo Ottonelli (conto Legado Imortal) – É gaúcho de Sellbach (RS). É ator, cantor, ilustrador e autor do livro de ficção O Pingente de Sangue. Sua paixão por temas vampirescos o levou a criar este conto, repleto de mistérios, ação e com um desenvolvimento bastante improvável, porém possível, de um dia, deixar de ser mito e tornar-se realidade.

Paulo Morais (conto Breve comentário a respeito do mito da morte) – De família originária de Goiânia, mais comprometida com a sobrevivência do que com a formação escola, Paulo Morais sempre teve o imenso desejo de se comunicar. A leitura e a escrita são seus bons companheiros, para amenizar a solidão de viver em São Paulo. Nas paisagens desta metrópole, é comum encontrá-lo lendo ou escrevendo em bares ou café. Para a vida, já que a juventude passou, alimenta o desejo de envelhecer em uma casa repleta de livros com vistas e fugas para... ler e escrever.

Cultura, Letras e Contos já está cadastrado no Skoob.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram