Pular para o conteúdo principal

Destaques

Happy Old Year: Filme explora a linha tênue entre o desapego e a nostalgia

O filme tailandês Happy Old Year , de 2019, nos faz pensar sobre as relações que construímos com as coisas que guardamos ao longo da vida. Com direção e roteiro de Nawapol Thamrongrattanarit, a obra está disponível na Netflix. Chutimon Chuengcharoensukying interpreta Jean, uma mulher que deseja fazer um escritório em sua casa, mas se dá conta de que há uma pilha de objetos inutilizados pela casa. Interessada e inspirada pelo minimalismo, se dependesse só dela, ela colocaria tudo em sacos de lixo e jogaria fora, o que ela descreve como buracos negros, porém, à medida que ela coloca o seu plano em ação, Jean percebe que não será tão fácil como imaginava. Com a resistência da família a mudar, Jean encara de frente sua missão, doa em quem doer. O que deveria ser fácil e prático para ela, cuja necessidade é vista até mesmo como egoísmo, acaba se desdobrando em várias situações, fases e etapas conforme ela mergulha nas histórias, memórias e emoções que estão vinculadas aos objetos, especialm

Novidade: Fey: O Enigma de Ur – Josué Matos

Acordar e ver que chegou livro novo: maravilhoso! Se tiver dedicatória, melhor ainda... O escritor Josué Matos me enviou um exemplar do seu livro Fey: Livro 1 – O Enigma de Ur, publicado pela Editora PenDragon, em 2015. Para quem não se lembra, em março rolou resenha de outro romance do autor, Eu, Inabalável, publicado pela Editora Selo Jovem, em 2014, republicado em 2015, pela PenDragon.


Ainda não sei se vai rolar resenha para o blog ou não, foi um presente do autor! E eu quase não amo ganhar livros, né? Pode ser que eu resenhe, pode ser que não... Vamos ver! Estou deixando as coisas acontecerem. Uma coisa eu sei: quero poder ler Fey e os outros livros que comprei e ganhei antes do fim de ano. Confira abaixo mais informações sobre o livro:

Sinopse: Uma jovem garota órfã acorda em um quarto de hospital sem saber o que lhe aconteceu. Em determinados momentos ela se vê em meio a uma rede de intrigas na ONG da qual faz par. Em outros momentos é atormentada pelo mistério de uma runa que surge em seu braço. Sem saber o que é real ou imaginário, ela se vê perdida e sozinha.

Sobre o autor – Josué Matos é analista de sistemas por formação. Sempre foi apaixonado por livros. Em 1997, em meio a grandes decisões do início de sua vida adulta, resolveu iniciar seu primeiro romance, uma ficção científica com seres de outro planeta e sua ligação com o misticismo da raça humana. Em 1999, ainda sem ter concluído o seu romance, perdeu sua mãe. Forçado a se tornar homem em 24 horas, sua vida mudou por completo e com ela, o seu romance se perdeu junto com os sonhos.

“Escrever é uma aventura, viajar pelas letras, uma diversão” – Josué Matos

No ano de 2011, com a alma mais tranqüila, decidiu resgatar seu antigo desejo. Mais maduro, se dedicou à escrita de ficção científica e romances policiais. Em 2014, seu primeiro livro policial foi publicado e, em 2015, o seu primeiro de ficção científica.

Ficou interessado em ler Fey? O livro pode ser comprado através do site da Editora PenDragon: http://www.editorapendragon.com.br/ 

Fey também está cadastrado na maior redes social para leitores do Brasil. Adicione à sua estante do Skoob: http://www.skoob.com.br/fey-519843ed526991.html 

Para ficar por dentro das novidades da editora, curta a página da Editora PenDragon no Facebook: https://www.facebook.com/editorapendragon/ 

Em breve publico mais novidades aqui no blog! Obrigado a todos que têm acompanhado e, mais uma vez, obrigado pelo livro, Josué, pelo lindo agradecimento e por reconhecer o papel do Blog do Ben Oliveira em dar uma força para a literatura nacional! ;-) 

Comentários

  1. Respostas
    1. Oi, Josué!
      Estou ansioso para ler. Ainda tenho outras leituras na frente, mas logo organizo minha lista.
      Abração. Grato, mais uma vez, pelo apoio. Essas parcerias e feedbacks de autores, leitores, colegas da área e amigos são o que mantêm o blog vivo.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana