Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Conexão Literatura: Autor Rubens Francisco Lucchetti é entrevistado para a 9ª edição da revista

Já está no ar a 9ª edição da revista online Conexão Literatura. O destaque deste mês de março na publicação é o autor R. F. Lucchetti. Entrevistas com autores, resenhas de livros, sorteios e parcerias. Confira as novidades da fanzine:


Rubens Francisco Lucchetti foi entrevistado pela revista. Considerado o “Papa da Pulp Fiction” no Brasil, o autor tem mais de 1500 títulos publicados, entre livros de ficção, roteiros de filmes, histórias em quadrinhos, artigos e desenhos.

“Eu usei diversos pseudônimos porque os editores não acreditavam num nome latino assinando histórias de Horror e Mistério, uma vez que esses gêneros não são muito cultivados em nosso país” – R. F. Lucchetti

  • Na página 4 da revista literária é possível conferir a lista de blogs e vlogs de literatura parceiros da Conexão Literatura – e que o Blog do Ben Oliveira está lá! 
  • Resenhas dos livros A Garota Sem Passado, escrita por Caroline Marcolino e Star Wars: Academia Jedi, escrita por Igor Thiago
  • Sorteios dos livros Mulheres que não sabem chorar (Lilian Farias) e O Abominável Dr. Zola (R. F. Lucchetti) rolando na página do Facebook da revista de literatura: https://www.facebook.com/revistaconexaoliteratura/ 


Mulheres que não sabem chorar – A vida de Marisa é regida pelo controle. Seja à frente do seu trabalho ou da vida dos filhos, ela é racional, mantendo-se sempre fria, um ser à parte das banalidades, cuja única preocupação é ser um exemplo. Olga é sua antítese. Sentimentos à flor da pele, dor flagelando a carne, pensamentos embaçados pelo esquecimento proporcionado pelo álcool. Sozinha, preocupa-se em apenas ser, em um mundo cercado por fatos que não reconhece mais como seus. Enquanto isso, Ana e Verônica esbarram com o acaso.

Duas senhoras solitárias, vizinhas e antagônicas. Será que um dia alguém acharia que poderiam viver em paz? Mais ainda, será que poderiam se apaixonar? Duas jovens livres e independentes. O que as impede de ficar juntas?

Mulheres que não sabem chorar é mais que uma história de amor entre iguais. Junto a estas personagens tão humanas, o leitor vê-se despido dos preconceitos, pudores e medos. Ora crua, ora poética, a trama nos obriga a enfrentar o espelho e se ver como nunca imaginou antes. Pois ao mergulhar neste romance, o que fará você pensar não é a forma como vê o amor, mas sim a forma com que ele se volta em sua direção. Esteja preparado.

(Danilo Barbosa - Autor de Arma de Vingança)


O Abominável Dr. Zola – Nas noites de luar, quando o relógio marca meia-noite, ouve-se um uivo sinistro, fazendo gelar nosso sangue. É o uivo de um ser de corpo peludo e dentes aguçados que ataca os incautos viandantes noturnos. Durante o dia, é um homem comum; mas, por artes do mal ou por artes de algum gênio louco, transforma-se à noite num monstro que aterroriza os habitantes de aldeias longínquas e tranquilas, como a de Westmoreland, na Inglaterra.

Somente a morte poderá trazer paz a esse pobre homem. Apenas a morte poderá amenizar-lhe o terrível sofrimento de ser transformado subitamente numa criatura horripilante com uma sede implacável de matar e destruir.

Sobre o editor da Revista Conexão Literatura – Ademir Pascale é Membro Efetivo da Academia de Letras José de Alencar (Curitiba/PR). Participou em mais de 40 livros, sendo um dos mais recentes “Nouvelles du Brésil”, publicado na França pela editora Reflets d’Ailleurs. Publicou pela Editora Draco “O Desejo de Lilith” e “Caçadores de Demônios”. Fã n° 1 de Edgar Allan Poe, adora pizza, séries televisivas e HQs

Em breve a revista ganhará um site exclusivo: www.revistaconexaoliteratura.com.br 

Atualmente, a revista pode ser baixada na página presente no site da Fábrica de eBooks: http://www.fabricadeebooks.com.br/conexao_literatura.html 

Gostou da dica? Recomende!

Comentários

Mais lidas da semana