Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Aproveite o mês de Halloween para ler Escrita Maldita

Lágrimas Negras. O título do romance escrito por Daniel Luckman, protagonista do meu livro de terror e suspense, Escrita Maldita, serviu de inspiração para fotografias da leitora Gisele Santos (Instagram: @gicrazyforbooks). A maquiagem foi feita por Line Carvalho (Instagram: @linecarvalhomakeup). Gratidão pelas fotos! Fiquei muito feliz quando vi.

Ficou curioso? Confira as fotos abaixo:




Neste mês do Dia das Bruxas, se você é o tipo de pessoa que gosta de ler livros com tramas sombrias, vale a pena conhecer, Escrita Maldita. Repleto de referências diretas ou indiretas a outros livros e filmes de terror, o leitor é levado a mergulhar na mente de Daniel Luckman, um escritor que está prestes a realizar um sonho: escrever um livro de terror com Laurence Loud, um dos seus autores favoritos. O que poderia dar errado? Sonhos podem se tornar pesadelos.

Escritores do terror estão conectados, quer eles queiram ou não. Existem fios que conectam as narrativas. O velho e o novo, o tradicional e o contemporâneo. O gênero do horror ainda é incompreendido para muitos. Qual é o papel dessas histórias em nossas vidas? Para alguns autores, existe uma necessidade mais forte do que eles de escrever.

O que movimenta o processo de criação literária? Entre memórias, sonhos, alucinações e acontecimentos estranhos, Daniel tem um prazo a cumprir. Com a pressão de escrever um livro com seu ídolo, os dois precisam fazer funcionar. Será que eles vão conseguir terminar de escrever o romance a quatro mãos com as diferenças de idades e de bagagens?

O lugar mais claustrofóbico para algumas pessoas não é uma sala apertada, mas suas próprias mentes. Em uma casa distante de tudo e todos, com dois homens obcecados pela escrita, tudo pode acontecer.



Ficou curioso? O eBook de Escrita Maldita pode ser comprado na Amazon. Para quem é assinante do Kindle Unlimited, o livro digital também faz parte do programa.
***
Aproveite para conhecer meu conto Pesadelos no Hotel, indicado pela blogueira Tatiane Carneiro de Souza

Para ficar por dentro das novidades, me acompanhe nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraautor/

Twitter: https://twitter.com/Ben_Oliveira

Instagram: https://www.instagram.com/benoliveira/

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e do livro de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1), disponível no Wattpad.

Comentários