Pular para o conteúdo principal

Destaques

O Círculo (Os Bruxos de São Cipriano #1): 5 Comentários dos leitores no Wattpad

Em janeiro de 2019, O Círculo (Os Bruxos de São Cipriano #1) vai completar dois anos no Wattpad. Desde que estreou na plataforma de histórias online, mais de 2400 pessoas leram a história até o final, sendo que a somatória de leituras dos capítulos e materiais está prestes a completar 110 mil leituras.


O Círculo (Os Bruxos de São Cipriano #1) está disponível na loja Kindle: https://amzn.to/2PdhIh5

Confira 5 comentários dos leitores da série de fantasia Os Bruxos de São Cipriano:
“Amei o livro. Literalmente, amo a magia.
Sei que tem pessoas que não acreditam [...]
Todos nós temos um lado bruxo, mas cabe a cada um usar as energias para o bem ou para o mal”
—Franciely Caetano

Cara, seria top em uma série de TV de magia. Gostei muito do seu livro. Sucesso para você!
—Jhoey Souza

“O livro é bom demais!
Espero que tenha sucesso na sua jornada de escritor, porque o dom de escrever você tem!
Lhe desejo sucesso, e muita paz, e que não lhe falte ideias”
—Isadora Rafaele

“Estou viciada nessa história dos Br…

13 Livros sobre Autismo que poderiam ser traduzidos para o Brasil

Você sabe o que é autismo? É bem provável que você tenha uma visão formada na sua cabeça que não corresponde à realidade. O Transtorno do Espectro Autista é bem amplo e mesmo que você conheça um autista, existe uma expressão: “Se você conheceu um autista, você conheceu um autista”.


A falta de materiais atualizados sobre autismo no Brasil reflete no preconceito que muitas pessoas têm sobre o assunto. Muito se fala sobre o autista se adaptar à sociedade, mas pouco se comenta sobre o preconceito que vem de todos cantos, inclusive de profissionais da saúde, da mente e da educação que deveriam ter mais empatia.

Acredito que grande parte do preconceito vem do desconhecimento sobre a condição. Durante muitos anos, muitos mitos sobre o autismo foram espalhados na mídia e alguns continuam sendo espalhados até os dias atuais, sem que as pessoas levem em conta como essas informações falsas acabam contribuindo para o estigma e influenciam na autoestima de autistas.

Muitos livros sobre autismo publicados por aqui estão atrasados. Existem materiais que ignoram a importância de compreender de que forma o autismo está relacionado à sobrecarga sensorial, bem como a busca de estímulos sensoriais. Todos autistas são diferentes, logo a questão sensorial pode ser bem diversa, porém, em vez de entender o papel dos sentidos no autista, muitas pessoas ignoram. Luz, barulho, toque, textura, odor... Autistas podem fugir e/ou buscar estímulos sensoriais.

“Aprender a história pode ajudá-los a evitar cometer os mesmos erros cometidos por educadores e médicos nas gerações anteriores – como acreditar que há uma criança normal aprisionada atrás da “carapaça autista” [...] Somos parte do mundo natural e a natureza prospera experimentando, promovendo o desenvolvimento de muitos tipos diferentes de indivíduos” – Trecho da entrevista de Steve Silberman a Michael McWatters, publicada no TED-Ed blog

É preciso tomar cuidado com materiais que julgam o autista como distraído intencionalmente. Pode ser bem difícil para um autista se focar com excesso de estímulos, por exemplo, e alguns ambientes podem provocar crises e/ou mal-estar.

Também é importante lembrar que o preconceito é cultural e aprendido. Na infância, muitos autistas lidam com bullying e/ou isolamento. A falta de informações sobre autismo era uma desculpa há alguns anos. Atualmente, com a internet e mais possibilidades de entrar em contato, a necessidade de compreensão deveria ser melhor. Ironicamente, muitos profissionais acreditavam que autistas não tinham empatia. A realidade é que muitos não-autistas (neurotípicos) têm muita dificuldade em sentir empatia por quem é diferente. Quem é autista ou familiar de autista e vive essa realidade, sabe muito bem do que estou falando.

“Nunca presuma que a capacidade de falar é igual a inteligência. Há uma abundância de pessoas autistas que têm dificuldade em falar, mas que têm mundos criativos gloriosos dentro delas, buscando meios de expressão” – Steve Silberman

Infelizmente, os preconceitos do autismo atrapalham até mesmo no diagnóstico, seja por despreparo profissional ou por medo da pessoa descobrir em diferentes fases da vida que é autista e passou a vida inteira sem um diagnóstico. Aqui fica o lembrete: o autismo não é um rótulo. Como já comentei, o perigo do autista sem compreensão de si mesmo é sua vulnerabilidade, especialmente em casos de isolamento, depressão e ansiedade. Quem já teve dificuldade de encontrar profissionais especialistas em Transtorno do Espectro Autista sabe que ainda é bem complicado.

Muitos profissionais tem tão pouco contato com autistas adultos, por exemplo, e na hora de diagnosticar pessoas que passaram a vida toda sem diagnóstico, eles ficam perdidos e qualquer comportamento diferente já é suficiente para acharem que a pessoa não é autista, sem levar em conta os mitos do autismo (como contato visual, amizade, trabalho e relacionamento amoroso). Bastaria ler livros, blogs e consumir conteúdos produzidos por autistas para entender que autistas podem ser bem diferentes.

O autismo é uma condição neurobiológica diversa. Tantos anos foram desperdiçados com pesquisas e ideias falsas e inconclusivas sobre o autismo e poucas pensando no bem-estar e adaptações diárias, na melhora da qualidade de vida, autoestima e felicidade. Continuo batendo na tecla de que tão importante quanto entender a visão médica e psicológica do autismo, é entrar em contato com a realidade do autista.

*Para quem gosta de ler livros em inglês, deixei os links para quem quiser comprar.


Confira 13 livros sobre autismo que eu gostaria que fossem traduzidos para o português por editoras brasileiras:


Spectrum Women: Walking to the Beat of Autism


Sinopse: Spectrum Women é um livro que descreve a vida a partir da perspectiva autista de mulheres. Editado por Barb Cook e Dr. Michelle Garnett, o livro traz percepções empoderadoras, úteis e de apoio de sua experiência pessoal para mulheres autistas. Os comentários de Michelle Garnett validam e expandem as experiências descritas da perspectiva de um clínico e fornecem recomendações extensivas.

O livro conta com a participação de autistas ativistas Liane Holliday Willey, Anita Lesko, Jeanette Purkis, Artemisia e Samatha Craft que oferecem orientação pessoal sobre questões importantes que afetam particularmente as mulheres, bem como aquelas que são mais gerais para o autismo. 

Os contribuidores abrangem questões como crescimento, identidade, diversidade, parentalidade, independência e autocuidado, entre muitos outros. Com grandes contribuições de mulheres excepcionais, esta é uma coleção verdadeiramente completa de conhecimento e conselhos sábios para qualquer mulher com autismo.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2Mf8OSR

Neurotribes


Sinopse: Vencedor do Prêmio Samuel Johnson 2015 para não-ficção

Um livro inovador que retifica o pensamento convencional sobre o autismo e sugere um modelo mais amplo de aceitação, compreensão e participação plena na sociedade para pessoas que pensam de forma diferente.

O que é autismo? Uma deficiência vitalícia, ou uma forma natural de diferença cognitiva semelhante a certas formas de gênio? Na verdade, é tudo isso e muito mais - e o futuro de nossa sociedade depende de nossa compreensão. Repórter da Wired, Steve Silberman descobre a história secreta do autismo, há muito reprimida pelos mesmos médicos que se tornou famoso por descobri-lo, e encontra respostas surpreendentes para a questão crucial de por que o número de diagnósticos disparou nos últimos anos.

Voltando aos primeiros dias da pesquisa sobre o autismo e narrando a jornada corajosa e solitária de pessoas autistas e suas famílias ao longo das décadas, Silberman fornece soluções há muito procuradas para o quebra-cabeça do autismo, enquanto traça um caminho para a nossa sociedade em direção a um mundo mais humano em que as pessoas com diferenças de aprendizagem e aqueles que as amam têm acesso aos recursos de que precisam para viver vidas mais felizes, mais saudáveis, mais seguras e mais significativas.

Ao longo do caminho, ele revela a história não contada de Hans Asperger, o pai da síndrome de Asperger, cujos "pequenos professores" foram alvo da mais escura experiência de engenharia social na história humana; expõe a campanha secreta do psiquiatra infantil Leo Kanner para suprimir o conhecimento do espectro do autismo por cinquenta anos; e lança luz sobre o crescente movimento de ativistas da "neurodiversidade" buscando respeito, apoio, inovação tecnológica, acomodações no local de trabalho e na educação, e o direito à autodeterminação para aqueles com diferenças cognitivas.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2KHLdFy



“Se você entende que os alunos autistas em sua classe são tão complexos e cheios de nuances e intensamente emocionais e esperançosos quanto você, você fará tudo ao seu alcance para ajudá-los a ter vidas mais felizes e engajadas” – Steve Silberman


Pretending to Be Normal: Living with Asperger's Syndrome (Autism Spectrum Disorder)


Sinopse: Comovente e espirituoso, a descrição de Liane Holliday Willey de ter crescido até a idade adulta como um 'Aspie' não diagnosticado foi lida por milhares de pessoas dentro e fora do espectro do autismo desde sua primeira publicação em 1999.

Atualizando sua história, incluindo seu diagnóstico como um adulto, e refletindo sobre as mudanças de atitude ao longo de 15 anos, esta edição expandida continuará a entreter (e informar) todos aqueles que gostariam de saber um pouco mais sobre como é passar a sua vida 'fingindo ser normal'.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2vxMsm0

Women and Girls with Autism Spectrum Disorder: Understanding Life Experiences from Early Childhood to Old Age


Sinopse: A diferença que o sexo feminino faz para o diagnóstico, a vida e as experiências de uma pessoa com um Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) praticamente não foi pesquisada e não foi relatada até recentemente. Neste livro, Sarah Hendrickx reuniu pesquisas acadêmicas e histórias pessoais sobre meninas e mulheres no espectro do autismo para apresentar uma imagem de seus sentimentos, pensamentos e experiências em cada etapa de suas vidas.

Descrevendo como o autismo se apresenta de maneira diferente e pode se esconder nas mulheres e qual o provável impacto para elas ao longo da vida, o livro analisa como as mulheres com ASD experimentam diagnóstico, infância, educação, adolescência, amizades, sexualidade, emprego, gravidez e parentalidade e envelhecimento.

O livro fornecerá orientação inestimável para os profissionais que apoiam essas meninas e mulheres e oferecerá às mulheres com autismo uma luz orientadora na interpretação e compreensão de suas próprias experiências de vida através das experiências dos outros.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2MbYWtZ

The Complete Guide to Asperger's Syndrome


Sinopse: O Guia Complemento sobre a Síndrome de Asperger serve como um manual sobre autistas. Agora, incluindo uma nova introdução explicando o impacto do DSM-5 no diagnóstico e abordagem da Síndrome de Asperger, reúne uma riqueza de informações sobre todos os aspectos da síndrome para crianças e adultos.

Com base em estudos de caso e relatos pessoais da extensa experiência clínica da Attwood e de sua correspondência com indivíduos com Síndrome de Asperger, o livro é extremamente acessível.

Há também um inestimável capítulo de perguntas freqüentes e uma seção listando recursos úteis para quem deseja encontrar mais informações sobre um aspecto específico do SA, bem como literatura e ferramentas educacionais.

Leitura essencial para famílias e indivíduos com Síndrome de Asperger, bem como professores, profissionais e empregadores que entram em contato com pessoas com Síndrome de Asperger, este livro deve estar na estante de qualquer pessoa que precisa saber ou está interessado nesta condição complexa.

"Costumo dizer à criança:" Parabéns, você tem a síndrome de Asperger "e explique que isso significa que ela não é maluca, ruim ou defeituosa, mas tem uma maneira diferente de pensar" – Tony Attwood

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2MbqT4S

Leia a resenha sobre o livro publicada aqui no blog: Síndrome de Asperger: Guia do especialista mundial em autismo, Tony Attwood 

Fall Down Seven Times, Get Up Eight 


Sinopse: Naoki Higashida encontrou o sucesso internacional com THE REASON I JUMP, um relato revelador da vida aos treze anos de idade com autismo não-verbal. Agora ele oferece uma visão igualmente esclarecedora sobre o autismo a partir de sua perspectiva como um jovem adulto. Em partes concisas e envolventes, ele compartilha seus pensamentos e sentimentos em um amplo menu de tópicos que vão desde experiências escolares até relacionamentos familiares, a alegria de viajar para as dificuldades da fala.

Consciente de como mistificar seu comportamento pode parecer para os outros, Higashida descreve o efeito sobre ele de coisas tão comuns como uma mudança repentina de planos, ou os passos mentais que ele tem que dar para simplesmente registrar que está chovendo. Todo o tempo, seu objetivo é promover uma melhor compreensão do autismo e encorajar as pessoas com deficiência a serem vistas como pessoas, não como problemas.

Com uma introdução de David Mitchell, Fall Down Seven Times, Get Up Eight inclui uma pequena história onírica que Higashida escreveu para esta edição. Tanto em movimento quanto de uso prático, o livro abre uma janela para a mente de um jovem inspirador que enfrenta os desafios do autismo com tenacidade e bom humor. No entanto, muitas vezes ele cai, ele sempre se levanta.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2vx0bcW


Iris Grace


Sinopse: O conto surpreendente de uma menina que era diferente, seu gato e como eles aproximaram uma família.

Iris Grace é diferente. Desde o momento em que nasceu, ela achou o mundo um lugar estranho e aterrorizante: ela não sorria nem falava. Os médicos não puderam ajudar, dizendo a seus pais que ela nunca poderia se comunicar - ela nunca os chamaria de mamãe ou papai.

Mas então Iris conheceu Thula.

Este gatinho especial e Iris tornaram-se os melhores amigos instantâneos. Eles fizeram tudo juntos - pintando, brincando, tomando banho, aconchegando-se, dormindo, explorando. E então um milagre aconteceu: Iris disse suas primeiras palavras.

A história do vínculo surpreendente entre Iris e Thula é uma história reconfortante de encontrar esperança e felicidade nos lugares mais inesperados.

Porque diferente é realmente brilhante.

Encontre o eBook em inglês: https://amzn.to/2Mc57yh

In Two Worlds


Sinopse: In Two Worlds (Entre Dois Mundos) foi escrito por Ido KedarSete anos de idade, Anthony tem autismo. Ele bate as mãos. Ele faz ruídos estranhos. Ele não pode falar ou comunicar seus pensamentos. Tratamentos, terapias e teorias sobre sua condição definem sua existência diária. No entanto, Anthony não está melhorando muito.

Ano após ano, suas lições corretivas continuam. Anthony fica mais velho e mais alto, mas seu discurso permanece indefinido e suas lições escolares nunca avançam. A vida parece estar passando por ele. Até que um dia tudo muda.

Em Two Worlds é um conto convincente, rico em personagens inesquecíveis que estão navegando através da multidão de teorias sobre o autismo que por décadas ditaram a vida de milhares de crianças e suas famílias. Este trabalho de ficção de estreia lança luz sobre a vida interior e exterior de crianças com autismo não falante e em seus dois mundos.

Como uma das únicas obras de ficção escritas por uma pessoa com autismo não falante, ela oferece aos leitores um ponto de vista privilegiado e sem precedentes sobre o autismo e a vida em silêncio, e o faz com calor, humor e um intelecto perversamente agudo.

Ido Kedar é um autista não-verbal que aprendeu a usar a escrita por meio de um método alternativo de comunicação chamado RPM, aos 12 anos. Em 2012, publicou um livro chamado Ido in Autismland, que ainda não tem tradução para o português.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2MfP29J


Pretending to be Normal: Living with Asperger's Syndrome

Sinopse: Fingindo ser Normal conta a história de uma mulher que, após anos de insegurança e autonegação, aprendeu a abraçar os traços da síndrome de Asperger com gratidão e alegria. Contando sua vida a partir de suas primeiras lembranças através de sua vida como professora universitária, escritora, esposa e mãe, Liane Holliday Willey compartilha, com perspicácia e cordialidade, as lutas e desafios diários que enfrentam muitos daqueles que têm Síndrome de Asperger. Fingindo ser Normal convida seus leitores a receber a comunidade de Asperger com aceitação aberta, pois deixa claro que, na maioria das vezes, eles são pessoas capazes, viáveis, interessantes e gentis que simplesmente encontram maneiras únicas de exibir essas qualidades.

A última parte do livro consiste em uma série de apêndices substanciais que fornecem estratégias úteis de enfrentamento e orientação, com base na própria experiência da autora, para uma série de situações. Este livro positivo e humano fornecerá não só insight sobre o mundo de Asperger que será inestimável para os profissionais que trabalham com pessoas com Síndrome de Asperger, mas também esperança e encorajamento para outras pessoas com Síndrome de Asperger, suas famílias e seus amigos.

Encontre o eBook em inglês: https://amzn.to/2PBzlsa


Asperger's on the Inside


Sinopse: Asperger's on the Inside é uma memória extremamente honesta e muitas vezes muito divertida de Michelle Vines sobre a vida com Síndrome de Asperger. O livro segue Michelle em explorar seu passado e leva o leitor com ela em sua jornada para receber e aceitar seu diagnóstico.

Em vez de refazer as informações de Asperger amplamente disponíveis, Michelle se concentra em discutir os pensamentos, sentimentos e idéias que acompanham ser um Aspie, dando-nos um raro olhar no que realmente parece ser uma pessoa no espectro.

Uma leitura obrigatória para todos aqueles que gostam de histórias pessoais profundas ou têm um ente querido no espectro que desejam entender melhor.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2MT4ngG


Odd Girl Out


Sinopse: Desde a infância, Laura James sabia que ela era diferente. Ela lutou para lidar com um mundo que muitas vezes não fazia sentido para ela, como se seu cérebro tivesse seu próprio sistema operacional. Até que ela chegou aos quarenta anos que ela descobriu o porquê: de repente e surpreendentemente, ela foi diagnosticada com autismo.

Com uma honestidade tocante e ardente, Laura desafia tudo o que achamos que sabemos sobre o que significa ser autista. Casada com quatro filhos e uma jornalista de sucesso, Laura examina as formas pelas quais o autismo moldou sua carreira, sua abordagem à maternidade e seus relacionamentos mais íntimos. A escrita inteligente e otimista de Laura oferece uma nova visão das lutas cotidianas de viver com autismo, pois sua extrema atenção aos detalhes sensoriais - um aspecto comum de seu autismo - é fascinante de se observar através de seus olhos.


Enquanto Laura luta para definir sua própria identidade, ela também observa os benefícios exclusivos que a neurodiversidade pode trazer. Lírica e exuberante, Odd Girl Out mostra como ser diferente não significa ser menos, e prova que nunca é tarde demais para qualquer um de nós encontrar o nosso lugar de direito no mundo.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2oejQKu


Nerdy, Shy, and Socially Inappropriate: A User Guide to an Asperger Life


Sinopse: Cynthia Kim explora toda a peculiaridade de viver com Síndrome de Asperger (ASD) neste guia acessível, espirituoso e honesto, olhando de uma perspectiva privilegiada em alguns dos aspectos mais desafiadores e intratáveis ​​de ser autista. Sua própria vida apresenta muitos exemplos ricos. De ser rotulada nerd e tímida como uma criança não diagnosticada a se redefinir quando diagnosticada com Síndrome de Asperger quando adulta, ela descreve como sua perspectiva mudou para compreender um mundo antes confuso e combina isso com os resultados de extensa pesquisa para explorar o "porquê" de Traços ASD. Ela explica como eles impactam em tudo, desde o autocuidado até a manutenção de um emprego e oferece estratégias tipicamente práticas e criativas para ajudar a administrá-los, incluindo uma seção sobre os benefícios vestibulares, sensoriais e sociais das artes marciais para pessoas com autismo.


Bem conhecida na comunidade do autismo e além de seu popular blog, Musings of an Aspie, o livro de Cynthia Kim é rico em anedotas pessoais e conselhos úteis. Este guia inteligente ajuda os adultos com ASDs e seus parceiros, membros da família, amigos e colegas, mas também fornece uma janela nova e espirituosa para uma visão de mundo diferente.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2xbTz3q

Working with Girls and Young Women with an Autism Spectrum Condition: A Practical Guide for Clinicians



Sinopse: Este guia mostra como os médicos podem ajudar meninas e mulheres jovens com TEA a atingir seu pleno potencial, adotando mais abordagens individualizadas e baseadas em relacionamentos. Com contribuições de mulheres jovens sobre suas experiências em contextos clínicos, o livro reflete sobre o que os médicos fizeram de certo e errado até hoje, por que meninas e mulheres com TEA são muitas vezes incompreendidas e como a cultura de como os médicos trabalham com elas precisa mudar a fim de alcançar melhores resultados. De forma concisa e prática, aborda como entender melhor as necessidades dos clientes e fomentar relacionamentos fortes por meio do diagnóstico, compreensão de comorbidades, questões sensoriais, autoflagelação, regulação emocional, avaliações, intervenções e estratégias.

Encontre o livro em inglês: https://amzn.to/2QAiW8e

Gostou das indicações de leitura? Ficou curioso para ler? Compartilhe para que mais pessoas possam conhecer mais livros sobre autismo!

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle. 

Comentários

Mais lidas da semana