Pular para o conteúdo principal

Destaques

Antraz: Documentário da Netflix revela investigações feitas pelo FBI durante anos

Um pouco após os atentados terroristas contra as torres gêmeas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no 11 de setembro de 2001, uma ameaça de antraz colocou as autoridades, como o FBI em alerta, e espalhou pânico nos norte-americanos devido à facilidade de se espalhar sem as pessoas saberem.  Dirigido e roteirizado por Dan Krauss e produzido pela Netflix e pela BBC, 21 anos após o ataque e o primeiro caso de circulação do antraz, o documentário Antraz: EUA Sob Ataque (The Anthrax Attacks) leva o telespectador para as investigações do FBI que duraram anos. O que a princípio foi alvo de muita pressão para a solução do caso, principalmente pelo medo dos norte-americanos do esporo da bactéria continuar se espalhando pelas cartas e fazendo mais pessoas adoecerem e/ou morrerem, logo foi caindo no esquecimento conforme as investigações desenrolavam fora dos holofotes.  Com a proximidade do caso do ataque às torres gêmeas, à primeira vista, o pânico generalizado fez com quem os norte-americanos

Love Alarm: Série coreana da Netflix imagina o amor nas mãos da tecnologia

 A Netflix tem apostado cada vez mais em produções sobre a relação entre o amor e a tecnologia. Entre a esperança de aplicativos facilitando os relacionamentos e o terror de quando causam mais prejuízos, Love Alarm é uma série sul-coreana com doses de drama e romance sobre um app (homônimo ao título) que apita em um raio de dez metros quando a pessoa está próxima de alguém que gosta.

A série gira ao redor de três personagens no ensino médio em sua primeira temporada. Com uma pegada mais romântica e dramática do que The One (também sobre aplicativo de amor), Love Alarm mostra como um aplicativo pode provocar alegria e prazer quando alguém que te ama o faz tocar, mas também lembra da sensação amplificada de solidão quando outras pessoas conseguem encontrar um par e você não.

Da transição da adolescência e flashbacks dos passados dos personagens, fazendo o telespectador entender um pouco sobre suas personalidades e relações, até o início da vida adulta, o roteiro mostra o amadurecimento gradual dos personagens e como eles aprenderam a lidar com as próprias emoções.

Love Alarm é uma série para quem gosta de triângulos amorosos, mas também para quem quer entender os possíveis impactos do excesso de confiança na tecnologia e dependência digital quando se tratam de sentimentos e relacionamentos. O dorama se foca no amor e na importância de curar as feridas do passado.

Durante evento de divulgação da segunda temporada de Love Alarm, os atores sul-coreanos que interpretaram a Kim Jojo (Kim So Hyun) e o Sun Oh (Song Kang) foram questionados se usariam o aplicativo se existisse na vida real. Ambos atores que responderam sobre a importância de usar as palavras para expressar os sentimentos. 

Love Alarm foi baseada em um quadrinho online de 2014 criado por Chon Kye-young. A série foi dirigida por Lee Na-jeong, Kim Jin-woo e Park Yoo-yeong. 

Ainda não se sabe se Love Alarm terá uma terceira temporada. A esperança dos fãs que não gostaram do final da segunda temporada está no fato de que o quadrinho online que serviu de base para a série continua sendo publicado.

Vale a pena assistir também: My Holo Love.

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana