Pular para o conteúdo principal

Destaques

Espectro Autista: Disfunção Executiva, Alimentação e Autonomia

Quase nunca falo de alimentação, mas hoje decidi falar. Uma das principais curiosidades de pais de pessoas no espectro autista é sobre a seletividade alimentar e autonomia. Poucos sabem da existência da disfunção executiva.


Foto tirada neste sábado, 18 de maio de 2019: 


Aspergers também comem besteiras. Não sou exemplo a ser seguido por ninguém. Por esse e inúmeros motivos prefiro ficar do lado de fora do mundo do autismo. Odiaria ser visto como um modelo de comportamento.  
Poucas pessoas conhecem minha história de vida. Aos 17 anos, entrei na universidade, onde comecei minha primeira graduação: Nutrição. Quem já leu os outros posts, sabe que a graduação não foi desafiadora para mim e acabei desistindo = comportamento de pessoas com altas habilidades (embora eu não tenha papel, na minha infância fui consultado por psicóloga que dizia que eu era muito maduro para minha idade). Queria algo mais desafiador e fiz cursinho para tentar Medicina, mas a realidade bate na porta e não era e aind…

Crônica: Jornalismo ou Literatura?

Escrito por Yolanda Maria Muniz Tuzino, da Universidade Estadual de Ponta Grossa, o artigo ‘Crônica: uma intersecção entre o Jornalismo e Literatura traz pesquisas sobre as origens e justificativas entre estas duas áreas que se cruzam, formando um gênero textual híbrido.

Yolanda Tuzino aborda informações interessantes como a de que a crônica no Brasil se diferencia da produzida em outros países, levando a conclusão de que ela pode ser considerada um gênero genuinamente brasileiro.

Segundo a pesquisa realizada pela autora do artigo e as fontes apresentadas, a crônica brasileira tem características como sua forte relação com o jornal impresso. Mais do que um simples relato cronológico, no país este texto tem um caráter literário.

Dentro do jornalismo, a crônica possibilita ao jornalista um texto mais livre, subjetivo, analítico, possibilitando ao leitor uma reflexão sobre o assunto abordado, lazer, quebrando a barreira da imparcialidade.

No artigo é apresentado o conceito de crônica, seu surgimento e evolução histórica no Brasil, diferentes classificações da crônica, tanto para estudiosos do jornalismo, quanto para os da literatura e a natureza híbrida deste gênero.

Confira o artigo na íntegra: http://www.bocc.ubi.pt/pag/tuzino-yolanda-uma-interseccao.pdf

Comentários

  1. achei bacana, e ficou muito bem explicado por que as crônicas são brasileiras.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana