domingo, 22 de setembro de 2013

Resenha: O Guardião – Nicholas Sparks

Quando comprei o livro do Nicholas Sparks, “O Guardião”, logo imaginei que a narrativa seria semelhante às das outras obras do escritor norte-americano. É como se toda história escrita pelo autor seguisse uma mesma estrutura, na qual os elementos da paixão e amor andam lado a lado com a tragédia e morte. Fiquei surpreso ao descobrir que este livro era um pouco diferente dos outros que eu já havia lido do Nicholas Sparks.

Confesso que apesar de achar as histórias dele clichê, me delicio lendo seus livros. Até o exato momento já li os livros: À Primeira Vista, O Melhor de Mim, Uma Curva na Estrada, Um Amor para Recorda, Diário de Uma Paixão, A Escolha, A Última Música, Querido John e O Guardião. Estou lendo Um Porto Seguro e gostando da maneira que a narrativa flui, além de estar curioso para conferir o filme, uma adaptação do livro para os cinemas. Algumas adaptações cinematográficas baseadas nas obras do Nicholas Sparks ficam tão emocionantes quanto os seus livros, graças à atuação, trilha sonora, roteiro e fotografia, como, por exemplo, em Um Amor para Recordar, em que a atriz Mandy Moore interpreta a personagem Jamie Sullivan e canta quatro músicas no filme, ou em Querido John, quando Amanda Seyfried canta a música Little House.

O livro “O Guardião – Seu grande amor pode estar mais perto do que você imagina” conta a história de Julie Barenson, uma mulher que perdeu o marido e recebe uma caixa com um cachorro após a sua morte. A protagonista ganha um companheiro para a vida, em uma tentativa do falecido marido não deixar a jovem sozinha, pois a mesma não tem contato com a família e mora em outra cidade. Com a ajuda de Jim antes de sua morte, Julie conseguiu um lugar para morar e o seu emprego de cabeleireira em um salão da cidade, além da amizade dos amigos apresentados por ele. A vida parece injusta para a mulher que perde o seu marido e precisa recomeçar.

Com o passar do tempo, Julie se permite conhecer outros homens, no entanto o seu cachorro parece não gostar muito da decisão de sua dona. Desde o dia em que ganhou Singer, o animal nunca deixou de se importar com Julie. Um encontro frustrado atrás do outro, a cabeleireira não consegue se envolver com outros rapazes, e quando acha alguém interessante, é como se o seu cachorro representasse o ex-marido, tentando mostrar para ela que não é uma boa escolha.

Diferente dos outros livros do Nicholas Sparks, onde o drama e o romance são os elementos principais da história, em O Guardião o leitor é surpreendido com o thriller, na qual o escritor demonstra a sua habilidade de contar histórias e consegue sair da sua zona de conforto. Quem poderia imaginar o quanto deve ser difícil equilibrar o romance e o thriller, sem fazer com que o suspense ganhe todo o foco da história, já que quando se trata deste gênero as emoções da aventura, muitas vezes, ficam em primeiro plano. Todavia, Nicholas Sparks envolve o leitor com seus personagens, fazendo com que mesmo diante dos problemas e do medo, o amor continue sendo destaque em suas narrativas e a recompensa de seus protagonistas é ter um belo final feliz.

Mike é o irmão mais novo de Henry, ambos amigos do ex-marido de Julie. Enquanto Henry é casado e tem filhos, Mike está solteiro e sonha em fazer sucesso em uma banda de rock, mesmo quando lhe faltam as habilidades e dons necessários. Depois da morte de Jim, o homem se tornou melhor amigo de Julie e se aproximou cada vez mais dela. No meio da amizade dos dois há uma química que os dois insistem em ignorar tanto por respeito ao ex-marido dela, como pelo medo de que isto possa estragar o relacionamento entre os dois.

Richard Franklin é um engenheiro que se interessa por Julie após cortar o cabelo no salão em que ela trabalha. O homem a convida para um encontro e deseja um relacionamento com a mulher. Após os encontros com pessoas que não valiam a pena ou despertavam a atenção suficiente de Julie, ela decide dar uma chance para o rapaz. O que começa como um mergulho pelo desconhecido, com Richard tentando agradar Julie o tempo inteiro, levando-a para conhecer novos lugares e presenteando-a sempre, também se torna um relacionamento sufocante. O cachorro de Julie não se dá bem com Richard e a própria mulher tem receio de se entregar facilmente para ele. Julie ganha um medalhão de presente do homem e o namoro entre os dois começa a mudar depois deste dia, quando Richard fica chateado com a cabeleireira, pois ela decide não usar o acessório durante o trabalho.

Mesmo apaixonado por Julie, Mike tem medo de se revelar para ela. O homem trabalha como mecânico próximo ao salão em que a melhor amiga atende os clientes do salão de beleza. Mike desconfia das atitudes de Richard, porém teme que ao contar algo para Julie, ela possa achar que ele está com ciúmes e estragar a amizade dos dois. Em um dia, Julie não quer mais ficar ao lado de Richard, pois percebe que ele não mexe com ela, como Jim costumara. Ao notar o interesse de Mike nela e a falta de coragem dele, Julie o chama para um encontro e os dois amigos passam a se envolver com intensidade, companheirismo e paixão.

Depois de levar um fora, Richard fica inconformado, tentando estar sempre por perto de Julie, ligando para ela constantemente. O que parecia ser uma reação de alguém solitário e carente se torna algo perigoso quando a mulher percebe que ele está obcecado por ela. O romance entre Julie e Mike é ameaçado pelo insistente Richard, um homem manipulador e delirante. A história se desenrola nas tentativas do casal aproveitar o tempo juntos e de Richard conquistar Julie a qualquer custo, manipulando e enfrentando quem aparecer no caminho, envolvendo a polícia em um jogo de mentiras, violência e crimes.

De todos os livros que eu já li do Nicholas Sparks, este foi um dos que mais me agradou. Não é que eu não goste dos seus romances água com açúcar dele, onde a mocinha e o mocinho se conhecem, enfrentam problemas, ficam juntos, algum acidente ou doença mortal acontece e o amor prevalece, mas é tão gostoso quando você começa a ler uma história e não sabe qual será o seu final, pois o escritor consegue fugir do óbvio e quebrar a sua própria estrutura da narrativa – responsável pelo sucesso de suas diversas publicações.

Confesso que o começo do livro não prende muito a atenção, porém, quando o leitor fica preso ao clímax da narrativa, é impossível soltar a obra até saber qual será o final da história. Julie conseguirá escapar de Richard? A mulher ficará com Mike? O que acontece ao seu cachorro Singer? A polícia descobrirá qual é a verdadeira identidade de Richard e conseguirá capturá-lo? Essas perguntas e outras que passarão pela cabeça do leitor serão respondidas no momento certo, tornando a leitura mais do que um passatempo, mas também um exercício de adivinhação.

No Brasil, o livro O guardião, do Nicholas Sparks, tem 352 páginas, foi traduzido para o Português por Maria Clara de Biase e lançado pela Editora Arqueiro, em 2013. Fica aqui a minha recomendação de leitura para quem gosta dos romances do Nicholas Sparks, mas queria ler uma história dele que não fosse tão clichê.

Gostaria de ver mais obras do escritor em que os seus personagens não seguem os mesmos padrões e as narrativas me deixem curioso a ponto de ficar pensando no livro mesmo quando estou longe dele. Afinal, por mais adorável que seja comprar as publicações de um escritor porque você gosta do seu estilo de escrita e saber identificar a jornada dos seus personagens e seus elementos estruturais, também se torna frustrante decifrar desde as primeiras páginas qual será o seu desfecho, não havendo espaço para os mistérios e surpresas tão cativantes quanto qualquer história de amor.

2 comentários:

  1. Ah o Nicholas. suspiro cada vez que falo, escrevo ou leio o nome dele. Tudo que ele faz é perfeitamente lindo, tão cheio de vida, de amor, de sentimento. Amo, simplesmente amo o Nicholas. Eu tenho um amigo, escritor Brasileiro que escreve contos de romance. Eu acho que a escrita dele é muito semelhante a do Nicholas Sparks, no Instagram dele alguns seguidores até o chamam de Nicholas Sparks Brasileiro rsrsrsrsrsrs. Eu amo os dois, o original e a nossa cópia BR kkkkkk. Bom, se quiserem conhecer o trabalho dele eu vou deixar aqui embaixo o conto que mais gostei:

    http://franklinsousa.com.br/eu-vou-amar-voce-pra-sempre/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Carolina!
      Obrigado por deixar um comentário aqui no blog e pela indicação. Espero que a indicação possa ser útil para outros leitores.
      Abraços

      Excluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram