Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Resenha: Como Se Faz Literatura – Affonso Romano de Sant'Anna

Escrito por Affonso Romano de Sant’Anna, Como Se Faz Literatura é um livro para quem deseja saber quais são os primeiros passos que o escritor precisa saber para entender como funciona o sistema literário. A obra foi publicada em 1985, pela Editora Vozes.

Com apenas 60 páginas, o livro é uma introdução para quem gosta de escrever, sonha em se tornar escritor, mas não tem noção de como é o funcionamento das publicações, editoras, direitos autorais, concursos literários.

Segundo o autor, o escritor iniciante precisa entender os ritos da iniciação literária ou os primeiros passos para quem deseja escrever. Affonso Sant’Anna explica que esse início se dá nos jornais do colégio e da cidade, suplementos literários, revistas literárias, concursos literários, orientações, laboratórios de texto e na leitura.

Affonso Romano de Sant’Anna fala sobre a importância de escrever, de publicar e de ser lido, além de abordar por cima como é o negócio literário e o fazer literário. Apesar do seu conteúdo ser bem leve e enxuto, o autor dá algumas recomendações de leitura importantes para quem deseja aprender mais sobre a arte da escrita e como se tornar escritor.

Comentários

Mais lidas da semana