Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lovestruck In The City: Série sul-coreana explora as emoções e fases dos relacionamentos amorosos

Diferente de muitos doramas coreanos que são mais longos, Lovestruck In The City tem um ritmo mais ágil e leva o telespectador para os encontros e desencontros de três casais que fazem parte do mesmo círculo social, em uma linguagem mais interativa, na qual os personagens contam suas próprias versões em frente às câmeras. A série de 2020 está disponível na Netflix . Para quem não tem muito contato com o universo dos dramas coreanos, a série dirigida por Park Shin-woo é uma boa opção, já que os episódios são curtos em relação ao formato tradicional e trazem o desenvolvimento dos relacionamentos desde os primeiros episódios – fugindo um pouco do padrão no qual o telespectador tem que assistir até o final para ver os personagens se declarando e sofrendo silenciosamente. Outro diferencial em relação a muitas produções coreanas é que os atores se beijam mais e o roteiro aborda assuntos que ainda são tratados como tabus por muitas séries da Coreia do Sul, como o sexo. Porém, embora se apro

Resenha: Comprometida: Uma História de Amor – Elizabeth Gilbert

Foi dentro do sebo Luzes da Cidade, em Ipanema, no Rio de Janeiro, onde eu comprei o livro Comprometida: Uma História de Amor, escrito por Elizabeth Gilbert, a mesma autora de Comer, Rezar, Amar. Publicada no Brasil em 2010, pela editora Objetiva e traduzida por Beatriz Medina, a obra é como se fosse uma continuação à história do best-seller da autora, desta vez se focando no casamento.

Livro Comprometida: Uma História de AmorDepois de escrever um livro baseado em suas experiências pessoais e tudo o que passou depois de um divórcio doloroso,  no qual Elizabeth Gilbert buscou encontrar o seu equilíbrio e encontrar alegria na vida novamente, desta vez a escritora decidiu abordar o casamento.

O livro surgiu de uma série de pesquisas da autora sobre o casamento. Tudo começa com o relacionamento de Liz e Felipe, o brasileiro com o qual ela construiu o relacionamento, aquele que ela conheceu em Bali, no final de Comer, Rezar, Amar. Após sair de um casamento fracassado, onde os dois alimentavam expectativas e mais se machucavam do que faziam bem, a escritora e o homem se envolvem de uma forma mais madura e prazerosa, sem cobrar tanto do outro o que não pode oferecer.

Apesar de ser brasileiro, Felipe morava em Bali há anos, entre idas e vindas por causa do seu trabalho com joias. Já Elizabeth mesmo sendo norte-americana, sempre gostou de viajar. Os dois decidem fazer o relacionamento dar certo no meio dessas viagens. Cansados de não ter um lugar fixo, o casal tenta construir um lar e buscar mais estabilidade, no entanto a falta de visto de Felipe faz com que ele fique somente três meses nos Estados Unidos, viaje e só depois retorne.  Ao tentar retornar ao país para ver a mulher, Felipe tem o seu visto negado e é depois deste fato que desenrola o drama de Comprometida.

Um funcionário da Imigração diz que Felipe poderá retornar ao país, caso os dois consigam casar. Sem ter outra opção, já que Elizabeth Gilbert deseja construir sua vida ao lado de Felipe nos Estados Unidos, o casal resolve seguir esta opção. Porém, como quando se trata de imigração existem diversas burocracias, somente depois de meses Elizabeth e Felipe se casam e durante esse intervalo, a escritora aproveita para aprender mais sobre o casamento em diferentes culturas, como uma forma de se convencer de que tudo vai dar certo entre os dois.

Ao longo do livro, Elizabeth conta alguns acontecimentos dentro de sua própria família e do círculo de amizades relacionados ao casamento e também procura se aprofundar no assunto através de livros, estudos e orientações e conversando com mulheres e homens durante suas viagens.

Tenho o hábito de marcar diversas citações que gostei nos livros. De todas as frases da escritora Elizabeth Gilbert em Comprometida, uma das que eu mais gostei foi: "O casamento vira trabalho duro quando despejamos todas as expectativas de felicidade da vida nas mãos de uma mera pessoa".

Liz compartilha o que aprendeu sobre a felicidade no casamento, a infidelidade, os diferentes propósitos da oficialização da união ao longo dos anos, o que representa o casamento para uma mulher de acordo com a cultura em que vive, a conciliação, o divórcio e muito mais. Apesar de não ter o propósito de se tornar um guia sobre casamentos, o livro traz tantas reflexões que é uma leitura interessante para quem está pensando em se casar e se comprometer a uma vida a dois.

Comprometida: Uma História de Amor é um livro para quem gosta de histórias baseadas em fatos reais, com doses de cultura, estudos e reflexões.

Comentários

Mais lidas da semana