Pular para o conteúdo principal

Destaques

Espectro Autista: Reflexão sobre conscientização do autismo

Vez ou outra eu recebo mensagens de pessoas pedindo ajuda sobre como trazer mais conscientização em lugares nos quais pouco se sabe sobre autismo. Nem toda cidade tem especialista em autismo, isso é um fato que todo mundo que já precisou de um, sabe como é. Minha dica é: compre/arrecade livros ATUALIZADOS sobre o assunto e/ou livros de ficção (com personagens autistas) e/ou livros escritos por autistas. Recomendo firmemente a literatura, já que a leitura trabalha a empatia e fica mais fácil dos neurotípicos entenderem como é estar 'na nossa pele', mesmo que por alguns minutos.


Não vai dar livro desatualizado, que é um desserviço. Já tem muita desinformação no Brasil. Eu poderia fazer uma lista sobre todos absurdos que leio, mas não vou.

Enfim, não dá para fugir da leitura. Infelizmente, muitos conteúdos brasileiros estão defasados, outros logo vão estar por causa das alterações do CID11 do Espectro Autista [só entra em vigor em 2022]. Tem muita coisa boa produzida pela comunid…

Leituras da Semana: Dose dupla de Karina Dias

Chegaram nesta sexta-feira, 02 de maio, minhas próximas leituras. Os livros Diário de uma Garota Atrevida (Editora Brejeira Malagueta) e As Rosas e a Revolução (ENC), ambos da escritora Karina Dias.

As Rosas e a Revolução é o mais recente livro publicado pela autora e foi lançado em São Paulo, no dia 24 de abril, e no dia 02 de maio, no Rio de Janeiro. Assim que terminar de ler, escreverei resenhas e publicarei aqui no blog.

Enquanto ainda não tem resenha, vai um pouco sobre cada livro. A história de As Rosas e a Revolução (confira a resenha) se passa em 1968, época da ditadura militar no Brasil e aborda o relacionamento entre duas mulheres. Já Diário de uma Garota Atrevida (Confira a resenha) narra as experiências de uma adolescente que aos 14 anos tem a sua primeira experiência homossexual.

Semana que vem devo receber o exemplar do livro Orgias Literárias da Tribo, organizado pelo escritor Fabricio Viana e publicado pela Editora Orgástica. A escritora Karina Dias também tem texto publicado na coletânea LGBT.

Quem é Karina Dias? Pseudônimo da escritora, jornalista e pesquisadora, Eliana Natividade, nascida no Rio de Janeiro, com residência em São Paulo. Além de Diário de uma Garota e Rosas e a Revolução, Karina é autora do livro Aquele dia junto ao mar (2009), também publicado pela Editora Brejeira Malagueta e do conto "Al encuentro del amor", publicado em espanhol no livro Voces para Lilith, primeira antologia lésbica da América Latina, lançado em 2011.

Para saber mais informações, entre no site da escritora Karina Dias, onde também é possível encontrar os livros escritos por ela.

Comentários

Mais lidas da semana