Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mindhunter Profile 2: Especialista em serial killers compartilha experiências após aposentadoria do FBI

Após se aposentar do FBI , o ex-agente especialista em assassinos continuou sendo convidado para colaborar em alguns casos que exigiam entender melhor o perfil psicológico dos criminosos. No livro Mindhunter Profile 2 , dos autores Robert K. Ressler e Tom Snachtman , é possível conhecer um pouco mais da história de vida desta figura que deixou uma boa contribuição para a criminologia e compreensão sobre as mentes de serial killers. A obra foi publicada pela editora DarkSide Books , em 2021, com tradução de Alexandre Boide. Compre o livro Mindhunter Profile 2:  https://amzn.to/39qJjId Entre os casos explorados no livro há um que desperta o interesse por envolver algo não tão desconhecido, como o uso de transtornos mentais para diminuir as penas. Ressler percebeu um fenômeno de ex-soldados que usavam o Transtorno do Estresse Pós-Traumático como uma justificativa quando cometiam crimes e notou que muitas vezes, os históricos dos assassinos não eram checados e muitos inventavam histórias

A Centopeia Humana 3: Primeira imagem e novidades do filme

Tenho recebido muitas visitas no blog de pessoas curiosas para saberem quando estreia o filme A Centopeia Humana 3 (Sequência Final). Aqui vão algumas informações para matar sua curiosidade! A terceira e última parte da trilogia será lançada este ano. Se você estava aguardando novidades, saiba que já vazou a primeira imagem do filme The Human Centipede 3, publicada pela Entertainment Weekly.

 Crédito: Laurence R. Harvey e Dieter Laser em A Centopeia Humana 3 / Six Entertainment Company & Entertainment Weekly

Quem é que não se lembra dos antagonistas (vilões) de A Centopeia Humana 1 (The Human Centipede: First Sequence) e A Centopeia Humana 2 (The Human Centipede: Full Sequence)? Os atores Dieter Laser (interpretou o cientista maluco, Dr. Heiter no primeiro filme) e Laurence R. Harvey (interpretou o problemático Martin no segundo filme) estão de volta, desta vez juntos.

Ainda não há uma data definida de quando A Centopeia Humana: Parte 3 estreia. Uma coisa parece ser certa, será lançado durante este ano, liberada pelo mundo na mesma época. Para quem ainda não sabia, a história do último filme se passará em uma prisão localizada no meio do deserto, onde será feita a maior centopeia humana da trilogia, com centenas de pessoas (aproximadamente, 500 pessoas farão parte da nova centopeia).

Poster de A Centopeia Humana 3.
O terceiro filme de A Centopeia Humana está sendo escrito e dirigido por Tom Six, o mesmo responsável pelo roteiro e direção de a Centopeia Humana 1 e 2. Uma das novidades da produção é a de que ele (Tom Six) também estará presente no filme, atuando no papel dele mesmo. Além dos três atores citados, o elenco também conta com Bree Olson (uma atriz pornô – sim, você não leu errado), Eric Roberts (interpretará um governador), Robert Lasardo (ator que participou de vários seriados, como Nip Tuck, CSI: Miami e General Hospital).

Conforme entrevista do diretor Tom Six ao Entertainment Weekly, A Centopeia Humana 3 não será tão nojento quanto os dois primeiros filmes. Duvido muito que o terceiro filme não tenha cenas tão fortes quanto os outros, pois se passará na prisão, com uma maior quantidade de integrantes na centopeia e outro fator que pode animar quem espera uma mega produção, o orçamento é maior, logo a qualidade de imagem também é – será menos europeu, e mais norte-americano, nas palavras do próprio Six.

Desde que o filme A Centopeia Humana foi lançado em 2009, muitos espectadores ficaram curiosos para saberem qual é a sua história e como uma produção cinematográfica tão nojenta conseguiu fazer sucesso pelo mundo todo. A fórmula dos filmes inclui mutilações, mortes, sadismo, terror e pura tensão. Se em A Centopeia Humana, é impossível assistir os cortes e as pessoas conectadas, principalmente, quando elas praticam a coprofagia para se alimentarem (ingestão de fezes), já que a cavidade oral e a cavidade anal estão interligadas; em A Centopeia Humana 2, o diretor foi além e apresentou um antagonista com sérios problemas mentais, que após assistir o primeiro filme, se inspira e tenta criar sua própria centopeia. Como se fosse um filme dentro de outro filme.

Gif com cena de A Centopeia Humana 1.

É difícil dizer qual dos dois filmes é o mais nojento, já que ambos têm imagens fortes e um roteiro perturbador. No entanto, A Centopeia Humana 2 consegue ser mais doentio, já que o personagem não é nenhum cientista e não tem ideia de como fazer sua própria centopeia, fazendo com que ele improvise com os materiais que estão ao seu alcance. Mesmo com a imagem em preto-e-branco, facilitando na hora de criar alguns efeitos, como o de sangue e outros líquidos nojentos, a sensação não é das melhores.

Cena do filme: A Centopeia Humana 2.
Bom, é isso... A Centopeia Humana é para quem tem estômago forte. Eu que sempre assisti filmes de terror e nunca tinha passado mal, confesso senti o meu estômago embrulhar pela primeira vez com os dois filmes. Já estou ansioso para assistir A Centopeia Humana 3.

Se você também mal pode esperar pelo terceiro filme e gostou do post, não deixe de comentar e compartilhar o post!

Comentários

  1. Gostei da sua análise!

    Eu gosto das sinopses que você faz dos filmes.
    Você tem talento garoto, continue!

    E não, eu não assistirei esse filme. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário!

      Hahaha

      Assista e se delicie com o seu estômago levando socos.

      Volte sempre!

      Abraços

      Excluir
  2. Fala Ben,

    Dando mais uma volta pelo site, tive que parar para ver esse post sobre o terceiro filme.

    Tendo a concordar quando, em outro post, coloca que esse é o tipo de título que você diz "não" várias vezes antes de resolver assistir e ver qual é: no meu caso, alguns anos, pois só assisti o primeiro filme há alguns meses.
    Confesso que de cara julguei o filme como "cliché" já nas primeiras cenas, mas logo calei a boca: a atmosfera do filme é fantástica, tensa e até mesmo viciante (ah, os humanos e seu lado mórbido), muito melhor elaborada do que aqueles filmes que apoiam-se exclusivamente no susto como elemento de medo.

    Ainda não assisti o 2, mas penso em fazê-lo assim que possível.

    Abs!
    TG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, TG!

      Recomendo que veja A Centopeia Humana Parte 2! Se você achou o primeiro legal por causa do roteiro, o segundo parece mais interessante, pois trabalha a mesma ideia – um filme dentro de outro filme!

      Muitas pessoas criticam o filme sem assistirem ou o interpretá-lo. Para quem gosta de terror e cenas sangrentas, A Centopeia Humana é nojento sim, porém tem um vilão bem maluco... O mais assustador na sequência é imaginar que as chances de alguém com algum distúrbio mental assistir ao filme e tentar reproduzi-lo, pode acontecer.

      Abraços e volte sempre! Muito obrigado pelo comentário! ;-)

      Excluir
  3. Quero compartilhar com vocês os papéis de parede para telefones criados a partir do pôster deste filme aqui. Um filme engraçado

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana