Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Lançamento: O Pingente de Sangue – Leonardo Ottonelli

O gaúcho Leonardo Ottonelli estreia na literatura, lançando no Rio de Janeiro o livro “O Pingente de sangue”. Tendo Londres como cenário, a história de ficção tem como protagonista Bryan, um jovem artista inglês morador do boêmio bairro do Soho, que vive às voltas com telas e pincéis.

Capa do livro O Pingente de Sangue, Leonardo OttonelliSua vida muda drasticamente ao ser convidado para fazer parte de uma sociedade secreta, descobrindo estar diante de um verdadeiro exército que se prepara para enfrentar vampiros e seres maldosos, que invadirão o planeta a partir de um eclipse lunar.

Antes do combate, Bryan conhece todos os encantos de estar com pessoas de fino trato na sociedade secreta até transformar-se em vampiro, iniciando sua vida eterna e tendo seu cobiçado pingente de sangue como principal escudo para lutar contra os seres do mal.

Lançado pela Cultura em Letras Edições, “O Pingente de sangue” tem 108 páginas e ilustrações criadas pelo próprio autor. O livro tem como proposta entreter todas as gerações de pessoas ao contar uma história sobre seres que sempre povoaram o imaginário mundial, que são os vampiros.

O lançamento ocorrerá no dia 23 de julho, no Castelinho do Flamengo, no Rio de Janeiro, de 19h às 21 h e será vendido inicialmente no site da editora em: www.culturaemletrasedicoes.com.br

Onde: Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho: Castelinho do Flamengo, na Praia do Flamengo, 158

*Informações de Occello Oliver / Cultura em Letras Edições

Comentários

Mais lidas da semana