Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Puppet Master: Série documental da Netflix traz casos de vítimas de um sociopata vigarista

Para quem está procurando algo intrigante para assistir na Netflix , a série documental The Puppet Master: Hunting the Ultimate Conman apresenta uma daquelas histórias que as pessoas nunca se imaginam acontecendo com elas, até que o pior acontece. Um sociopata manipulador encontra várias presas fáceis, interessado no dinheiro delas, ao mesmo tempo em que conta histórias sem pé nem cabeça para isolá-las dos familiares e dos amigos, em uma jornada marcada pelo medo, fuga e diferentes estratégias de lavagem cerebral. Muitas vezes associada às seitas em uma escala maior, muita gente ainda desconhece os danos que uma pessoa manipuladora pode causar, a ponto de duvidar de si mesmo e da própria sanidade, situação que só piora quando ela é incentiva a cortar todos laços e fica presa num ciclo de total dependência da validação do outro, como se tivesse que pedir permissão até para existir. Quantas pessoas foram vítimas de Robert Hendy-Freegard ? A série documental se foca principalmente em tr

Lançamento: O Pingente de Sangue – Leonardo Ottonelli

O gaúcho Leonardo Ottonelli estreia na literatura, lançando no Rio de Janeiro o livro “O Pingente de sangue”. Tendo Londres como cenário, a história de ficção tem como protagonista Bryan, um jovem artista inglês morador do boêmio bairro do Soho, que vive às voltas com telas e pincéis.

Capa do livro O Pingente de Sangue, Leonardo OttonelliSua vida muda drasticamente ao ser convidado para fazer parte de uma sociedade secreta, descobrindo estar diante de um verdadeiro exército que se prepara para enfrentar vampiros e seres maldosos, que invadirão o planeta a partir de um eclipse lunar.

Antes do combate, Bryan conhece todos os encantos de estar com pessoas de fino trato na sociedade secreta até transformar-se em vampiro, iniciando sua vida eterna e tendo seu cobiçado pingente de sangue como principal escudo para lutar contra os seres do mal.

Lançado pela Cultura em Letras Edições, “O Pingente de sangue” tem 108 páginas e ilustrações criadas pelo próprio autor. O livro tem como proposta entreter todas as gerações de pessoas ao contar uma história sobre seres que sempre povoaram o imaginário mundial, que são os vampiros.

O lançamento ocorrerá no dia 23 de julho, no Castelinho do Flamengo, no Rio de Janeiro, de 19h às 21 h e será vendido inicialmente no site da editora em: www.culturaemletrasedicoes.com.br

Onde: Centro Cultural Municipal Oduvaldo Vianna Filho: Castelinho do Flamengo, na Praia do Flamengo, 158

*Informações de Occello Oliver / Cultura em Letras Edições

Comentários

Mais lidas da semana