Pular para o conteúdo principal

Destaques

Antraz: Documentário da Netflix revela investigações feitas pelo FBI durante anos

Um pouco após os atentados terroristas contra as torres gêmeas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no 11 de setembro de 2001, uma ameaça de antraz colocou as autoridades, como o FBI em alerta, e espalhou pânico nos norte-americanos devido à facilidade de se espalhar sem as pessoas saberem.  Dirigido e roteirizado por Dan Krauss e produzido pela Netflix e pela BBC, 21 anos após o ataque e o primeiro caso de circulação do antraz, o documentário Antraz: EUA Sob Ataque (The Anthrax Attacks) leva o telespectador para as investigações do FBI que duraram anos. O que a princípio foi alvo de muita pressão para a solução do caso, principalmente pelo medo dos norte-americanos do esporo da bactéria continuar se espalhando pelas cartas e fazendo mais pessoas adoecerem e/ou morrerem, logo foi caindo no esquecimento conforme as investigações desenrolavam fora dos holofotes.  Com a proximidade do caso do ataque às torres gêmeas, à primeira vista, o pânico generalizado fez com quem os norte-americanos

Próximas Leituras: O Pingente de Sangue e As 7 Cores que Amei

Chegaram hoje pelo correio minhas próximas leituras: O Pingente de Sangue, do autor Leonardo Ottonelli, publicado pela Cultura em Letras Edições e As 7 Cores que Amei, do jornalista Occello Oliver, publicado pela Alma G Edições. Os dois livros foram publicados em 2014, no Rio de Janeiro.


O Pingente de Sangue Escrito e ilustrado por Leonardo Ottonelli. A capa linda, por exemplo, foi o próprio autor que desenhou! Para quem deduziu pelo título, o livro de ficção aborda o universo dos vampiros. A obra conta a história de Bryan, um jovem inglês e sua luta destemida em salvar o planeta dos ferozes monstros comandados por líderes malignos. O leitor pode esperar ódio, vingança, dor, medo e alegrias! O livro tem 108 páginas.

Sobre o autor – Leonardo Ottonelli  nasceu em Selbach, no Rio Grande do Sul. Formado em teatro, ele já atuou em diversos espetáculos, é cantor, compositor, ilustrador e O Pingente de Sangue é o seu primeiro livro.


As 7 Cores que AmeiLivro de crônicas do jornalista e escritor Occello Oliver. As histórias fazem um resgate do passado: alegrias, tristezas, vitórias, fracassos. O Rio de Janeiro é o principal cenário das crônicas, o meio LGBT é testemunha de uma vida cheia de cores, amores, dissabores e dores. O livro tem 136 páginas.

"Uma vida intensa, praticada com amor e cheia de beleza. Tão bela quanto as setes cores do arco-íris".
Sobre o autor – Occello Oliver nasceu no Rio de Janeiro em 1972. É jornalista, relações públicas, produtor de eventos e editor da Cultura em Letras Edições. É autor do livro "Fora do armário" e coautor e editor da coletânea de contos eróticos "Censurado – Sexo, Taras e Fetiches".

Para quem ficou interessado, os livros podem ser encontrados no site da Cultura em Letras Edições!

Quero deixar o meu agradecimento aos autores Leonardo Ottonelli e Occello Oliver pelos exemplares cortesias enviados para que eu possa resenhá-los para o blog! Obrigado!

Assim que concluir a leitura de A Consciência das Palavras, do Elias Canetti, começarei a ler os livros e escreverei as resenhas. Aguardem!

Abraços ;-)

Comentários

Mais lidas da semana