Pular para o conteúdo principal

Destaques

12 Graphic Novels que você precisa ler

Começou como uma forma de experimentação na leitura. Apesar de gostar de tirinhas, nunca tinha me aventurado pelo universo das graphic novels, como aconteceu há alguns anos – pelo menos, não de forma que me interessasse.

Percebo que cada vez mais pessoas estão se interessando pelos diferentes formatos de narrativas. Acho válida toda forma de contação de histórias e acredito que elas podem criar experiências complementares. Há espaço para todos gostos.


Com doze indicações de leitura, dá para ler um livro por mês ou ler todos em um só mês, dependendo do ritmo de leitura e da fome por histórias de cada um. Entre temáticas mais sociais e outras mais fantasiosas, as graphic novels podem ser uma porta de entrada para outros livros, como podem ocupar um espaço central no coração de quem é aficionado por histórias ilustradas.

Histórias que podem ir muito além de um passa-tempo, como se acreditava antigamente, mas também proporcionar reflexões sobre a vida, juntando o melhor dos dois mundos: d…

Leituras de Dezembro

Dezembro foi uma loucura, como todo fim de ano. Tirei alguns dias para descansar do blog, comprar novos livros e ler, mas em um ritmo menor. De todos os meses de 2014, creio que este foi o que eu li menos livros.

Confira a lista de leituras de dezembro:

The 100 (Kass Morgan)

O Poder da Luz (Leandro Schulai)

Remoto e Improvável (Guilherme Oli e Paloma Leite)

Dançando Sobre Cacos de Vidro (Ka Hancock)

Como Funciona a Ficção (James Wood)

Não Sou Uma Dessas (Lena Dunham)

Cidades de Papel (John Green)

O Livreiro de Cabul (Åsne Seierstad)

Como um Romance (Daniel Pennac)

Como estava de férias, fiquei alguns dias sem postar no blog e escrever resenhas. Alguns dos livros desta lista foram resenhados. Ainda estou avaliando quais serão as próximas resenhas. Os últimos dois livros que eu li foram no início de 2015, por isto não estão na lista: O Iluminado e Doutor Sono, ambos do Stephen King.

Ainda estou respondendo aos e-mails de quem ficou interessado em ter o livro resenhado aqui no blog, portanto tenham paciência!

PS: Não resenho livros que não foram publicados! Meio óbvio, não é? 

PS2: Também não sou fã de resenhar eBooks. Ao menos que o interesse tenha surgido espontaneamente, não quando o autor pede. O tempo é curto para faze tantas coisas e como não cobro nada pelas resenhas, ao menos ler o livro impresso é mais agradável e fácil de fazer anotações e marcar os trechos mais marcantes.

Continuem acompanhando o blog! Logo tem novas resenhas de livros, entrevistas com escritores e novas dicas de escrita.

E vocês, o que leram no último mês de 2014? Abraços.

Comentários

Mais lidas da semana