Pular para o conteúdo principal

Destaques

Happy Old Year: Filme explora a linha tênue entre o desapego e a nostalgia

O filme tailandês Happy Old Year , de 2019, nos faz pensar sobre as relações que construímos com as coisas que guardamos ao longo da vida. Com direção e roteiro de Nawapol Thamrongrattanarit, a obra está disponível na Netflix. Chutimon Chuengcharoensukying interpreta Jean, uma mulher que deseja fazer um escritório em sua casa, mas se dá conta de que há uma pilha de objetos inutilizados pela casa. Interessada e inspirada pelo minimalismo, se dependesse só dela, ela colocaria tudo em sacos de lixo e jogaria fora, o que ela descreve como buracos negros, porém, à medida que ela coloca o seu plano em ação, Jean percebe que não será tão fácil como imaginava. Com a resistência da família a mudar, Jean encara de frente sua missão, doa em quem doer. O que deveria ser fácil e prático para ela, cuja necessidade é vista até mesmo como egoísmo, acaba se desdobrando em várias situações, fases e etapas conforme ela mergulha nas histórias, memórias e emoções que estão vinculadas aos objetos, especialm

Lançamento: Theus: Do Fogo à Busca de Si Mesmo – Fabrício Viana

Theus: Do fogo à busca de si mesmo, o novo livro do escritor e psicólogo Fabrício Viana será lançado no próximo feriado, 04 de junho, a partir das 15h, na 19ª Feira Cultural LGBT no Vale do Anhangabaú. A obra conta com apoio da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e do Programa de Ação Cultural / 2014.

Sinopse: Theus narra a história de Junior, jovem que começa a ter relações com seu amigo do trabalho, seus pais descobrem e o internam em uma fazenda religiosa que promete curar homossexuais em Minas Gerais. Lá, depois de alguns meses escutando palestras e depoimentos de ex-gays, Junior percebe que a cura não existe e foge desesperado para São Paulo, onde conhece o jovem Gabriel e começa assim a sua busca de si mesmo. 

Com 196 páginas e formato 14x21cm, o livro que também está disponível em sua versão digital na Amazon Brasil, aborda ainda outros temas polêmicos, como aceitação, transexualidade, homofobia internalizada e as modernas relações abertas. Além do amor, sim, aquela paz interior que todos nós buscamos no outro.

Sobre o autor – Fabrício Viana é escritor, formado em psicologia e autor de várias obras sobre a diversidade sexual, entre eles "O Armário" (sobre a homossexualidade e os processos psíquicos que envolvem a entrada e saída do armário), "Ursos Perversos" (contos homoeróticos pesados) e o recém premiado "Orgias Literárias da Tribo" (coletânea LGBT de contos, poesias, crônicas e textos não eróticos que representam o universo LGBT).

Lembrando que os livros de Fabrício Viana não são vendidos em livrarias, apenas em seu site pessoal www.fabricioviana.com ou no site da Editora Orgástica. Viana é conhecido pela comunidade LGBT, já participou em mais de 30 programas de TV e seu primeiro livro, O Armário, já esta em sua quarta edição.

Serviço – Tarde de autógrafos do livro Theus: do fogo à busca de si mesmo.
Autor: Fabrício Viana
Data: 04 de Junho de 2015 (Feriado) 
Horário: das 15h às 16hs
Local: 19ª Feira Cultural LGBT no Vale do Anhangabaú (tenda de Literatura)

Confirme sua presença no Facebook: https://www.facebook.com/events/512172092274007

Para comprar o livro on-line: www.editoraorgastica.com/theus

Comentários

  1. Bacana, lançamentos de livros LGBT nunca são demais, principalmente nesse momento de embate com os fundamentalistas. E tocando em assuntos tão delicados quanto a aceitação familiar, é mais relevante ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! A literatura LGBT precisa EXISTIR, independente da homofobia. A leitura ajuda a expandir horizontes. Espero que esses livros possam servir não só como entretenimento, mas como elemento de transformação do ser humano e garantir que o 'diferente' seja respeitado.
      Abraços!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana