Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Os Criadores de Coincidências – Yoav Blum

E se nada fosse mero acaso e operários invisíveis atuassem para gerar mudanças nas vidas das pessoas? Assim é a premissa do livro Os Criadores de Coincidências, do autor Yoav Blum, publicado no Brasil, em 2017, pela Editora Planeta, com tradução de Fal Azevedo.


Compre o livro Os Criadores de Coincidências (Yoav Blum): https://amzn.to/2KNfxBT

O romance narra o trabalho de três criadores de coincidências: Emily, Eric e Guy. Intercalando um pouco das vivências profissionais de cada um deles e das missões que tiveram que cumprir, relacionando com alguns dos seus dilemas pessoais.

“É estranho, pensou ela, como somos capazes de transformar uma coisa específica em algo que passa a guiar toda a nossa vida, e como nos convencemos de que, se não tivermos essa coisa, nada mais vai fazer sentido. E é ainda mais estranho como nos acostumamos rápido ao exato oposto” – Yoav Blum, Os Criadores de Coincidências
Longe de ser uma narrativa linear, o leitor é jogado para várias histórias que se amarram pel…

Trilogia do Desejo: Dose tripla de Roberto Muniz Dias em pré-venda

O escritor Roberto Muniz Dias reuniu seus três primeiros romances em Trilogia do Desejo (Adeus a Aleto, Um Buquê Improvisado e Urânios), livro que está em pré-venda e será publicado pela Metanoia Editora.


Os personagens, na maioria sem nomes, juntam-se nestas histórias que os unem pela descrição psicológica repetida nos três romances. O fio condutor desta pisque plural é o desejo; o desejo pela vida, pelo sexo, pela descoberta, pela entrega.

As histórias compõem o que se chama de um romance de formação (Bildungsroman): um homem se transforma físico, moral, psicológica, estética e socialmente durante sua própria trajetória. Os protagonistas são pessoas perturbadas por uma justificativa de seu desejo seja na boemia, na monogamia ou na permissão da reinvenção.

Nesta trilogia ADEUS A ALETO, UM BUQUÊ IMPROVISADO e URÂNIOS subsistem numa tentativa de se criar um espaço físico para os personagens psicológicos de Roberto Muniz Dias. O leitor vai atravessar a mente de uma personagem ávida por conhecer a si mesmo, tanto faz o que a construiu no passado ou o que a espera no futuro. A leitura carregará o leitor até certo momento, depois vai soltá-lo no meio da jornada inventada para se desvirtuar. O encontro com certa compreensão vem nas imagens que o leitor vai fazendo de si mesmo e do inexorável Outro.

Trilogia do Desejo está disponível para pré-venda no site da Metanoia Editora

Ficou curioso? Leia mais sobre o autor e seus livros:

Resenha: Adeus a Aleto – Roberto Muniz Dias 

Resenha: Um Buquê Improvisado – Roberto Muniz Dias 

Resenha: Urânios – Roberto Muniz Dias  

Entrevista: Roberto Muniz Dias fala sobre sua escrita intuitiva, estilo reflexivo e livros publicados 

Comentários

Mais lidas da semana