Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Leituras de Outubro – 2015

Outubro foi um mês que passou voando. Em sua segunda metade, voltaram as aulas da universidade (aquele caos básico pós-greve nas pendências) e comecei a colocar alguns planos em prática, como a volta da publicação de crônicas aqui no blog e no Wattpad (Fragmentário).


Minhas leituras foram bem equilibradas. Três doses de ficção internacional (estou tentando ler mais livros em inglês), duas doses de romances nacionais, um gostinho de yoga com psicologia (aprender nunca é demais) e o resto de estudos sobre literatura.

Esta semana vai ser uma loucura, cheio de provas e trabalhos. Louco para que esses dias passem logo para poder voltar a focar na minha escrita, leitura, resenhas para o blog e demais novidades. Mas vamos ao que interessa. Confira abaixo a lista de livros lidos em outubro (os títulos coloridos são links para as resenhas dos livros publicadas aqui no blog):

Jung e o Ioga: A ligação corpo-mente (Judith Harris)

Para Sempre Alice (Lisa Genova)

If I Stay (Gayle Forman)

I Was Here (Gayle Forman)

Leon (Felipe Sales Mariotto)

História da Literatura Alemã (Eloá Heise e Ruth Röhl)

Oficina de Tradução (Rosemary Arrojo)

Literatura nos Jornais: A Crítica Literária dos Rodapés às Resenhas (Claudia Nina)

A linguagem literária (Domício Proença Filho)

Pós-Modernismo e Literatura (Domício Proença Filho)

Eu Vejo Kate (Claudia Lemes)

***

Quer ficar por dentro do que estou lendo? Me adiciona lá no Skoob: http://www.skoob.com.br/usuario/270902 

Siga meus perfis nas redes sociais para acompanhar as novas postagens do Blog do Ben Oliveira: 

Página no Facebook: https://www.facebook.com/BlogDoBenOliveira/ ou Perfil no Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraa 

Perfil no Twitter: https://twitter.com/Ben_Oliveira 

Perfil no Google Plus: https://plus.google.com/+BenOliveira24/ 

Obrigado a todos que têm visitado o blog, deixado comentários e compartilhado! ;-) 

Comentários

  1. Leu muito em! Eu terminei o livro Prince of Thorns no início do mês, li o ebook Plutão da RJ Palacio, li O Demonologista e 100 págs de Carrie, a Estranha. Foi só, mas esse mês tem zilhões de provas e trabalhos, então acho que não vou conseguir ler quase nada.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Matheus!
      Tem coisa mais chata do que ficar estudando para prova ou ler livros teóricos, quando tudo o que quer é se jogar na ficção? :( Estou sofrendo, pois mesmo ler literatura para estudo é diferente de ler por puro prazer.
      Enfim, tenho curiosidade de ler Prince of Thorns. Vejo muitos leitores recomendando. O Demonologista também... Carrie eu li na minha adolescência: preciso reler. Stephen King é bom demais.
      Obrigado pela sua visita e comentário! :-)

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana