Pular para o conteúdo principal

Destaques

Espectro Autista: Reflexão sobre conscientização do autismo

Vez ou outra eu recebo mensagens de pessoas pedindo ajuda sobre como trazer mais conscientização em lugares nos quais pouco se sabe sobre autismo. Nem toda cidade tem especialista em autismo, isso é um fato que todo mundo que já precisou de um, sabe como é. Minha dica é: compre/arrecade livros ATUALIZADOS sobre o assunto e/ou livros de ficção (com personagens autistas) e/ou livros escritos por autistas. Recomendo firmemente a literatura, já que a leitura trabalha a empatia e fica mais fácil dos neurotípicos entenderem como é estar 'na nossa pele', mesmo que por alguns minutos.


Não vai dar livro desatualizado, que é um desserviço. Já tem muita desinformação no Brasil. Eu poderia fazer uma lista sobre todos absurdos que leio, mas não vou.

Enfim, não dá para fugir da leitura. Infelizmente, muitos conteúdos brasileiros estão defasados, outros logo vão estar por causa das alterações do CID11 do Espectro Autista [só entra em vigor em 2022]. Tem muita coisa boa produzida pela comunid…

Mais de 1300 Documentários para Assistir de Graça na Internet

A internet pode ser uma ótima ferramenta para aprender coisas novas, encontrar informações interessantes e conhecer diferentes culturas. O CurtaDoc é um site que conta com mais de 1300 documentários gravados na América Latina, possibilitando aos brasileiros assistirem de graça vídeos sobre diferentes assuntos.


Atualmente, o site conta com 20 categorias de canais de vídeos, entre elas estão: Artes, Biografia, Comportamento, Cotidiano, Cultura Popular, Direitos Humanos, Diversidade Sexual, Espiritualidade, Existencial, Identidade, Inclusão, Infância, Literatura, Meio Ambiente, Memória, Mulher, Música, Política, Urbanidade e Viagem.


Produção independente de documentários


O CurtaDoc surgiu no Brasil em 2009. Inicialmente, o projeto era um programa do SescTV, e a partir de 2011, foi lançado como um acervo online dedicado ao documentário brasileiro e latino-americano. O espaço tem como proposta contribuir para difundir não só cultura, mas também o audiovisual, ajudando a integrar documentaristas de diferentes países e idiomas – os documentários em outros idiomas, por exemplo, são legendados. O site conta com versões em português e em espanhol.

O projeto foi criado pela produtora de conteúdo Contraponto, em uma parceria com o SescTV, um canal que valoriza a produção independente de audiovisuais. Os vídeos podem ser assistidos no link a seguir: http://curtadoc.tv/ 


Espaço para curtas-metragens 


O projeto está selecionando documentários brasileiros de até 26 minutos até o dia 30 de junho. Os documentários poderão ser inscritos através do site oficial [http://curtadoc.tv/inscricoes/] e os trabalhos selecionados farão parte da coleção EducaDoc, que serão distribuídos em DVD para escolas.

Segundo informações dos organizadores, os curtas documentários seguirão quatro linhas temáticas: Direitos Humanos, Artes e Literatura, Política & Memória e Diversidade Brasileira (identidade, meio ambiente e cultura popular). Os vídeos serão selecionados por uma equipe de educadores e realizadores de audiovisuais.

Tive a oportunidade de participar de uma palestra com a diretora do CurtaDoc, Kátia Klock, realizado durante o Icom 2016 (9º Festival Interdisciplinar de Comunicação), no Ibes Sociesc, em Blumenau (SC). A jornalista, produtora cultural e documentarista, Kátia Klock explicou que existe uma lei no Brasil que estabelece a exibição de filmes nacionais nos colégios, por no mínimo duas horas mensais. Logo, o EducaDoc seria uma forma de levar esses documentários para escolas e contribuir para a educação dos alunos.

Os DVDs com os documentários serão distribuídos gratuitamente para professores, escolas e bibliotecas. De acordo com o CurtaDoc, o projeto é realizado com recursos da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, e tem como patrocinadores as empresas Parati e Tigre, através do Instituto Carlos Roberto Hansen.

Mais informações sobre o projeto no endereço: curtadoc@contraponto.tv.

Sobre a produtora por trás do CurtaDoc 


A Contraponto é uma produtora de conteúdo formada por pessoas que acreditam nas parcerias e no trabalho feito com prazer e intensidade. Nosso foco é a produção de documentários e séries de TV. Mas começamos a produzir filmes de ficção e não paramos mais. Editamos publicações e desenvolvemos projetos transmídia. Nossa base é em Florianópolis e nossas ideias sobre artes, cultura, educação e meio ambiente transitam em multimeios. Para mais informações, visite o site da Contraponto: http://www.contraponto.tv/

Comentários

Mais lidas da semana