Pular para o conteúdo principal

Destaques

Garota Exemplar: 5 Trechos do Livro escrito por Gillian Flynn

Garota Exemplar .JPG

Alguns dos meus trechos favoritos do livro Garota Exemplar, da Gillian Flynn:
“Não quero ser mais um exemplo de menina, porque não adianta agradar o mundo todo e eu mesma ficar infeliz”
“Ser a Garota Legal significa que sou uma mulher gostosa, brilhante, divertida, que adora futebol, pôquer, piadas indecentes e arrotos, que joga vídeo game, bebe cerveja barata, adora ménage à trois e sexo anal… Garotas Legais são acima de tudo gostosas. Gostosas e compreensivas. Garotas Legais nunca ficam com raiva. Apenas sorriem de uma forma desapontada e amorosa e deixam seus homens fazerem o que quiserem. Vá em frente, me sacaneie, não ligo, sou a Garota Legal”
“Então isso tinha que parar. Ser comprometida com Nick, me sentir segura com Nick, ser feliz com Nick, me fez perceber que tinha uma verdadeira Amy aqui, e ela era muito melhor, muito mais interessante, complicada e desafiadora que a Amy legal. Nick queria a Amy legal de qualquer jeito. Você consegue imaginar? Finalmente mo…

Mais de 1300 Documentários para Assistir de Graça na Internet

A internet pode ser uma ótima ferramenta para aprender coisas novas, encontrar informações interessantes e conhecer diferentes culturas. O CurtaDoc é um site que conta com mais de 1300 documentários gravados na América Latina, possibilitando aos brasileiros assistirem de graça vídeos sobre diferentes assuntos.


Atualmente, o site conta com 20 categorias de canais de vídeos, entre elas estão: Artes, Biografia, Comportamento, Cotidiano, Cultura Popular, Direitos Humanos, Diversidade Sexual, Espiritualidade, Existencial, Identidade, Inclusão, Infância, Literatura, Meio Ambiente, Memória, Mulher, Música, Política, Urbanidade e Viagem.


Produção independente de documentários


O CurtaDoc surgiu no Brasil em 2009. Inicialmente, o projeto era um programa do SescTV, e a partir de 2011, foi lançado como um acervo online dedicado ao documentário brasileiro e latino-americano. O espaço tem como proposta contribuir para difundir não só cultura, mas também o audiovisual, ajudando a integrar documentaristas de diferentes países e idiomas – os documentários em outros idiomas, por exemplo, são legendados. O site conta com versões em português e em espanhol.

O projeto foi criado pela produtora de conteúdo Contraponto, em uma parceria com o SescTV, um canal que valoriza a produção independente de audiovisuais. Os vídeos podem ser assistidos no link a seguir: http://curtadoc.tv/ 


Espaço para curtas-metragens 


O projeto está selecionando documentários brasileiros de até 26 minutos até o dia 30 de junho. Os documentários poderão ser inscritos através do site oficial [http://curtadoc.tv/inscricoes/] e os trabalhos selecionados farão parte da coleção EducaDoc, que serão distribuídos em DVD para escolas.

Segundo informações dos organizadores, os curtas documentários seguirão quatro linhas temáticas: Direitos Humanos, Artes e Literatura, Política & Memória e Diversidade Brasileira (identidade, meio ambiente e cultura popular). Os vídeos serão selecionados por uma equipe de educadores e realizadores de audiovisuais.

Tive a oportunidade de participar de uma palestra com a diretora do CurtaDoc, Kátia Klock, realizado durante o Icom 2016 (9º Festival Interdisciplinar de Comunicação), no Ibes Sociesc, em Blumenau (SC). A jornalista, produtora cultural e documentarista, Kátia Klock explicou que existe uma lei no Brasil que estabelece a exibição de filmes nacionais nos colégios, por no mínimo duas horas mensais. Logo, o EducaDoc seria uma forma de levar esses documentários para escolas e contribuir para a educação dos alunos.

Os DVDs com os documentários serão distribuídos gratuitamente para professores, escolas e bibliotecas. De acordo com o CurtaDoc, o projeto é realizado com recursos da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, e tem como patrocinadores as empresas Parati e Tigre, através do Instituto Carlos Roberto Hansen.

Mais informações sobre o projeto no endereço: curtadoc@contraponto.tv.

Sobre a produtora por trás do CurtaDoc 


A Contraponto é uma produtora de conteúdo formada por pessoas que acreditam nas parcerias e no trabalho feito com prazer e intensidade. Nosso foco é a produção de documentários e séries de TV. Mas começamos a produzir filmes de ficção e não paramos mais. Editamos publicações e desenvolvemos projetos transmídia. Nossa base é em Florianópolis e nossas ideias sobre artes, cultura, educação e meio ambiente transitam em multimeios. Para mais informações, visite o site da Contraponto: http://www.contraponto.tv/

Comentários

Mais lidas da semana