Pular para o conteúdo principal

Destaques

Passarinha: Livro sobre garota autista e seu pai lidando com o luto

Uma garota pré-adolescente no espectro autista (Síndrome de Asperger) chamada Caitlin perde o irmão em um tiroteio na escola e, além da dificuldade de entender e ser entendida pelos outros no colégio, ela tenta ajudar o pai a superar a morte de Devon. Assim é a trama do livro Passarinha (Mockingbird), da escritoraKathryn Erskine, publicado no Brasil pela Editora Valentina, em 2013.

Compre o livro Passarinha (Kathryn Erskine): https://amzn.to/2RV5PSt

Acredito muito no poder da literatura de entreter, informar e conscientizar sobre temas que nem sempre são abordados de forma suficiente na mídia ou que não são tão humanizados – a ficção ajuda com a empatia. Livros como Passarinha, A Diferença Invisível e Em Algum Lugar nas Estrelas deveriam ser trabalhados em salas de aula, levando em conta questões que vão além da literatura e ajudam na reflexão sobre inclusão social, amizade e relacionamentos de pessoas no espectro autista.

Narrado em primeira pessoa pela Caitlin, o livro Passarinha to…

Infográfico: Como Leitores Podem Apoiar seus Escritores Favoritos

A internet tem transformado a maneira que os leitores interagem com seus autores favoritos. Escritores com uma forte plataforma de leitores têm mostrado a força das mídias sociais, seja por meio de plataformas de escrita e leitura, como o Wattpad, blogs, Tumblr e colunas em revistas literárias online ou por cativarem seus públicos em diferentes espaços, como Facebook, Twitter e Instagram. 

Muitos leitores têm interesse em ver livros publicados de escritores nacionais, porém nem sempre acontece pela provável falta de potencial comercial e se não há demanda ou viabilidade, dificilmente as editoras investem nesses originais. A internet tem ajudado a quebrar essa barreira cada vez mais, demonstrando que os leitores leriam livros impressos de seus autores brasileiros favoritos, mesmo que já tenham lido a história antes na internet e/ou que comprariam outras obras literárias e continuações. 

Seja publicado por uma editora tradicional, editoras prestadoras de serviço, ferramentas de publicação por demanda, como o Kindle Direct Publishing da Amazon e Clube de Autores ou investindo na autopublicação e impressão em gráficas, o apoio dos leitores é fundamental na jornada do escritor. Nem sempre fica claro para os leitores a importância deles, especialmente no nosso cenário nacional, no qual o consumo de livros estrangeiros é maior do que de livros nacionais. Uma simples chamada de ação (call-to-action), às vezes, faz toda diferença. Com uma simples pergunta ou pedido, por exemplo, você consegue saber se o leitor teria interesse em comprar seu livro impresso se fosse publicado (no caso de quem já publica somente na internet seja gratuitamente ou eBooks em lojas online).

Lembrar ao leitor que faz diferença votar, comentar, comprar, compartilhar, interagir e por aí vai, ações que têm sido bem feitas por produtores de conteúdo que estão ganhando cada vez mais espaço nas editoras, mas que muitas vezes são esquecidas por escritores. Se o leitor não se sente valorizado ou não entende como é a nossa realidade, por que ele vai se importar? O universo editorial é um mistério para vários escritores e mesmo entre escritores existem inúmeras divergências (alguns não entendem a importância dos direitos autorais/royalties para o escritor profissional). Muitos leitores têm uma visão hollywoodiana do que é ser escritor e alguns incentivam a pirataria, por exemplo, pois acham que não vai fazer diferença no bolso dos autores e editoras, já que o mesmo acontece com músicas, filmes e seriados por aqui. Uma simples ação pode desmistificar alguns assuntos.

Livros importam. Editoras importam. Escritores importam. Leitores importam. Livreiros importam. Blogueiros literários, booktubers, revisores, capistas, tradutores, editores etc. Todos são importantes no mercado dos livros. Redes sociais para amantes da leitura, como o Skoob e o Goodreads vieram para somar neste processo, aproximando pessoas do universo literário. Seja para viabilizar a publicação de livros, para apoiar autores já publicados e contribuir para que eles possam continuar escrevendo, escritores podem usar suas influências digitais.

Leitores, apoiem os autores de seus livros favoritos! Sem vocês, os livros não se tornariam realidade. Na literatura, o leitor é tão importante quanto o autor e a editora/plataforma de publicação.

Criei este infográfico para leitores que desejam apoiar seus escritores favoritos (nacionais ou internacionais). Confira abaixo:



O infográfico pode ser compartilhado, desde que a fonte não seja removida. Se você tem um blog e ficou interessado em colocar a imagem em algum post, fique à vontade. Se puder dar link para o blog, agradeço.

Gostou do infográfico? Compartilhe o post! 

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e do livro de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1), disponível no Wattpad.

Comentários

  1. Parabéns! Arrasou no infográfico e na postagem. O mercado editorial seguirá para onde a demanda for direcionada. Como leitor indico os livros que gosto, os contos que me tocam de alguma forma e apoio os escritores nacionais (novos ou reconhecidos), pois compreendo o quão difícil é a carreira. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, TomoLiterário! Bom te ver por aqui. Gratidão pelo comentário. Fico feliz que tenha gostado. Blogs literários, como o seu, fazem toda diferença. Tenho certeza de que cada autor deve ser grato pelo seu apoio. E que o mercado se abra para mais escritores nacionais. Seria até uma forma de movimentar mais dinheiro interno.
      Abraços

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana