Pular para o conteúdo principal

Destaques

Espectro Autista: Disfunção Executiva, Alimentação e Autonomia

Quase nunca falo de alimentação, mas hoje decidi falar. Uma das principais curiosidades de pais de pessoas no espectro autista é sobre a seletividade alimentar e autonomia. Poucos sabem da existência da disfunção executiva.


Foto tirada neste sábado, 18 de maio de 2019: 


Aspergers também comem besteiras. Não sou exemplo a ser seguido por ninguém. Por esse e inúmeros motivos prefiro ficar do lado de fora do mundo do autismo. Odiaria ser visto como um modelo de comportamento.  
Poucas pessoas conhecem minha história de vida. Aos 17 anos, entrei na universidade, onde comecei minha primeira graduação: Nutrição. Quem já leu os outros posts, sabe que a graduação não foi desafiadora para mim e acabei desistindo = comportamento de pessoas com altas habilidades (embora eu não tenha papel, na minha infância fui consultado por psicóloga que dizia que eu era muito maduro para minha idade). Queria algo mais desafiador e fiz cursinho para tentar Medicina, mas a realidade bate na porta e não era e aind…

Leitura no Vagão: Livro Escrita Maldita doado para projeto cultural

Desde que conheci o projeto Leitura no Vagão nas redes sociais, fiquei com vontade de participar de alguma forma. Como autor independente que começou com a publicação digital, até alguns meses não era possível, já que não tinha nenhum exemplar impresso. Consegui separar e doar um exemplar para o projeto e fiquei bem feliz quando vi que em breve Escrita Maldita deve circular pelo transporte público de São Paulo.


Como escritor e leitor, acredito na importância de incentivar a leitura. E uma das melhoras formas de fazer é aproximando as pessoas dos livros. Projetos como o Leitura no Vagão são importantes, levando em conta o tempo que muitas pessoas gastam com o transporte público, especialmente em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Dependendo do trajeto, dá para tirar um tempo para a leitura.

Sobre o projeto Leitura no Vagão:


Criado por Fernando Tremonti, no início, para incentivar a leitura da sociedade num ambiente onde para muitos é considerado tempo perdido: os trens e metrôs. Com o crescimento do projeto expandimos para os ônibus e agora fazemos ações nas ruas para atingirmos cada vez mais pessoas.

O Leitura No Vagão consiste em deixar livros em locais aleatórios, podendo a população levá-los para casa, sendo o intuito que, após o término da leitura, retornem o exemplar para onde o encontraram, para que outra pessoa possa pegá-lo.

A iniciativa começou em São Paulo e atualmente já se expandiu para o Rio de Janeiro, Distrito Federal e até Santiago no Chile.

Sem fins lucrativos, o Leitura no Vagão é um projeto de incentivo à leitura que conta com doações para se manter vivo. Para escritores brasileiros, fica aí mais uma oportunidade de ver o seu livro circulando, especialmente autores independentes, cujas obras dificilmente estão disponíveis em livrarias. Além dos livros, o projeto também conta com a ajuda de voluntários para distribuir as obras, recursos financeiros e material.

Para mais informações, visite o site do projeto Leitura no Vagão: https://www.leituranovagao.com/

Para ficar por dentro das novidades do projeto, acompanhe nas redes sociais:

Página do Facebook: https://www.facebook.com/leituranovagao/

Twitter: https://twitter.com/LeituraNoVagao
***
Para quem quiser conhecer mais sobre o Escrita Maldita, no momento o livro está disponível para Kindle no site da Amazon.

Compre a versão digital do livro Escrita Maldita: http://amzn.to/2By8DJY


Sinopse: Após se tornar um best-seller com seu romance de terror de estreia, Daniel Luckman está prestes a realizar um sonho: escrever um livro com Laurence Loud, um dos melhores escritores de horror dos últimos tempos. Quando o colega põe os pés em sua casa, coisas estranhas começam acontecer. A linha entre a ficção e a realidade, a loucura e a sanidade, os pesadelos e as alucinações se dissolvem. Uma história de mistérios, passados sombrios e amor. Quando dois escritores de terror se juntam para escrever uma história, tudo pode acontecer.

O processo de criação pode ser intenso, as emoções podem ficar confusas. Você estaria disposto a sacrificar tudo pelos seus sonhos?

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad.

Veja também: 

Infográfico: Ler livros é uma das atividades mais relaxantes, segundo pesquisa 

Blogs literários e incentivo à leitura são tema de pesquisa 

Infográfico: Como Leitores Podem Apoiar seus Escritores Favoritos 

Comentários

Mais lidas da semana