Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Não Tire a Máscara, Tire Bolsonaro: O Negacionismo e o Caos como Política

Nos Estados Unidos, Donald Trump só venceu as eleições porque fez um lobby, pagou fake news e contou com ajuda internacional para hackear a opositora Hillary Clinton, ajudando a espalhar milhares de mentiras na internet. 

O que ele tem em comum com Bolsonaro? Ambos se pintam como nacionalistas, mas não têm o mínimo respeito pelos seus países. Usando de estratégias de Desinformação. Além disso, foi Trump que ajudou a espalhar que vacinas causam autismo e também recomendou a Cloroquina. Coincidência? Não.

Um dos ex-estrategistas do Trump, Roger Stone mente compulsivamente, pois acredita que política é um jogo. No Brasil, Bolsonaro é assessorado paralelamente, o que já está sendo investigado pela CPI da Pandemia.

Típico dos regimes de Extrema-Direita, que manipulam a população, assim como Trump causou danos à democracia e mais de 400 pessoas foram investigadas pela Invasão ao Capitólio, semanalmente Bolsonaro planta a ideia de que se perder as eleições, é porque foram roubadas. Esta semana, no Peru, aconteceu o mesmo, a filha do ex-ditador do país perdeu as eleições e não quis aceitar.

Para tentar recuperar a popularidade perdida, faz promessas impossíveis e incentiva ações que podem aumentar o número de mortes. Aparentemente, 500 mil mortes não são o suficiente, para um presidente que negou ofertas de vacinas de VÁRIAS empresas. 

O Brasil poderia ter sido um dos primeiros países do mundo a vacinar e ser vitrine para o mundo, em vez disso, se tornou uma vergonha mundial. 

Brasileiro que não lê notícias internacionais merece o governo que tem. #ForaBolsonaro


*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários