Pular para o conteúdo principal

Destaques

I Missed You: Filme taiwanês de drama relaciona os bloqueios emocionais aos digitais

As redes sociais já se tornaram tão parte das nossas vidas que, muitas vezes, servem como um baú de memórias, o qual podemos abrir e fechar conforme nossas necessidades. No filme taiwanês I Missed You , de 2021, dirigido por Chih-Yen Hsu e Mag Hsu , a protagonista é confrontada a encarar os seus bloqueios emocionais e digitais, para descobrir a causa de sua infelicidade. Kuo Chinchin (Eve Ai) é uma programadora viciada em trabalho. Por trás de sua personalidade durona, o telespectador conhece um pouco do seu passado conforme ela decide desbloquear duas pessoas do seu Facebook – de forma paralela a quem está assistindo, a personagem vai mergulhando cada vez mais no seu interior e martelando as memórias, as emoções e as escolhas. Sem exageros dramáticos, o filme tem um toque intimista e promove uma boa reflexão sobre como a tecnologia se tornou uma ferramenta não só para conhecer novas pessoas, mas também para criar mais proximidade ou afastamento das conexões com o passado, servindo pa

Documentário sobre Edgar Allan Poe – Contos de Terror

No documentário sobre o escritor Edgar Allan Poe – Contos de Terror, produzido pelo Discovery Civilization, a vida do reconhecido contista é abordada, levando o espectador a entender melhor sobre a influência do medo nas narrativas de Poe e a relação com a sua vida marcada por tragédias.

Para quem gosta de ler e escrever contos, Edgar Allan Poe ainda é referência. Para compreendê-lo e suas histórias, é preciso entender como os seus sofrimentos o inspiraram a escrever. Com uma existência marcada pela pobreza e tragédias, Poe e a mãe foram abandonados pelo pai alcoólatra quando era pequeno, logo em seguida a mulher morreu vítima de tuberculose.

Depois de ser adotado pelo casal Allan, cujo sobrenome ele nunca obteve oficialmente, somente após sua morte, Edgar Poe também perdeu a mãe adotiva. Sentindo-se como se fosse responsável pela má sorte e perdesse todos ao seu redor, alguns anos depois ele se casou com sua prima Virginia. Mesmo trabalhando como editor e crítico literário, a pobreza ainda se fazia presente na vida do escritor na vida adulta. Virginia também morreu vítima de tuberculose, contribuindo para a degradação da saúde mental de Poe.

Entre os contos de Edgar Allan Poe abordados no documentário estão O Poço e o Pêndulo, A Queda da Casa de Usher, Ligéia e O Coração Delator, além do famoso poema O Corvo, no qual o artista expressava o seu medo de perder uma pessoa amada, escrito pensando em sua mulher doente.

Suas histórias, assim como a vida do escritor Allan Poe, têm elementos relacionados à morte, loucura, sofrimento, medo, angústia, desejos, ciúmes, ódio. Poe morreu aos 40 anos de idade, quando estava delirante.

O documentário está com narração em português e legendas dos entrevistados. Com aproximadamente 47 minutos de duração, algumas histórias escritas por Edgar Allan Poe foram dramatizadas por atores.

Confira o Documentário Contos de Terror (Edgar Allan Poe):



Não deixe de ver também:

Documentário sobre o escritor Franz Kafka e sua vida marcada por fragilidades

Documentário Paulo Coelho: O Alquimista das Palavras

Documentário: Marcel Proust – Uma Vida de Escritor 

Comentários

  1. bacanérrimo! quem curte terror poe é uma prato a transbordar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho! Já gostava do escritor antes de saber sua história de vida, passei a admirá-lo mais ainda.
      Abraços

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana