Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dias de Isolamento, Estímulos e Tédio: Vidas Importam (Coronavírus) | Ben Oliveira

Mesmo para alguém no espectro autista (lembrando que não existem dois autistas iguais e há uma ampla variedade neurológica e de personalidade), os dias de isolamento não são necessariamente confortáveis.


Gostar de ficar em casa e precisar de tempo sozinho para recarregar as energias, não significa que autistas também não gostem de ver pessoas – muitos adoram andar ao ar livre. As pessoas confundem autismo, introversão, timidez e misantropia (aversão às pessoas).

O que eu queria falar é sobre a importância de se ocupar com o que te estimula. Na correria do dia a dia, todos abrimos mão daquilo que gostamos de fazer e do que nem sabíamos que gostamos. Além de ler e jogar, nesses dias aproveitei para organizar as coisas e brincar com as tintas e colas.

Deveria estar escrevendo mais, mas confesso que estou gostando de estimular outras áreas que estavam adormecidas. Sim, tenho muitos momentos de tédio, mas não acho que colocar a vida de outras pessoas em risco possa compensá-los.

Por outro …

Documentário: Stephen King – Brilhando na Escuridão

O documentário sobre Stephen King: Brilhando na Escuridão (Shining in the Dark), dirigido por David Stewart, produzido pela BBC, em 1999, conta sobre a vida e carreira do escritor, conhecido como o Mestre do Terror, e alguns de seus principais livros e de onde ele se inspirou para escrevê-los, como os seus best-sellers Carrie e O Iluminado, ambos adaptados para o cinema.

Stephen King Documentário Brilhando na Escuridão

Durante o documentário são abordados alguns pontos da vida do escritor Stephen King, como suas dificuldades antes de se tornar famoso, seus problemas com o vício de substâncias (alcoolismo) e a influência de Maine, região onde ele cresceu e mora nas produções literárias dele.

Além do próprio Stephen King, o documentário traz algumas entrevistas com outros escritores e profissionais envolvidos com suas obras, como Frank Darabont, Mick Garris, Peter Straub, Chuck Verrill, Kathy Bates (participou dos filmes Misery e Eclipse Total), Tom Hanks (participou do filme À Espera de um Milagre) e outros convidados.

Deixo aqui o meu agradecimento à equipe do site StephenKing.com.br (Edilton Reinaldo) pela tradução, revisão, legendas e disponibilização, em português, do documentário Stephen King: Shining In The Dark, disponível no Youtube.

Assista ao documentário Stephen King – Brilhando na Escuridão (1999): 



Comentários