Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dia do Orgulho Autista: Amor próprio e autoaceitação das diferenças

Hoje, 18 de junho, é Dia do Orgulho Autista. Muitos colegas no Brasil e em vários países estão lutando por uma sociedade menos preconceituosa.


Orgulho duplo para alguns
Existem muitas pessoas no espectro autista que são LGBTQ. Comemoramos de forma dupla em junho. O símbolo da Neurodiversidade também é colorido. 🌈

No dia 18 de Junho, é comemorado o Dia do Orgulho Autista (Autistic Pride Day). A data foi criada pelo grupo Aspies for Freedom, celebrada pela primeira vez em 2005. De lá pra cá, muitas coisas mudaram: temos muito mais informações sobre autismo do que tínhamos, porém, o preconceito ainda é um problema.

14 anos após a primeira edição do Dia do Orgulho Autista: alguns problemas permanecem e provavelmente sempre permanecerão. Muitas pessoas não entendem a importância da data para autistas, pois presumem que temos vergonha de quem somos e se esquecem de que somos todos diferentes (Neurodiversidade).

A data é importante, pois as taxas de suicídio entre autistas é altíssima, muita…

Documentário: Stephen King – Brilhando na Escuridão

O documentário sobre Stephen King: Brilhando na Escuridão (Shining in the Dark), dirigido por David Stewart, produzido pela BBC, em 1999, conta sobre a vida e carreira do escritor, conhecido como o Mestre do Terror, e alguns de seus principais livros e de onde ele se inspirou para escrevê-los, como os seus best-sellers Carrie e O Iluminado, ambos adaptados para o cinema.

Stephen King Documentário Brilhando na Escuridão

Durante o documentário são abordados alguns pontos da vida do escritor Stephen King, como suas dificuldades antes de se tornar famoso, seus problemas com o vício de substâncias (alcoolismo) e a influência de Maine, região onde ele cresceu e mora nas produções literárias dele.

Além do próprio Stephen King, o documentário traz algumas entrevistas com outros escritores e profissionais envolvidos com suas obras, como Frank Darabont, Mick Garris, Peter Straub, Chuck Verrill, Kathy Bates (participou dos filmes Misery e Eclipse Total), Tom Hanks (participou do filme À Espera de um Milagre) e outros convidados.

Deixo aqui o meu agradecimento à equipe do site StephenKing.com.br (Edilton Reinaldo) pela tradução, revisão, legendas e disponibilização, em português, do documentário Stephen King: Shining In The Dark, disponível no Youtube.

Assista ao documentário Stephen King – Brilhando na Escuridão (1999): 



Comentários

Mais lidas da semana