Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Heidegger: Documentário sobre o filósofo alemão e seu envolvimento com o Nazismo

Hoje assisti ao documentário sobre o filósofo Martin Heidegger: Projeto para Viver, produzido pela BBC, da série Humano, Demasiado Humano, de 1999. No vídeo de 49 minutos, é abordado de forma breve o livro Ser e Tempo, de 1927, e explicada a relação entre Heidegger e o partido Nazista.

Heidegger Filósofo AlemãoComo todo documentário, assistir ao vídeo não substitui a leitura do livro, mas pode facilitar bastante na hora de entender melhor o personagem retratado, sua história de vida e alguns de seus conceitos. Fiquei com muita vontade de ler Ser e Tempo e outras de suas obras.

No momento estou sem tempo para ler mais livros, ando numa febre de leitura que está atrapalhando até mesmo a minha escrita, portanto os documentários sobre autores, escritores e filósofos têm sido uma ótima maneira de continuar aprendendo.

Alguns pontos no documentário me impressionaram:

– Mesmo analisando a vida, o pensamento e a linguagem, Martin Heidegger apoiou as ideias de Hittler (Nazismo) e foi responsável pela participação de muitos jovens no movimento nazista;

– O filósofo alemão entregou alguns de seus colegas judeus, inclusive um professor que sempre tinha o apoiado;

– Como a ambição por crescer e o poder em mãos erradas pode causar danos irreversíveis;

– Nem todo autor de livros, que transformaram a vida de muitas pessoas, tem bom caráter.

Assista ao documentário Martin Heidegger – Projeto para Viver (BBC):



Este é o segundo documentário da série Humano, Demasiado Humano. O primeiro foi sobre o filósofo Friedrich Nietzsche. Já estou ansioso para assistir ao documentário sobre Jean-Paul Sartre: O Caminho para a Liberdade.

Veja também:

Documentário: Marcel Proust – Uma Vida de Escritor 

Documentário sobre o escritor Franz Kafka e sua vida marcada por fragilidades

Documentário sobre Edgar Allan Poe – Contos de Terror

Documentário Paulo Coelho: O Alquimista das Palavras 

Comentários

Mais lidas da semana