Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Profissionais antiéticos envolvidos com tratamentos proibidos e perigosos

Quando lancei uma campanha contra tratamentos sem evidências científicas do autismo, tive pouquíssimo apoio. Isso me ajudou a ver quem é quem, quem coloca as cartas na mesa ou não, quem está/estava com medo.


Infelizmente, além de estarmos abertos às ameaças abertas ou veladas, também existe muito silenciamento; muitas famílias fazendo tratamentos que são proibidos e perigosos e profissionais antiéticos que deveriam ser processados e/ou deveriam perder a licença.

Em vários países, isso já deu processos e prisões, mas no Brasil, nada é como deveria ser. Alguém fica chocado de viver no mundo invertido?

Tem gente que adora brincar com fogo. Gente que difama autistas adultos e quase implora por um processo.

Preciso lembrar que essas coisas são crimes? Ah, não sabia? Agora já sabe.

Uma dica: A verdade demora, mas ela sempre vem. Não é que o Xadrez nos ensina algumas coisas?
Quanto à impunidade e a desinformação, pode ter certeza que vou continuar fazendo minha parte de passar informações de …

4 Escritores Vivos Mais Buscados no Google em 2014

Para quem gosta de ficar por dentro de quais autores têm gerado bastante interesse dos leitores, todos os anos o Google divulga uma lista. Da lista dos 20 Escritores Mais Buscados no Google em 2014 (pelos norte-americanos*), selecionei somente os quatro que estão vivos. Ficou curioso para saber quem são eles?

Confira abaixo os 4 Escritores Vivos Mais Buscados no Google em 2014:

Stephen King – Nascido em Portland, Maine, em 1947, ele é o segundo filho de Donald e Nellie Ruth Pillsbury King. Ele fez sua primeira venda de conto profissional em 1967. Em 1973, ele começou a dar aulas de Literatura no ensino médio numa escola pública de Hampden, Maine. Escrevendo à noite e nos fins de semana, ele continuou a produzir contos e a trabalhar em romances. Na primavera de 1973, a Doubleday & Co. aceitou a publicação do seu romance Carrie, possibilitando-o os meios para deixar a vida de professor e se tornar escritor em tempo integral. Stephen King já publicou mais de 50 livros e se tornou um dos escritores mais bem-sucedidos do mundo. Ele vive em Maine e Flórida com a esposa, a romancista Tabitha King.

Leia as resenhas no blog:

Doutor Sono – Stephen King

LOVE: A História de Lisey – Stephen King

Assista ao documentário – Stephen King: Brilhando na Escuridão!

John Green – É o autor best-seller do New York Times dos livros Quem é você, Alasca?, O Teorema Katherine, Cidades de Papel e A Culpa é das Estrelas. Os livros do autor foram publicados em uma dúzia de idiomas. Em 2007, Green e seu irmão Hank começaram a postar vídeos no Youtube. Os vídeos geraram uma comunidade de pessoas chamadas nerdfighters que lutam pelo intelectualismo e para melhorar o nível mundial de derrota (Arrecadaram dinheiro para ajudar a combater a pobreza do mundo e plantas centenas de árvores, por exemplo). Seus vídeos já foram visto mais de 200 milhões de vezes e o seu canal do Youtube é um dos mais populares da história dos vlogs, além de ser um usuário ativo do Twitter com mais de 1,2 milhões de seguidores. John Green cresceu em Orlando, Flórida.

Nicholas Sparks – Considerado um dos maiores contadores de histórias adorados do mundo, todos os seus livros entraram para a lista de best-sellers do New York Times, com mais de 97 milhões de cópias vendidas, traduzidos para mais de 50 idiomas. Em 1996, com 28 anos, Sparks publicou um dos seus livros de romance mais conhecidos, The Notebook (Diário de Uma Paixão), pela Warner Books. Com 17 romances publicados e 10 adaptações cinematográficas de seus livros, Nicholas Sparks já acumulou bilhões de dólares com suas vendas mundiais. Em 2012, Sparks e sua agente Theresa Park lançaram uma produtora de filmes e programas televisivos. Nicholas Sparks vive na Carolina do Norte com sua família. Além de contribuir para a caridade, ele é um dos apoiadores do Programa de Escrita Criativa da Universidade de Notre Dame, onde ele fornece bolsas de estudo, estágios e acompanhamento anual.

Leia: Nicholas Sparks, autor best-seller dá conselhos para Escritores

George R. R. Martin – trabalhou dez anos em Hollywood como argumentista e produtor de diversas séries e filmes de grande sucesso. Autor de várias coletâneas de contos e noveletas, foi em meados de anos 90 que começou a sua obra mais famosa, As Crónicas de Gelo e Fogo. É a saga de fantasia mais vendida da atualidade e uma adaptação televisiva de grande sucesso foi realizada pela HBO. Um autor multifacetado, a sua obra estende-se a diversos géneros como o horror, a fantasia, a ficção científica, e a prova disso são os títulos Dying of the Light, Windhaven (com Lisa Tuttle), The Armageddon Rag e Sonho Febril. O autor vive em Santa Fé, Novo México, com a sua mulher, Parris.

Entre os outros autores que foram os mais buscados no Google, porém não estão vivos, estão: Martin Luther King Jr. (1º lugar!), William Shakespeare, Maya Angelou, Edgar Allan Poe, Dr. Seuss, Ernest Hemingway, Mark Twain, Anne Frank, Frederick Douglass, Charles Darwin, Helen Keller, Walt Whitman, Amelia Earhart, Robert Frost, Karl Marx e Charles Dickens.

*Para quem se perguntou por que usei os dados de pesquisa dos Estados Unidos, o Google Brasil não divulga quem são os autores mais procurados pelos brasileiros, talvez pelo número não ser tão significante quanto outros termos que mais agradam a maioria dos brasileiros, como programas televisivos (novelas), futebol e mundo dos famosos.

Confira também: 10 Livros Mais Procurados no Google pelos norte-americanos em 2014

Comentários

  1. Que postagem legal Ben. Super interessante, e realmente eu não estou surpresa com o resultado, são escritores muito conhecidos, apesar de não curtir muito o Nicholas reconheço seu sucesso. Abs, e um ótimo ano para você!
    http://respiralivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Hemilly!
      Nicholas Sparks tem essa relação de amor e ódio. Ou os leitores adoram seus romances, ou odeiam. Creio que o sucesso dos livros também se dá por causa das adaptações cinematográficas. Quem assiste ao filme e ainda não tinha lido o livro, acaba se interessando por ler. Não é à toa que ele abriu a própria produtora de filmes.
      Fico feliz que tenha gostado! Abraços.

      Excluir
  2. Sem dúvidas o meu preferido é R.R. Martin. Os livros dele são diferentes de tudo o que eu já tinha lido antes. Os personagens são super elaborados e não possuem aquele rótulo de vilão ou mocinho, apenas são humanos, com seus defeitos e qualidades. Para mim são esses fatos que tornam os livros dele tão procurados atualmente.

    Abraços.
    eaijl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Felipe!
      Acredita que até hoje não li os livros dele? Preciso começar, afinal, são longos! Difícil é achar tempo para tanta leitura... E olha que estou sempre lendo.
      Enfim, creio que essas caracterizações dos personagens realmente ajudam a criar a empatia do leitor, pois foge do clichê, do estereótipo. O personagem se torna mais 'humano' e fica fácil se identificar com eles. Adoro a adaptação de Game of Thrones (série HBO), agora preciso me organizar para começar a comprar e ler os livros... Embora ainda esteja em dívida com o Tolkien! Preciso ler as obras dele antes.
      Muito obrigado por sua visita e comentário!
      Abraços e volte sempre =)

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana