sábado, 23 de julho de 2016

Resenha: Os Condenados – Andrew Pyper

O livro Os Condenados (The Damned), de Andrew Pyper, é um romance de thriller sobrenatural que chegou ao Brasil em 2016 pela Editora DarkSide Books, com tradução de Cláudia Guimarães. A história gira ao redor de Danny Orchard, um homem que passou mais de uma vez pela experiência de quase-morte e conseguiu voltar, mas não retornou sozinho.


O que acontece quando morremos? Para onde vamos? E o que acontece quando chegamos tão próximo da morte e conseguimos retornar? Andrew Pyper explora esses mistérios com uma dose de terror. A experiência de Danny Orchard fez com que sua vida seguisse um rumo diferente. Ele escreveu um livro chamado O Depois contando sua história e a obra foi um sucesso de vendas, atraindo o interesse de outras pessoas que passaram por experiências parecidas e que se autodenominaram os Reviventes.

Desde que Ashleigh Orchard, a irmã gêmea dele morreu em um incêndio, mesmo sem saber explicar como, Danny sabe que ela está por ali. As coisas pioram, quando Danny se apaixona e sua irmã se torna uma ameaça. Ash está disposta a deixar a vida dele mais difícil, até que consiga o que deseja.

“Não era nada que eu pudesse ouvir. Mas havia alguma coisa [...] A coisa que você imagina quando acorda no meio da noite, desperto pelo que pode ter sido o ruído de passos no andar de baixo. Aquilo que você não levanta para procurar porque prefere tentar se convencer de que não está lá. Só que está. Você pode sentir no silêncio. O silêncio excessivo de uma criatura que consegue prender a respiração por mais tempo que você”

O romance é narrado em primeira pessoa por Danny, que nos leva por lembranças desde o seu nascimento conturbado, os dias com sua família quando Ash ainda estava viva, até o presente, em que o homem sente cada vez mais a presença. Acompanhando os encontros dos leitores de seu livro que também retornaram, Danny está à procura de respostas.

O texto flui bem. O livro está dividido em 4 partes e 47 capítulos. Os capítulos não são curtos demais a ponto de não envolver e também não são longos demais a ponto de se tornarem maçantes. Com uma linguagem bem direta, Andrew Pyper, mais uma vez, nos leva pelas aventuras de um protagonista perseguido pelo sobrenatural.

“Eu morri mais de uma vez na minha vida. Algumas pessoas conseguem equilibrar pratos em varas, outras podem acertar todas as tacadas jogando golfe em Pebble Beach, mas poucas têm tantos carimbos no passaporte da outra vida como eu. É um dom, creio, ainda que seja um dom que não desejo para ninguém. Haverá mais uma travessia para mim, assim como para todos nós. Mas ninguém pode dizer o que espera por vocês do outro lado, eu mesmo só posso falar do que vi, porque se o seu destino é a cobertura ou a sala da caldeira, depende de você. Paraíso ou Hades, Céu ou Inferno – eles são feitos sob medida. Eu sei porque estive em ambos”.

O que Danny considera um dom não está em seu controle. O espírito vingativo de sua irmã parece não ter aceitado bem sua morte e não ter gostado da ideia de que Danny sobreviveu. Ash, então, ganha cada vez mais controle e passa não só a se tornar visível, como passa a ser capaz de se materializar e machucar as pessoas.

Quanto mais descobrimos sobre o passado de Ash, mais notamos que toda sua maldade não é mera coincidência. A linha entre a loucura e o sobrenatural mais uma vez é cruzada. Danny lida com forças que fogem ao seu controle. Para onde correr, quando não há um lugar seguro? Para onde se esconder, quando sua irmã é um espírito que não te deixa em paz? Nesta corrida por um modo de se salvar e proteger pessoas que importam para Danny, somos levados juntos por essa jornada cheia de mistérios, medos e horrores.

“São as pessoas que prendem você ao Paraíso ou ao Inferno, ou seja lá qual for o seu destino. Elas são as âncoras. E isso se aplica ao mundo dos vivos também. As pessoas são a razão para querer ficar ou nem ligar se chegou a hora de partir”.

Andrew Pyper já havia me cativado com o Demonologista e mais uma vez conseguiu com Os Condenados. A DarkSide Books caprichou no projeto gráfico do livro. Os Condenados é aquele livro que nos faz pensar sobre o que está além da vida e nos entretém com uma história inquietante com revelações assombradoras. Uma história sobre âncoras e condenações.


Sobre o autor – Andrew Pyper (1968) é o autor de O Demonologista, livro publicado pela DarkSide® Books em 2015 que entrou nas principais listas de Livros Mais Vendidos no Brasil. Três romances de Andrew, incluindo O Demonologista e Os Condenados, estão sendo adaptados para o cinema. Saiba mais em andrewpyper.com.

*Este blog é parceiro da editora DarkSide Books

Ficou curioso para ler Os Condenados? Comente!


8 comentários:

  1. Estava muito curioso pra saber o que alguém achava da escrita do Andrew, pois ainda não li nada dele. E você não só me esclareceu como informou como é a estrutura do livro e seu ritmo. Foi difícil encontrar uma resenha de verdade desse livro e não apenas um resumo. Como sempre, excelente trabalho. Comprei o meu e acho que chega essa semana. E sua resenha me animou mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ronaldo!
      Fico feliz em ter ajudado. Espero que goste. Sou suspeito, gostei dos dois do Andrew Pyper e estou curioso para ler mais dele. Espero que a DarkSide continue publicando.
      Abraços.
      É sempre bom te ver por aqui!

      Excluir
  2. Quero muito ler esse livro! Com sua resenha, mais ainda!

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renata!
      Uau. Fico feliz que a resenha tenha ajudado a despertar o seu interesse por Os Condenados.
      Foi uma leitura muito prazerosa.
      Abraços. Obrigado pela visita!

      Excluir
  3. Oi. Adorei a resenha. Amo livros assim que faz agente pensar e refletir. Buscar respostas ou pelo menos tentar encontra-las. Beijinhos 😙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gisele!
      Muito obrigado pela visita. Só agora vi esse comentário. Os Condenados é muito bom. Tenho certeza de que vai gostar, caso vier a ler. A ideia de trabalhar a temática de experiência de quase-morte também é fantástica.
      Abraços

      Excluir

  4. Adorei sua resenha. Já li esse livro e o próximo que vou ler é o Demonologista, espero que eu goste tanto quanto. Vou deixar o link do meu blog se vc quiser conhecer. Aproveite também para participar do sorteio: todos os comentários em postagens de setembro e outubro estão concorrendo
    http://livroslapiseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diovana!
      Vou lá conferir esse sorteio, sim. Adoro ganhar livros ♥
      Então, sobre o Demonologista. Sou suspeito. Gostei MUITO! Teve gente que gostou só de Os Condenados e não gostou de O Demonologista. Eu gostei dos dois. Amo livros de terror e acho que o Andrew Pyper mandou super bem ♥
      Abraços e obrigado pela visita!

      Excluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram