quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Resenha: Ed e Lorraine Warren: Demonologistas – Gerald Brittle

O livro Ed e Lorraine Warren: Demonologistas (The Demonologist: The Extraordinary Career of Ed  and Lorraine Warren), do autor Gerald Brittle, é o tipo de leitura para quem tem curiosidade em entender um pouco deste universo tão obscuro e misterioso para muitos de nós: acontecimentos sobrenaturais e demonologia e, de quebra, conhecer alguns dos casos e a vida do demonologista Ed Warren e da clarividente Lorraine Warren. No Brasil, a obra de não ficção foi publicada pela editora DarkSide Books, em 2016, com tradução de Giovanna Louise Libralon.


É importante frisar que o livro é de não ficção, já que algumas pessoas acabam lendo como se fosse um livro de terror: apesar de alguns escritores de não ficção explorarem elementos da escrita literária para deixar a história mais envolvente, Ed e Lorraine Warren: Demonologistas não têm a estrutura de um romance de terror ou de uma coletânea de contos. A premissa da obra é a de informar, não a de provocar estranhamento ou medo no leitor – efeito, muitas vezes, esperado da literatura de horror.

"Às vezes, no início de um caso, não se pode distinguir entre um espírito humano e um espírito inumano negativo. Ambos podem ser extremamente malvados, e às vezes até trabalham juntos. No entanto, apenas um espírito demoníaco tem o poder de provocar fenômenos negativos extraordinários como incêndios, explosões, desmaterialização, teletransporte e levitação de objetos grandes" – Lorraine Warren

O sumário do livro ajuda a entender o que vem por aí. Desde a relação dos Warren com o caso de Amityville, que deu origem ao livro Horror em Amityville (The Amityville Horror) e que rendeu várias adaptações para o cinema, passando por Annabelle, os diferentes estágios de atividade demoníaca e terminando com a opinião de Ed e Lorraine Warren sobre como o homem pode se defender das forças do mal. Confira os títulos dos capítulos: Além de Amityville; Arte e Aparições; Annabelle; Fenômenos Sobrenaturais; Conjurações no Natal; De Origem Sobrenatural; Infestação: O início do processo; Opressão: A estratégia revelada; Família Sob Ataque; Libertação; Um Servo de Lúcifer; O Retorno da Entidade; Alma Refém; As Vozes de Enfield e Última Pergunta, Por Favor.

Desde a introdução do livro, Gerald Brittle alerta o leitor sobre o conteúdo de sua obra, ressaltando que a proposta do livro não são os fenômenos perturbadores e os estudos de caso, mas o que Ed e Lorraine Warren têm a dizer sobre espíritos e fenômenos sobrenaturais. O autor também afirma que o texto do livro foi revisado por dois exorcistas católicos romanos. Já o prefácio foi escrito pelo Reverendo John C. Hughes, o qual conheceu pessoalmente o casal de investigadores demonologistas.

"A aparência de um espírito depende inteiramente do modo como ele decide projetar a si mesmo, ou de como vê a si próprio em sua mente. É por isso que contatos com espíritos presos à terra nem sempre são eventos tranquilos, passivos. A tragédia vem em muitas formas, em geral acompanhada de violência, e os últimos pensamentos de um indivíduo tendem a dominar a mente do seu espírito após a morte física. Assim, via de regra, o fantasma se manifestará em um espetáculo grotesco, que representa o modo como ele morreu"Ed Warren

De forma breve, somos levados a conhecer um pouco do envolvimento dos Warren com um dos mais polêmicos casos paranormais dos Estados Unidos, o de Amityville, cujas opiniões sobre até que ponto realmente aconteceram manifestações sobrenaturais ou se não passaram de imaginação e fraude. Da história de como Ed e Lorraine se conheceram e o desenvolvimento de suas habilidades e conhecimentos e da participação deles em um programa com outros especialistas (com um viés científico e cético), Gerald Brittle amarrou diferentes eventos, de forma que desse para entender um pouco como é o mundo daqueles que deixaram suas marcas e ajudaram diversas famílias a lidarem com problemas, que muitos outros profissionais não souberam resolver.


Ao longo dos capítulos, à medida que vamos nos aventurando por alguns casos selecionados por Gerald Brittle, como o da boneca Annabelle que se movia sozinha, que machucou os envolvidos e que atualmente fica no museu do oculto dos Warren em Connecticut – que, em primeiro lugar, foi retratada no filme de terror Invocação do Mal e depois ganhou um filme próprio homônimo –, da garota que brinca com a tábua de Ouija, do poltergeist de Enfield – caso que inspirou o filme Invocação do Mal 2 – e outros em que famílias se veem ameaçadas por forças malignas e, muitas vezes, acabaram deixando este mal entrar por meio de conjurações.

"Os Warren não se consideram parapsicólogos, visto que existe uma diferença fundamental entre a parapsicologia e a demonologia. A parapsicologia não dá credibilidade ao sobrenatural, ao passo que a demonologia se ocupa apenas de eventos sobrenaturais. Embora o parapsicólogo e o demonologista possam investigar o mesmo caso, cada um tende a olhar para os fenômenos a partir de perspectivas completamente diferentes"Gerald Brittle

Ed Warren explica alguns termos relacionados à demonologia, bem como descreve os diferentes estágios da atividade demoníaca (infestação, opressão e possessão), sendo o último o mais intenso. A tábua de Ouija, que no Brasil seria equivalente ao jogo dos espíritos e brincadeira do copo ou do compasso, são invocações de espíritos que, segundo os Warren, acabam sendo uma porta de entrada para espíritos malignos, podendo ser um meio de infestação demoníaca, até passando por períodos de opressão, no qual essas criaturas espirituais podem fazer mal, tanto fisicamente quanto abalando o psicológico das vítimas. Quanto mais vulnerável a vítima, mais fácil ocorre a possessão de espíritos humanos ou inumanos (demônios).

Uma das coisas que mais me chamaram a atenção, além é claro das histórias dos Warren (mas eu já sabia, pois bem antes do livro ser lançado no Brasil, eu já havia pesquisado por curiosidade e para escrever para o blog, como as listas: 6 Filmes de Terror inspirados nos Casos Paranormais investigados por Ed e Lorraine Warren e 11 Livros sobre fenômenos paranormais investigados por Ed e Lorraine Warren), foi o registro fotográfico do caso Beckford, um ataque demoníaco que aconteceu em 1974. Nas fotos é possível conferir um pouco do estrago, como o cano elétrico que entortou, gavetas que abriam e fechavam sem parar, objetos que levitaram e foram destruídos.

Fica aqui a minha indicação de leitura para quem é curioso sobre estas questões espirituais. Vale a pena ressaltar que toda leitura é muito pessoal, mas é estranho quando vejo pessoas comparando narrativas de ficção com de não ficção e esperando mesmos efeitos – em Exorcismo, por exemplo, o jornalista Thomas B. Allen teve a intenção de relatar o caso, desmistificar o assunto, enquanto em O Exorcista, o autor William Peter Blatty quis transportar o leitor para dentro da narrativa de terror. Como eu ressaltei, não espere um prosa elaborada como em um livro de ficção de terror. Se a intenção de Gerald Brittle era contar a história de Ed e Lorraine Warren, suas experiências e visões sobre os fenômenos sobrenaturais, ele conseguiu fazer muito bem e me deixou com mais vontade ainda de visitar o Museu do Oculto e de aventurar por outros casos investigados pelos Warren – lembrando que existem outros livros sobre o casal. Um livro para quem sabe que independente de acreditar ou não, há fenômenos que fogem ao nosso controle.

Ficou curioso para saber como é o projeto gráfico do livro sobre Ed e Lorraine Warren? Assista ao vídeo!





Sobre o autor – Gerald Brittle é autor de obras de não ficção, com formação em literatura e psicologia, especializado em teologia mística. Além de Ed e Lorraine Warren: Demonologistas, publicado originalmente em 1980, é autor de The Devil in Connecticut (1983).

Confira o vídeo com algumas curiosidades sobre os investigadores paranormais, Ed e Lorraine Warren:



Sobre os Warren – Ed e Lorraine Warren passaram por experiências sobrenaturais na infância, em Connecticut. Tornaram-se namorados na época do colégio. No seu aniversário de 17 anos, Ed foi recrutado pela Marinha dos Estados Unidos para servir na Segunda Guerra Mundial. Alguns meses depois, seu navio afundou no Atlântico Norte e ele foi um dos poucos sobreviventes. Logo após, Ed e Lorraine casaram-se e tiveram uma filha.

Em 1952, Ed e Lorraine fundaram a Sociedade da Nova Inglaterra para Pesquisas Psíquicas, o mais antigo grupo de caça-fantasmas da região. De Amityville a Tóquio, eles se envolveram em milhares de investigações e exorcismos autorizados pela Igreja em todo o planeta. Dedicaram suas vidas e talentos extraordinários para ensinar os outros e combater as forças demoníacas onde quer que fossem chamados. Ed Warren falaceu em 2006.

*Este livro foi enviado pela editora DarkSide Books, parceira do Blog do Ben Oliveira, para que eu pudesse ler e resenhar para os leitores! 

No site da editora é possível conferir o áudio do caso do Poltergeist de Enfield!

E você, já leu Ed e Lorraine Warren: Demonologistas? Ficou curioso para ler? Comente!

9 comentários:

  1. Ben me indica músicas suas preferidas que eu possa ouvir! Bjos e abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paloma!
      Vou tentar fazer uma playlist em breve. Gosto de The Pierces, já ouviu? Tem uma aura meio mística e sombria.
      Beijos

      Excluir
    2. Isso faz por favor hehe! Já ouvi sim <3

      Excluir
  2. Olá Ben! Quero muito ler esse livro pois conheci o casal através dos filmes "Invocação do mal 1 e 2" e depois também assisti Anabelle. Todos eles foram muito bem produzidos e acho que Ed e Lorraine tiveram um grande destaque, o que me despertou a curiosidade quanto à vida do casal... adorei sua resenha, espero ler em breve!

    Grande abraço
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÂO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Roberta! Fico feliz que tenha gostado da resenha. Espero que goste do livro, caso venha a ler. Para quem é curioso, como eu, acredito que super vale a pena a leitura!
      Abraços. Gratidão pela visita!

      Excluir
  3. Muito super a fim de ler esse livro!!!! E olha que eu não sabia da existência do casal até ir num evento da darkside e ficar sabendo por lá...kkkkkkk. Daí eu louca para ler, me inscrevi em tudo que foi sorteio, maridão viu que eu estava "namorando" o livro e sem eu saber comprou! Com certeza minha próxima leitura ♥
    Super completa sua resenha, vc é um menino danado..♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renata!
      Poxa, que bom que você conheceu o livro. Depois conta se gostou. Ganhar livros é tão bom... Quando é da DarkSide Books, então ♥
      Obrigado por ler a resenha. Fico feliz que tenha gostado!
      Gratidão

      Excluir
  4. Adoraria conheçer o casal, Lorraine hoje será que continua a solo desvendando casos sobrenaturais ou já se aposentou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laisson!
      A Lorraine não atende mais, somente presta consultoria para os filmes. Imagino que pela idade e pela fragilidade também. Ser sensitivo pode ser bem intenso e consumir muita energia.
      Abraços

      Excluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram