Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Vídeo: Livros que ganhei do David Levithan

Nesta quarta-feira, 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBTQ, recebi um pacote de um dos meus escritores favoritos dos últimos tempos: David Levithan. Fiquei muito feliz e quis compartilhar com vocês a novidade.


Ficou curioso? Assista ao vídeo no meu canal do Youtube: 



Fiquei bastante emocionando com os presentes, principalmente com as dedicatórias. Significa bastante para mim. Quem acompanha minha jornada há anos, sabe que meus primeiros contos publicados foram de temática gay. O mercado editorial era bem fechado na época e algumas editoras brasileiras e internacionais ainda resistem na hora de publicar livros com personagens gays.

O sucesso de escritores como David Levithan é importante, pois mostra que além da mensagem importante e de dar visibilidade, também há potencial comercial. Os leitores querem narrativas com as quais possam se identificar, não somente através de personagens secundários.

Os livros que recebi:
  • You Know Me Well (David Levithan e Nina LaCour)
  • The Twelve Days of Dash & Lily (David Levithan e Rachel Cohn)
  • Another Day (David Levithan)
  • How They Met and other stories (David Levithan)

Compre os livros do David Levithan através deste link e ajude o blog a continuar crescendo: http://amzn.to/2tr5Txo

*O Blog do Ben Oliveira é associado da Amazon Brasil. A cada compra, o blog ganha um pequeno percentual do valor.

Resenhas de livros do David Levithan publicadas aqui no blog:

Recentemente indiquei o livro Todo Dia (Every Day) lá no canal do Youtube. David Levithan tem tudo a ver com esse mês do orgulho LGBTQ. Um autor que já deixou seu legado no universo das letras e veio para somar com suas histórias envolventes e tramas vão além do entretenimento e nos fazem refletir sobre a vida.


Inscreva-se e fique por dentro das novidades. Me acompanhe nas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/benoliveira/

Twitter: https://twitter.com/Ben_Oliveira

Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraautor/

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e do livro de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1), disponível no Wattpad. 

Comentários

Mais lidas da semana