Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Vídeo: 5 Motivos para ler Em Algum Lugar nas Estrelas (Clare Vanderpool)

Conforme havia prometido aqui no blog e no meu canal do YouTube no vídeo sobre A Diferença Invisível, eu iria ler mais livros com personagens e temática do universo do autismo e publicaria informações por aqui. Acredito que a arte e a literatura são uma ótima forma de entreter, levar conhecimento e proporcionar reflexões.


O vídeo da vez é sobre o livro Em Algum Lugar nas Estrelas (Navigating Early), escrito pela autora Clare Vanderpool, publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em 2016. Basicamente, é uma história sobre dois personagens adolescentes: Jackie (não-autista) e Early (Asperger, grau leve de autismo). Os dois partem em uma aventura repleta de mistérios, guiados pela inteligência do Early que é fissurado pelo número Pi e inventou uma história para contar a jornada dele.

No vídeo, eu citei cinco motivos para ler Em Algum Lugar nas Estrelas. Fica aqui a minha gratidão e também o meu parabéns à editora DarkSide Books, que além de publicar livros de temáticas que eu adoro, como Terror e Fantasia, também tem incluído em seu catálogo obras com personagens neurodiversos.

Assista ao vídeo Asperger Adolescente: 5 Motivos para ler em Algum Lugar nas Estrelas:




Inscreva-se no meu canal para ficar por dentro dos vídeos novos: https://www.youtube.com/channel/UCV1WEyo8MV0NCoiXI1MYJ-Q

Além de Em Algum Lugar nas Estrelas, a editora também já lançou O Menino Que Desenhava Monstros (Keith Donohue) – que tem personagem com Asperger e A Menina Submersa (Caitlín R. Kiernan) – narrado por uma esquizofrênica e o meu livro favorito publicado pela Caveirinha. Para quem não gosta de vídeos, logo vou publicar a resenha em texto aqui no blog.

Compre o livro Em Algum Lugar nas Estrelas (Clare Vanderpool): https://amzn.to/2KialUg

Compre os livros da editora DarkSide Books: https://amzn.to/2KhBxCx

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle. 

Comentários

Mais lidas da semana