Pular para o conteúdo principal

Destaques

Subdiagnóstico de autismo, números e incoerências

O brasileiro é muito individualista. Ao mesmo tempo que vejo pessoas reclamando que os números do Censo vão dar abaixo por causa dos subdiagnósticos de autismo, já vi muita gente acusando pessoas com laudo fingirem que eram autistas.


Como explicar a volatilidade? Nem tento entender o que se passa na mente do brasileiro.

Os discursos são sempre contraditórios. Por causa de polarização, todo mundo sai perdendo.

Já vi até gente dizendo que o laudo é só um papel. Se é só um papel, a pessoa, então, não precisa de um diagnóstico? Logo, por que ser contabilizada? Sejam mais coerentes nos discursos.

Incoerências dos brasileiros sobre subdiagnósticos:

– Já vi gente acusando autista de fingir, mesmo a pessoa tendo laudo;

– Já vi gente se posicionando contra diagnóstico precoce, achando que seria ruim, desconhecendo a questão da plasticidade cerebral;

– Já vi gente dizendo que autismo nem deveria ter CID;

– Já vi gente dizendo que o outro não é autista, só porque sabe argumentar e é diferente do …

Vídeo: 5 Motivos para ler Em Algum Lugar nas Estrelas (Clare Vanderpool)

Conforme havia prometido aqui no blog e no meu canal do YouTube no vídeo sobre A Diferença Invisível, eu iria ler mais livros com personagens e temática do universo do autismo e publicaria informações por aqui. Acredito que a arte e a literatura são uma ótima forma de entreter, levar conhecimento e proporcionar reflexões.


O vídeo da vez é sobre o livro Em Algum Lugar nas Estrelas (Navigating Early), escrito pela autora Clare Vanderpool, publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em 2016. Basicamente, é uma história sobre dois personagens adolescentes: Jackie (não-autista) e Early (Asperger, grau leve de autismo). Os dois partem em uma aventura repleta de mistérios, guiados pela inteligência do Early que é fissurado pelo número Pi e inventou uma história para contar a jornada dele.

No vídeo, eu citei cinco motivos para ler Em Algum Lugar nas Estrelas. Fica aqui a minha gratidão e também o meu parabéns à editora DarkSide Books, que além de publicar livros de temáticas que eu adoro, como Terror e Fantasia, também tem incluído em seu catálogo obras com personagens neurodiversos.

Assista ao vídeo Asperger Adolescente: 5 Motivos para ler em Algum Lugar nas Estrelas:




Inscreva-se no meu canal para ficar por dentro dos vídeos novos: https://www.youtube.com/channel/UCV1WEyo8MV0NCoiXI1MYJ-Q

Além de Em Algum Lugar nas Estrelas, a editora também já lançou O Menino Que Desenhava Monstros (Keith Donohue) – que tem personagem com Asperger e A Menina Submersa (Caitlín R. Kiernan) – narrado por uma esquizofrênica e o meu livro favorito publicado pela Caveirinha. Para quem não gosta de vídeos, logo vou publicar a resenha em texto aqui no blog.

Compre o livro Em Algum Lugar nas Estrelas (Clare Vanderpool): https://amzn.to/2KialUg

Compre os livros da editora DarkSide Books: https://amzn.to/2KhBxCx

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle. 

Comentários

Mais lidas da semana