Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Entre fofocas e intrigas

Aviso aos bonitos e bonitas que sempre jogam meu nome e dos colegas nos grupos de Facebook e WhatsApp: alguém de vocês sempre solta algo e de um jeito ou de outro, chega até mim.


Minha dica é: quer falar mal? Fala à vontade. Se quiser, eu falo junto. Não tenho vergonha de fazer autocrítica, aliás, recomendo a todos.

Agora, se me difamar e/ou queimar minha reputação, o bicho pega.

Nesta página, não trabalho com indiretas. Só com diretas mesmo.

Já disse que nem todo autista é bonzinho, né? 😈

Dica para os anjinhos e neurotípicos: Arranjem hobbies e outros hiperfocos, ocupem a cabeça com outras coisas que não sejam só esse mundinho de intrigas do autismo.

Um grande filósofo pós-moderno, Benstein Oliveira disse que a fofoca viaja à velocidade da luz e que ela vem de todos cantos e cores do autismo. Nem WhatsApp eu uso, mas as conversas de lá sempre chegam aqui. Por que será, gente?

Formado em Harvard na arte das fofocas chegarem até mim. Parece que sou ímã para embuste.


Para os trolls que…

Resenha: Amor Líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos – Zygmunt Bauman

Comecei a ler hoje o livro Amor Líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos, escrito pelo sociólogo polonês Zygmunt Bauman, e não consegui mais parar de ler. Na obra o autor trata sobre o amor líquido e as inseguranças dos relaciomanentos nos tempos atuais.

Segundo o sociólogo, os homens não têm mais mais vínculos e sentem a necessidade de se conectarem com outros indivíduos, porém ao mesmo tempo em que tentam se prender, estes laços são "frouxamente atados" para que eles possam ser desfeitos quando o cenário mudar.

Bauman explica que os seres humanos estão desesperados para relacionar-se, mas ficam desconfiados de estarem ligados, principalmente quando se trata de algo "permanentemente", pois podem trazer tensões desnecessárias. "Em nosso mundo de furiosa “individualização”, os relacionamentos são bênçãos ambíguas. Oscilam entre o sonho e o pesadelo, e não há como determinar quando um se transforma no outro" (BAUMAN, 2004).

Ainda de acordo com Bauman, os relacionamentos são uns dos principais motivos de procura por aconselhamento. As pessoas procuram encontrar soluções mágicas, como aproveitar os bons momentos evitando os tempos amargos, como descreve o sociólogo: "comer o bolo e ao mesmo tempo conservá-lo" (BAUMAN, 2004). Estes aconselhamentos também são vistos nos jornais quando as pessoas escrevem pedindo a opinião de especialistas, e as pessoas aprendem com a experiência de outros leitores. Só que para o sociólogo, às vezes, essas opiniões mais atrapalham do que ajudam.

Sobre a questão dos relacionamentos no mundo moderno líquido, o sociólogo Zygmunt Bauman deixa uma reflexão a respeito se as pessoas realmente querem o que dizem - estabelecerem um relacionamento ou querem saber como terminá-lo sem dor e com a consciência limpa?

Nos tempos atuais, o termo "relacionar-se" foi substituído por "conectar-se" e tal qual aparecem numa velocidade crescente e em volume maior, e caso algo dê errado, a pessoa tem sempre a opção de 'deletar' esses relacionamento.

Entender e refletir sobre a pós-modernidade e suas consequências nos relacionamentos é importante tanto como profissional da imprensa, quanto como pessoa. O livro de Zygmunt Bauman orienta o ser humano em tempos perdidos a encontrar respostas para perguntas não feitas, mas necessárias.

Leia também: Sobre celulares e amores líquidos

Relacionamentos em tempos pós-modernos

Amores de plástico

Sobre Amores e Calças Jeans

Comentários

  1. Oi adorei sua resenha....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana