Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Resenha: Amor Líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos – Zygmunt Bauman

Comecei a ler hoje o livro Amor Líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos, escrito pelo sociólogo polonês Zygmunt Bauman, e não consegui mais parar de ler. Na obra o autor trata sobre o amor líquido e as inseguranças dos relaciomanentos nos tempos atuais.

Segundo o sociólogo, os homens não têm mais mais vínculos e sentem a necessidade de se conectarem com outros indivíduos, porém ao mesmo tempo em que tentam se prender, estes laços são "frouxamente atados" para que eles possam ser desfeitos quando o cenário mudar.

Bauman explica que os seres humanos estão desesperados para relacionar-se, mas ficam desconfiados de estarem ligados, principalmente quando se trata de algo "permanentemente", pois podem trazer tensões desnecessárias. "Em nosso mundo de furiosa “individualização”, os relacionamentos são bênçãos ambíguas. Oscilam entre o sonho e o pesadelo, e não há como determinar quando um se transforma no outro" (BAUMAN, 2004).

Ainda de acordo com Bauman, os relacionamentos são uns dos principais motivos de procura por aconselhamento. As pessoas procuram encontrar soluções mágicas, como aproveitar os bons momentos evitando os tempos amargos, como descreve o sociólogo: "comer o bolo e ao mesmo tempo conservá-lo" (BAUMAN, 2004). Estes aconselhamentos também são vistos nos jornais quando as pessoas escrevem pedindo a opinião de especialistas, e as pessoas aprendem com a experiência de outros leitores. Só que para o sociólogo, às vezes, essas opiniões mais atrapalham do que ajudam.

Sobre a questão dos relacionamentos no mundo moderno líquido, o sociólogo Zygmunt Bauman deixa uma reflexão a respeito se as pessoas realmente querem o que dizem - estabelecerem um relacionamento ou querem saber como terminá-lo sem dor e com a consciência limpa?

Nos tempos atuais, o termo "relacionar-se" foi substituído por "conectar-se" e tal qual aparecem numa velocidade crescente e em volume maior, e caso algo dê errado, a pessoa tem sempre a opção de 'deletar' esses relacionamento.

Entender e refletir sobre a pós-modernidade e suas consequências nos relacionamentos é importante tanto como profissional da imprensa, quanto como pessoa. O livro de Zygmunt Bauman orienta o ser humano em tempos perdidos a encontrar respostas para perguntas não feitas, mas necessárias.

Leia também: Sobre celulares e amores líquidos

Relacionamentos em tempos pós-modernos

Amores de plástico

Sobre Amores e Calças Jeans

Comentários

  1. Oi adorei sua resenha....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana