Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Resenha: Lipstick Jungle (Selva de Batom) – Candace Bushnell

Lipstick Jungle ou Selva de Batom foi escrito por Candace Bushnell, a mesma autora dos livros Sex and the City e The Carrie Diaries. A obra conta a história de três mulheres poderosas de Nova Iorque, Wendy, Nico e Victory, cada uma trabalhando em um ramo diferente, com os seus dramas do cotidiano e problemas com homens.

Wendy é presidente de uma empresa cinematográfica. Seu sonho é ver o roteiro de um filme ganhar vida e ficar pronto depois de anos, para concorrer ao Oscar. Com o cargo que possui, a mulher é viciada em trabalho, o que acaba atrapalhando a relação com sua família. O marido de Wendy, Shane deixou de trabalhar para cuidar dos três filhos do casal. Insatisfeito com o casamento, Shane pede o divórcio para Wendy que tenta não deixar os seus problemas pessoais afetarem sua profissão.

Nico é a editora chefe de uma revista. Apesar de ter orgulho do seu próprio trabalho e ganhar bem, a mulher deseja mais. Além de fazer de tudo para pegar o emprego do seu chefe, Nico também enfrenta problemas no seu casamento, como a frigidez do marido e acaba tendo um caso com um modelo de cuecas, Kirby, desfrutando escondida dos prazeres carnais. Nico tem uma filha adolescente.

Victory é uma designer de moda. Das três mulheres, ela é a única solteira da turma e sem filhos. Victory sonha em fazer cada vez mais sucesso com suas coleções. Seus principais dramas estão relacionados à rejeição de algumas peças desenhadas e ao desejo de conseguir parcerias para que sua grife seja comprada pelo mundo. Poderosa e solitária, Victory também tem problema com os homens e se encanta pelo bilionário Lyne.

Além das três mulheres serem poderosas e amigas, elas compartilham o desejo pelo sucesso e o de não deixarem os homens se colocarem acima delas. Com personalidades fortes, Wendy, Victory e Nico são invejadas e incompreendidas pelos homens.

Para quem gostava de assistir Sex and The City, o livro mostra três personagens mais maduras, porém os problemas são parecidos, como os dramas relacionados às mulheres no mercado de trabalho e relacionamento com homens.

Os livros de Candace Bushnell costumam ser feministas, com personagens que não dependem dos homens para serem felizes, porém que sabem reconhecer a importância de estar ao lado da pessoa certa. Comparado com o livro de Sex and the City, que foi baseado nas colunas de Candace, Lipstick Jungle tem mais ação, mais drama e mais envolvimento do leitor. Diferente de SATC, onde são comentados personagens aleatórios, Selva de Batom se foca na vida das protagonistas. Sex and the City é um ótimo exemplo de seriado que é melhores do que seu livro.

A narrativa em alguns momentos mostra todos os protagonistas nas mesmas cenas e nas outras é intercalada, mostrando os núcleos de cada uma das personagens, tornando a leitura mais gostosa e prendendo o leitor e o deixando com curiosidade.

Já li quatro livros da Candace Bushnell: Sex and the City, Lipstick Jungle, Os Diários de Carrie, O Verão e a Cidade, agora estou curioso para comprar os que não tenho: One Fifth Avenue, Trading Up e Four Blondes.
Cartaz da série Lipstick Jungle, inspirada no livro homônimo escrito por Candace Bushnell.

Li o livro em inglês mesmo, em sua versão pocket do livro. Foi uma ótima maneira de praticar o meu inglês, lendo algo que me interessa. Há anos antes de ler o livro, também assisti o seriado homônimo Lipstick Jungle transmitido entre 2008 e 2009, pela NBC, com apenas duas temporadas, estrelado por Brooke Shields, Kim Raver, Lindsay Price, Paul Blackthorne, Robert Buckley e Andrew McCarthy.

Comentários

Mais lidas da semana