Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Os Criadores de Coincidências – Yoav Blum

E se nada fosse mero acaso e operários invisíveis atuassem para gerar mudanças nas vidas das pessoas? Assim é a premissa do livro Os Criadores de Coincidências, do autor Yoav Blum, publicado no Brasil, em 2017, pela Editora Planeta, com tradução de Fal Azevedo.


Compre o livro Os Criadores de Coincidências (Yoav Blum): https://amzn.to/2KNfxBT

O romance narra o trabalho de três criadores de coincidências: Emily, Eric e Guy. Intercalando um pouco das vivências profissionais de cada um deles e das missões que tiveram que cumprir, relacionando com alguns dos seus dilemas pessoais.

“É estranho, pensou ela, como somos capazes de transformar uma coisa específica em algo que passa a guiar toda a nossa vida, e como nos convencemos de que, se não tivermos essa coisa, nada mais vai fazer sentido. E é ainda mais estranho como nos acostumamos rápido ao exato oposto” – Yoav Blum, Os Criadores de Coincidências
Longe de ser uma narrativa linear, o leitor é jogado para várias histórias que se amarram pel…

Resenha: Lipstick Jungle (Selva de Batom) – Candace Bushnell

Lipstick Jungle ou Selva de Batom foi escrito por Candace Bushnell, a mesma autora dos livros Sex and the City e The Carrie Diaries. A obra conta a história de três mulheres poderosas de Nova Iorque, Wendy, Nico e Victory, cada uma trabalhando em um ramo diferente, com os seus dramas do cotidiano e problemas com homens.

Wendy é presidente de uma empresa cinematográfica. Seu sonho é ver o roteiro de um filme ganhar vida e ficar pronto depois de anos, para concorrer ao Oscar. Com o cargo que possui, a mulher é viciada em trabalho, o que acaba atrapalhando a relação com sua família. O marido de Wendy, Shane deixou de trabalhar para cuidar dos três filhos do casal. Insatisfeito com o casamento, Shane pede o divórcio para Wendy que tenta não deixar os seus problemas pessoais afetarem sua profissão.

Nico é a editora chefe de uma revista. Apesar de ter orgulho do seu próprio trabalho e ganhar bem, a mulher deseja mais. Além de fazer de tudo para pegar o emprego do seu chefe, Nico também enfrenta problemas no seu casamento, como a frigidez do marido e acaba tendo um caso com um modelo de cuecas, Kirby, desfrutando escondida dos prazeres carnais. Nico tem uma filha adolescente.

Victory é uma designer de moda. Das três mulheres, ela é a única solteira da turma e sem filhos. Victory sonha em fazer cada vez mais sucesso com suas coleções. Seus principais dramas estão relacionados à rejeição de algumas peças desenhadas e ao desejo de conseguir parcerias para que sua grife seja comprada pelo mundo. Poderosa e solitária, Victory também tem problema com os homens e se encanta pelo bilionário Lyne.

Além das três mulheres serem poderosas e amigas, elas compartilham o desejo pelo sucesso e o de não deixarem os homens se colocarem acima delas. Com personalidades fortes, Wendy, Victory e Nico são invejadas e incompreendidas pelos homens.

Para quem gostava de assistir Sex and The City, o livro mostra três personagens mais maduras, porém os problemas são parecidos, como os dramas relacionados às mulheres no mercado de trabalho e relacionamento com homens.

Os livros de Candace Bushnell costumam ser feministas, com personagens que não dependem dos homens para serem felizes, porém que sabem reconhecer a importância de estar ao lado da pessoa certa. Comparado com o livro de Sex and the City, que foi baseado nas colunas de Candace, Lipstick Jungle tem mais ação, mais drama e mais envolvimento do leitor. Diferente de SATC, onde são comentados personagens aleatórios, Selva de Batom se foca na vida das protagonistas. Sex and the City é um ótimo exemplo de seriado que é melhores do que seu livro.

A narrativa em alguns momentos mostra todos os protagonistas nas mesmas cenas e nas outras é intercalada, mostrando os núcleos de cada uma das personagens, tornando a leitura mais gostosa e prendendo o leitor e o deixando com curiosidade.

Já li quatro livros da Candace Bushnell: Sex and the City, Lipstick Jungle, Os Diários de Carrie, O Verão e a Cidade, agora estou curioso para comprar os que não tenho: One Fifth Avenue, Trading Up e Four Blondes.
Cartaz da série Lipstick Jungle, inspirada no livro homônimo escrito por Candace Bushnell.

Li o livro em inglês mesmo, em sua versão pocket do livro. Foi uma ótima maneira de praticar o meu inglês, lendo algo que me interessa. Há anos antes de ler o livro, também assisti o seriado homônimo Lipstick Jungle transmitido entre 2008 e 2009, pela NBC, com apenas duas temporadas, estrelado por Brooke Shields, Kim Raver, Lindsay Price, Paul Blackthorne, Robert Buckley e Andrew McCarthy.

Comentários

Mais lidas da semana