Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Entrevista sobre Andross Editora com o escritor Edson Rosatto

O escritor Edson Rosatto foi entrevistado por Celia Coev, no programa Talk Show, e contou sobre o trabalho realizado na Andross Editora, onde os autores iniciantes podem enviar seus textos e participarem de antologias literárias de contos, crônicas e poemas sobre diversos temas.

Na entrevista o escritor falou sobre sua função como editor e a importância da revisão. A Andross Editora existe há 10 anos e tem ajudado escritores a verem suas histórias publicadas. Ele dá como exemplo o livro Mentes Inquietas – Contos Sobrenaturais, de Suspense e de Terror.

Edson Rosatto comenta que alguns autores depois que são publicados param de publicar, há os que participam sempre e os que decidem produzir seus próprios livros depois de obter experiência com as antologias.

Questionado sobre o papel de viajar dos livros, Edson Rosatto também falou sobre a importância dos escritores viajarem de verdade para obter conhecimento e construírem suas próprias opiniões e referências.

Para quem deseja participar das antologias, Edson comentou sobre as que estão recebendo textos até o dia 28 de fevereiro. São elas: Xeque-Mate – Contos Policiais; Amor nas Entrelinhas – Contos de Amor em Forma de Cartas; Aquarela – Contos e Crônicas de Tema Livre; Horas Sombrias – Contos Sobrenaturais, de Suspense e de Terror; Fractais da Alma – Antologia de Poemas; e Utopia – Contos Fantásticos.

Confira a entrevista com Edson Rosatto sobre a Andross Editora:

Comentários

Mais lidas da semana