quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Revenge: 10 Dicas de Como Escrever um Livro de Mistério

Acabei de terminar de assistir a 3ª temporada de Revenge e cheguei a conclusão de que a série dá uma ótima lição para escritores iniciantes de como escrever um livro de mistério. Basta prestar atenção no roteiro do seriado, para perceber que a história consegue prender o espectador a cada episódio, do início ao final, fazendo-o se envolver emocionalmente com os personagens, surpreendendo-o com as reviravoltas e ou proporcionando-o a dose certa de catarse.


Quem acha que a única maneira de aprender mais sobre a escrita de ficção é com os livros, está enganado. Sabendo analisar diferentes narrativas criadas para vários formatos, como filmes, séries, histórias em quadrinhos, novelas, o escritor pode tirar boas ideias, saber o que comove o espectador e descobrir como usar esses elementos a seu favor.

Confira 10 dicas que Revenge me ensinou sobre Como escrever um livro de mistério:

1- Motivação

O protagonista precisa ter uma motivação forte. Quem é Emily Thorne? Quem é Amanda Clarke? A garotinha que cresceu sem o pai, teve sua infância e adolescência destruídas e voltou para se vingar de todas as pessoas envolvidas na prisão de seu pai, David Clarke. Quando a justiça falhou, Amanda decidiu fazer os seus inimigos pagarem o preço.

2- Contrastes

A personagem que era boazinha passou por um treinamento para ser capaz de alcançar seus inimigos, descobrir a verdade sobre o passado e atingi-los. A pureza e inocência de Amanda se contrastam com a sua nova identidade vingativa e fria de Emily. Aliás, o seu novo sobrenome é sugestivo, já que Thorne lembra a palavra “thorn”, que significa espinho, aflição, problema. O mesmo contraste pode ser sentido nos antagonistas, que por mais terríveis que sejam, também comovem o espectador.

3- Aliados

A jornada do herói precisa ser acompanhada por bons aliados. Nolan Ross é o braço direito de Emily Thorne, embora ele não seja tão hábil quanto Aiden, com quem a personagem compartilhou parte de sua vida no treinamento. No caso da protagonista, além dos amigos que conhecem o seu passado e sua missão, ela também tem o próprio corpo e mente como seus aliados.

4- Inimigos

Conheça quem são os seus inimigos. Os antagonistas principais de Revenge são Conrad e Victoria Grayson. Ao longo das 3 temporadas de Revenge, o espectador foi descobrindo aos poucos o motivo de tanta raiva de Emily pela família Grayson e quem foram as outras pessoas envolvidas na prisão de seu pai. Na jornada da vingança vale até mesmo dormir com o inimigo, literalmente, como a protagonista fez para se aproximar de Daniel Grayson, para destruí-los de dentro para fora. Um inimigo interior da protagonista talvez seja o seu orgulho.

5- Reviravoltas

Que espectador (ou leitor) não gosta de uma boa reviravolta no enredo? Revenge têm tantos plot twists que é preciso se segurar para não ficar tonto. Quando você acha que a protagonista está próxima do fim da sua vingança, acontece uma coisa que faz o espectador ficar tão chocado, e forçando Emily a ser rápida e elaborar outros planos.


6- Pontas Soltas

Sabe aquele personagem que apareceu na primeira temporada e você nem se lembrava dele? De repente, ele está de volta na terceira temporada! Histórias de mistério (filmes de suspense, romances policiais) têm essa capacidade de resgatar um personagem e surpreender o espectador com sua reaparição. As pontas soltas vão sendo amarradas aos poucos, envolvendo cada vez mais quem está acompanhando a narrativa. Por mais que demore, é importante dar uma função a esses personagens secundários, caso contrário é melhor cortá-los da história.

7- Romance

Um pouco de romance não tirará o foco do mistério de sua história, pelo contrário, irá ajudar o espectador a se envolver com os seus personagens, aumentando mais ainda a identificação. Emily, por exemplo, quando era mais nova era apaixonada por Jack Porter, seu primeiro amor; Namorou Daniel Grayson, um dos meios para alcançar os seus fins e começou a amar Aiden, relacionamento com idas e vindas e que proporciona um bom clímax no final da 3ª temporada de Revenge.

8- Mortes

Pode me chamar de escritor mórbido se quiser, mas acredito que em um bom livro de mistério não pode faltar mortes. No início da série, o espectador descobre que o pai de Amanda, David Clarke está morto. Na jornada da vingança muitas pessoas acabam morrendo para abafarem segredos do passado! Não pode ser a morte de qualquer um, tem que ser a de personagens com quem o espectador estava tão acostumado a acompanhar, a ponto de chocá-lo e emocioná-lo. Matar um desconhecido não vai causar nenhum impacto no espectador; já quando a melhor amiga da protagonista morre, torna-se difícil segurar as lágrimas!

9- Revelações

Os segredos não podem ficar para sempre enterrados e aos poucos começam a ser revelados, seja intencionalmente ou não. Um dos momentos mais emocionantes de Revenge, para mim, foi quando Emily revelou ao Jack que ela era Amanda Clarke. Os próprios inimigos vão revelando coisas que ninguém imaginava, alguns elementos do passado que fazem o espectador sentir pena ou odiar mais ainda os vilões.

10- Catarse

Depois de muito esforço da protagonista para se vingar, algumas recompensas são colhidas e é impossível não se emocionar. O espectador está tão envolvido com o personagem que é quase como se ele tivesse vencido aquela vitória junto, como se aquela fosse a recompensa dele, o momento mais esperado de todos! Porém, quando se tratam de seriados ou uma série de livros de suspense, quando você está – com o rosto cheio de lágrimas e sorrisos – pensando que a história está perto do fim, acontece mais uma reviravolta, te deixando ansioso (ou morto de curiosidade) para saber o que vem pela frente.


Esses elementos são básicos e estão presentes em diversos seriados, livros, filmes... O segredo do sucesso de Revenge está no planejamento do seu roteiro. Na hora de começar a planejar o seu livro, se você definir alguns desses pontos ficará bem mais fácil, do que reler a história e perceber que ela está fraca, os personagens não são consistentes, o leitor não se comoverá e você poderia ter gastado mais tempo pensando no desenvolvimento da história, antes de começar a escrevê-la.

Algumas recomendações de livros para quem deseja aprender mais sobre a arte da ficção e como escrever um livro:

Resenha: O Sucesso de Escrever – Albert Paul Dahoui

eBook do Curso: Escrevendo Ficção (Gotham Writer's Workshop)

Ebook Grátis: Desbloqueio Criativo: Como Soltar a Imaginação – Ronize Aline

Guia de Primeiros Socorros para o Escritor Iniciante – Cristina Lasaitis

Ebook: 7 Coisas que Aprendi – 58 Escritores Contam Experiências e Dicas Sobre a Profissão

*A 4ª temporada de Revenge estreia em setembro de 2014!

2 comentários:

  1. Olá tudo bem?
    Gostaria de convidá-lo a seguir meu blog! Se vc quiser retribuo com o maior prazer!
    http://dannysoares18.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Danny! Obrigado pela visita ;-)
      Volte sempre...

      Excluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram