Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Entre fofocas e intrigas

Aviso aos bonitos e bonitas que sempre jogam meu nome e dos colegas nos grupos de Facebook e WhatsApp: alguém de vocês sempre solta algo e de um jeito ou de outro, chega até mim.


Minha dica é: quer falar mal? Fala à vontade. Se quiser, eu falo junto. Não tenho vergonha de fazer autocrítica, aliás, recomendo a todos.

Agora, se me difamar e/ou queimar minha reputação, o bicho pega.

Nesta página, não trabalho com indiretas. Só com diretas mesmo.

Já disse que nem todo autista é bonzinho, né? 😈

Dica para os anjinhos e neurotípicos: Arranjem hobbies e outros hiperfocos, ocupem a cabeça com outras coisas que não sejam só esse mundinho de intrigas do autismo.

Um grande filósofo pós-moderno, Benstein Oliveira disse que a fofoca viaja à velocidade da luz e que ela vem de todos cantos e cores do autismo. Nem WhatsApp eu uso, mas as conversas de lá sempre chegam aqui. Por que será, gente?

Formado em Harvard na arte das fofocas chegarem até mim. Parece que sou ímã para embuste.


Para os trolls que…

Leituras de Junho – 2015

Depois de dois meses de fadiga mental de tanto material que eu tinha para estudar e, literalmente, quase desmaiar... Junho foi um mês mais calmo e tive tempo para compensar a falta que estava sentindo de me jogar na leitura. Foram 17 livros lidos. Confira abaixo a lista de leituras de junho:


Tudo Está no Éter: Independe do que você pensa, aceita ou quer (José Augusto Lopes Sobrinho)

O Demônio da Teoria: Literatura e Senso Comum (Antoine Compagnon)

Coisas Bem Legais Para Ser Muito Feliz (Mr. Wonderful)

Os Devaneios do Caminhante Solitário (Jean-Jacques Rousseau)

Fábulas (Esopo)

Discurso e (Des)Igualdade Social  (Glaucia Proença Lara e Rita Pacheco Limberti)

Triângulo das Águas (Caio Fernando Abreu)

Simplesmente Acontece  (Cecelia Ahern)

Adultérios (Woody Allen)

Fragmentos (Caio Fernando Abreu)

Contos da Realidade (P. J. Cardoso)

Theus: Do fogo à busca de si mesmo (Fabrício Viana)

Quatro Estações (Stephen King)

A Autoestrada (Stephen King)

Natasha (Flavia Andrade)

Fingidores (Rodrigo Rosp)

Monstros Fora do Armário (Flavio Torres)  

Muitos dos livros lidos não foram resenhados para o blog: dos 17, somente 4 foram resenhados... Quem sabe futuramente eu releia alguns deles e preparar algo ou, pelo menos, recomendo as obras em listas literárias. Destaque para Natasha que foi escrito pela minha colega de sala, a escritora Flavia Andrade. Fizemos uma troca de livros... Ela ficou com um exemplar do livro Remetente N.15.

Comentários

Mais lidas da semana