Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Quando As Luzes Se Apagam 2: Filme de terror foi confirmado por produtora de cinema

O filme de terror Quando As Luzes Se Apagam 2 (Lights Out 2) foi confirmado pela New Line Cinema, produtora norte-americana. O primeiro filme, dirigido pelo diretor cinematográfico sueco David F. Sandberg, foi produzido com um orçamento de aproximadamente US$ 4.900.000. Segundo informações do IMDB, no fim de semana de estreia de Quando As Luzes se Apagam nos cinemas norte-americanos, o filme faturou mais de 21 milhões de dólares e até setembro de 2016 já havia arrecadado mais de 67 milhões de dólares, somente nos Estados Unidos.


David F. Sandberg tem uma história interessante de como chegou até Hollywood e ganhou destaque na mídia. Antes de dirigir o filme Quando As Luzes Se Apagam, ele dirigiu um curta-metragem homônimo em 2013, que contou com a participação de sua esposa, a atriz Lotta Losten.

O curta de terror foi enviado para um concurso de filmes no Reino Unido, em 2014, e apesar de não ter ganhado como Melhor Filme, David F. Sandberg recebeu o prêmio de Melhor Diretor e o vídeo publicado no Youtube viralizou. O sucesso de Lights Out foi tanto, que ele foi convidado para um encontro com executivos de um estúdio de cinema.

Além de dirigir a sequência de Quando As Luzes Se Apagam (Lights Out 2) que também deverá conter com o roteiro de Eric Heisserer (mesmo roteiro do primeiro filme), David F. Sandberg dirigiu o filme de terror Annabelle 2, a continuação do spin-off da boneca amaldiçoada que apareceu, pela primeira vez, em Invocação do Mal (The Conjuring) – filme inspirado nos casos sobrenaturais investigados pelo demonologista Ed Warren e sua esposa, a clarividente Lorraine Warren.

Produzido por James Wan, quando As Luzes se Apagam conta a história de Rebecca (Teresa Palmer), a irmã mais velha de um garotinho, Martin (Gabriel Bateman) que está tendo os mesmos problemas que ela tinha na infância: quando as luzes se apagavam, ela acreditava ser perseguida pela sombra de uma mulher. Juntos eles descobrem que a aparição sobrenatural está ligada à mãe deles, Sophie (Maria Bello) e Rebecca começa a investigar o caso.

Assista ao trailer de Quando As Luzes Se Apagam:



Antes de ser convidado para ser diretor do filme Quando As Luzes Se Apagam, David Sandberg era um animador freelancer e criador de documentários e curta-metragens. Ficou curioso em conhecer mais sobre outros filmes gravados pelo David F. Sandberg? Conheça o canal de vídeos no Youtube dele: https://www.youtube.com/user/ponysmasher/ 

Leia também: Amityville: O Despertar: Novo filme de terror sobre a casa mal-assombrada estreia em 2017  

Gostou da novidade? Compartilhe!
***
Ajude o blog a crescer. Inscreva-se no canal e não deixe de conferir os vídeos. Assista ao último vídeo publicado no canal.

Comentários

Mais lidas da semana