Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Candyman – Clive Barker

Um presente para os leitores de Clive Barker, assim é a edição para colecionadores de Candyman, publicada pela editora DarkSide Books, em janeiro de 2019, com tradução de Eduardo Alves e posfácio de Carlos Primati.


Encontre o livro Candyman (Clive Barker): https://amzn.to/2ZdA32y

Candyman (The Forbidden) é um conto, portanto a leitura é enxuta, mas envolvente, e transporta o leitor para o clima de lendas urbanas. Embora já não sejam mais comuns na tradição oral e tenham ganhado o ambiente virtual, histórias sobre acontecimentos assustadores e questionáveis fazem parte da existência humana.

Com uma atmosfera sombria e mais urbana, Clive Barker leva o leitor ao gueto, onde a violência e a criminalidade por si só já contrastam com a realidade de outros bairros da cidade e acabam tão banalizadas que a história faz a personagem principal, Helen, se interessar pelo caso contado por uma das moradoras.

“E as histórias que contaram para ela – seriam confissões de crimes não cometidos, relatos do …

Como fazer sorteio no Facebook

Texto: Ben Oliveira

Você sabe qual é a melhor maneira de criar sorteios e concursos culturais no Facebook? Quando se tratam dessas estratégias de Marketing utilizadas em uma das mais visitadas mídias sociais do Brasil e do mundo, é preciso prestar atenção a algumas regras estabelecidas dentro da própria rede social.

Milhares de páginas do Facebook ou Fan Pages, o termo utilizado para descrevê-las, criam e compartilham sorteios diariamente para os usuários participarem, porém colocam algumas regras de participação que não são permitidas, segundo as regras de uso do Facebook.

O que os donos das páginas no Facebook não sabem é que a maioria das práticas feitas não são permitidas, como explica bem Thalita Duarte, da Agência Conversion, no post 'Como fazer sorteios e concursos culturais no Facebook', texto publicado no dia 27 de março de 2013.

Entre as práticas que não são permitidas estão pedir para os usuários compartilharem o post, deixar comentários, marcar amigos, postar conteúdo para concorrer, check-in, entre outras ações constantes.

Assim como quando se trata de SEO (Search Engine Optimization ou Otimização de Mecanismo de Busca) existem o Black Hat e White Hat, práticas permitidas e proibidas para atrair visitantes e melhorar o posicionamento de um site ou blog, segundo as Diretrizes do Google, quando se trata de Facebook ou qualquer outra ferramenta social, também é preciso respeitar as regras.

Além de abordar as regras de uso do Facebook, no post da Conversion, a autora do texto explica a importância de se definir o objetivo do sorteio ou concurso cultural, o que fazer para ganhar mais visibilidade e conseguir mais likes (curtidas), como atingir público qualificado e alguns aplicativos de sorteios para Facebook.

Antes de criar um sorteio, portanto é preciso estar atento às políticas do Facebook. Se você quer promover um sorteio ou concurso cultural, recomendo a leitura do artigo e também dos Termos de páginas do Facebook.

Ficou curioso? Confira: Como fazer sorteios e concursos culturais no Facebook 

Comentários

  1. Oie, tenho uma página no face (http://www.facebook.com/sweetbrecho) e quero fazer um sorteiro de Dia dos Namorados, porém eu vi um que a pessoa precisa primeiro CURTIR a página para depois votar nos participantes do sorteio.
    Vc saberia me auxiliar em como consigo fazer esse sorteio???
    Obg, Gabriele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Gueibs!
      Para participar dos sorteios, o usuário precisa ter curtido a página, é uma maneira encontrada pela ferramenta para obter as informações de cada um dos usuários.
      Nada impede que você estimule as pessoas a curtirem a página, afinal, isto é natural. O que o Facebook não concorda, mas muitas pessoas não respeitam, são as ações 'obrigatórias' para participação, como obrigar a compartilhar ou a comentar.

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana