Pular para o conteúdo principal

Destaques

Passarinha: Livro sobre garota autista e seu pai lidando com o luto

Uma garota pré-adolescente no espectro autista (Síndrome de Asperger) chamada Caitlin perde o irmão em um tiroteio na escola e, além da dificuldade de entender e ser entendida pelos outros no colégio, ela tenta ajudar o pai a superar a morte de Devon. Assim é a trama do livro Passarinha (Mockingbird), da escritoraKathryn Erskine, publicado no Brasil pela Editora Valentina, em 2013.

Compre o livro Passarinha (Kathryn Erskine): https://amzn.to/2RV5PSt

Acredito muito no poder da literatura de entreter, informar e conscientizar sobre temas que nem sempre são abordados de forma suficiente na mídia ou que não são tão humanizados – a ficção ajuda com a empatia. Livros como Passarinha, A Diferença Invisível e Em Algum Lugar nas Estrelas deveriam ser trabalhados em salas de aula, levando em conta questões que vão além da literatura e ajudam na reflexão sobre inclusão social, amizade e relacionamentos de pessoas no espectro autista.

Narrado em primeira pessoa pela Caitlin, o livro Passarinha to…

Publicitário Tadeu Braga deu dicas para alunos de Comunicação Social da UCDB

O publicitário da Agência Re9 Ideias (Renove Ideias), ex-professor de graduação e atualmente professor de Pós-Graduação na UCDB, Tadeu Braga visitou a Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande (MS), na manhã desta terça-feira, 27 de agosto de 2013, para ministrar uma palestra sobre o que faz o publicitário e conversar com os acadêmicos de Comunicação Social com habilitações em Jornalismo e em Publicidade e Propaganda.

Publicitário foi convidado para conversar com os alunos sobre sua profissão. Foto: Ben Oliveira.
Tadeu conta que quando começou o curso recordou que gostava de fazer frases de camisetas e exercer a criatividade. Apesar de não saber desenhar, Tadeu Braga falou que nos trabalhos da graduação ele gostava de ver sua ideia ser bem exposta de maneira clara. “Não associem não saber desenhar com a direção de arte. Uma coisa importante é você saber quem faz, delegar um pessoa boa para fazer, ter noção e ter referência para orientar”, ensina o publicitário.

Com as facilidades da internet e ferramentas virtuais como o Youtube, por exemplo, o publicitário recomendou aos alunos aproveitarem, pois é possível encontrar vários vídeos tutoriais ensinando a usar os programas de criação, edição e manipulação de imagens. Além dos tutoriais disponíveis em vídeos e páginas da internet, Tadeu também aconselhou aos alunos participarem dos cursos de extensão oferecidos na universidade. “Isto vai ajudar vocês para o resto da carreira”, afirmou o palestrante.

Tadeu foi professor da UCDB durante dois anos. Foto: Ben Oliveira.
Durante a palestra ministrada aos acadêmicos de Comunicação Social, Tadeu falou sobre a importância da Agência Junior – na UCDB, os alunos podem estagiar na Agência Mais Comunicação. "A Agência Junior, no início da minha faculdade, mudou a minha carreira. Além de ter uma chance de exercitar, foi ali que eu fiz o meu primeiro networking – isto muda a forma de você ver o mercado”, declarou. Para quem teme ficar fora do mercado de trabalho, o profissional contou que ter bons contatos pode fazer toda a diferença, principalmente para quem participa das agências da universidade e se aproximam dos orientadores. “Se puderem, utilizem a agência do Labcom (Laboratório de Comunicação). Aquilo ali vai fazer diferença na carreira de vocês", deixou a dica para os alunos.

Entre tantas dicas deixadas pelo palestrante está a de saber ir atrás de músicas, livros e filmes diferentes, pois Tadeu afirma que a cultura é um combustível. “Você será pago para não pensar o óbvio”, justifica o publicitário Tadeu Braga, lembrando que além de ser uma maneira de desenvolver propagandas legais, também é uma oportunidade de se tornar uma pessoa mais interessante. “Vocês vão ver que vão ter todo tipo de assunto com todo tipo de pessoa”, aconselha.

O publicitário mostrou alguns dos anúncios produzidos, lembrando a importância da criatividade e de fugir do óbvio. A participação dos acadêmicos e profissionais em premiações também foi abordada. "Um prêmio faz diferença tanto para a agência quanto ao profissional, podendo este ter preferência em alguma vaga”, destaca Tadeu Braga.

Na apresentação do palestrante ele mostrou um diagrama, no qual a pesquisa e a cultura devem ser incentivadas, pois ajudam a fazer associações menos óbvias, criar ações mais interessantes que chamem mais atenção, são lembradas e vendem mais. "Criatividade é somente ligar as coisas", o palestrante citou uma frase do falecido Steve Jobs, inventor, empresário e magnata co-fundador da Apple.

O publicitário explicou como os fatos do cotidiano podem ser usados para aplicar a vida real à propaganda, fazendo o público se identificar. "O negócio ganha alma. As pessoas se identificam com situações reais”, Tadeu comprovou com o sucesso de suas próprias propagandas criadas com base na sua própria vida e dos outros funcionários da agência de Publicidade em que trabalha. “O acúmulo de informações ajuda na criação de propagandas diferentes. É saber conectar ideias”, justifica.

Para encerrar a palestra, Tadeu Braga recomendou três páginas do Facebook nas quais os estudantes podem tirar referências. São elas: Puta Sacada (Blog de Criação com ênfase em Redação Publicitária), Banco de Títulos e Imagens Históricas (Página agregadora de conteúdo histórico. Para curiosos e amantes da história).

A ideia de convidar o publicitário Tadeu Braga para ministrar a palestra foi da Coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda da UCDB, Claudia Ruas que também deve chamar profissionais de Jornalismo, Relações Públicas e Cinema para conversar com os alunos.

*Texto: Ben Oliveira

Comentários

Mais lidas da semana