Pular para o conteúdo principal

Destaques

Neurodiversidade: Autismo não só biológico ou só identidade social

A Neurodiversidade dá um tiro no pé ao tratar o autismo como algo meramente social (identidade social), ignorando as particularidades neurobiológicas de CADA autista. Mas o extremismo científico também erra ao ver como algo meramente biológico, ou até mesmo patológico.


O ideal seria ver o melhor dos dois mundos, algo impossível diante da polarização. Todo mundo sai perdendo.

É utopia esperar que a sociedade vá se adequar completamente aos autistas, especialmente porque cada autista pode ser completamente diferente do outro. O ambiente adaptado para um autista, é o ambiente desadaptado para o outro – isso entre os próprios autistas.

Enquanto as pessoas continuarem tratando o autismo como algo 'universal', ignorando as especificidades, esse debate não vai para frente.

O Asperger que não precisa interagir com os outros, não precisa trabalhar, não precisa fazer nada que o tire da zona de conforto, talvez não sinta muita dificuldade em viver em um mundo não adaptado. Mas não é a re…

Vídeo: Literatura LGBT e a Editora Orgástica

O psicólogo, escritor e editor Fabrício Viana foi entrevistado pela psicóloga e sexóloga Rose Villela, no programa Prazer em conhecer, sexo na web, do TV UOL, com o tema Literatura LGBT. Durante o bate-papo, o autor falou sobre a Editora Orgástica e suas publicações.

Confira o vídeo: Liberatura LGBT e a Editora Orgástica


Para quem ficou interessado, aqui no Blog rolou uma entrevista com o Fabrício Viana e resenhas dos livros: O Armário, Orgias Literárias da Tribo, Ursos Perversos e Bem-Te-Vi.

Comentários

  1. Respostas
    1. De nada! Gosto de dar minha contribuição para a literatura lgbt, nem que seja ajudando a divulgá-la.

      Abraços!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana