Pular para o conteúdo principal

Destaques

Happy Old Year: Filme explora a linha tênue entre o desapego e a nostalgia

O filme tailandês Happy Old Year , de 2019, nos faz pensar sobre as relações que construímos com as coisas que guardamos ao longo da vida. Com direção e roteiro de Nawapol Thamrongrattanarit, a obra está disponível na Netflix. Chutimon Chuengcharoensukying interpreta Jean, uma mulher que deseja fazer um escritório em sua casa, mas se dá conta de que há uma pilha de objetos inutilizados pela casa. Interessada e inspirada pelo minimalismo, se dependesse só dela, ela colocaria tudo em sacos de lixo e jogaria fora, o que ela descreve como buracos negros, porém, à medida que ela coloca o seu plano em ação, Jean percebe que não será tão fácil como imaginava. Com a resistência da família a mudar, Jean encara de frente sua missão, doa em quem doer. O que deveria ser fácil e prático para ela, cuja necessidade é vista até mesmo como egoísmo, acaba se desdobrando em várias situações, fases e etapas conforme ela mergulha nas histórias, memórias e emoções que estão vinculadas aos objetos, especialm

Escritores gays Fabrício Viana e Alexandre Calladinni realizam bate-papo no Rio de Janeiro

Fabrício Viana, gay assumido, autor de três livros que norteiam a comunidade LGBT – Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros – estará nesta sexta, dia 12/09, na Galeria Café, em Ipanema (Rio de Janeiro / RJ) conversando com leitores e amigos.


A ideia, vinda de seu amigo e também escritor Alexandre Calladinni, que também é gay assumido, foi de criar uma confraternização informal com o público carioca que gosta ou tem curiosidade por livros com a temática gay. Calladinni, que também já escreveu três livros, estará presente e garante um evento bem descontraído.

“Já lancei livros e fiz eventos literários na Galeria Café e é um local maravilhoso para conversar, tirar fotos, paquerar e descontrair com pessoas inteligentes”, diz Calladinni, que além de escritor também trabalha com fotografia profissional.

“Meu primeiro livro, lançado em 2006, vai para a quarta edição. Isso é algo incrível. Já fui em vários programas de TV por causa dele, mas é a primeira vez que vou a um evento no Rio de Janeiro com objetivos literários! Estou bem ansioso e quero encontrar muita gente bacana!”, diz Viana, que além de escritor é sócio da Editora Orgástica – editora voltada para a publicação de obras sobre a Diversidade Sexual e Sexualidade Humana.

Mais sobre os autores e seus livros:

Fabrício Viana – Site pessoal

Escreveu:

- O Armário. Sobre a homossexualidade e “saída do armário”

- Ursos Perversos. Uma coletânea de contos eróticos gays com personagens bears

- Orgias Literárias da Tribo. Única coletânea brasileira de contos, poesias e crônicas onde existe pelo menos um autor de cada segmento LGBT.

Alexandre Calladinni – Site pessoal

Escreveu:

- Jeito Calladinni de Voar. Biografia onde relata sua experiência como comissário de voo

- Por favor, me ajude!. Neste livro, quase uma continuação do primeiro, o autor mostra todo o seu lado humano, suas angústias e fraquezas.

- Censurado. Uma coleção de contos eróticos gays.

Galeria Café 
Encontro com Fabrício Viana e Alexandre Calladinni
12/09/2014 – Sexta-feira, das 17h as 19h
Rua Teixeira de Melo, 31 – Ipanema – Rio de Janeiro/RJ

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/711766538899249

Site da Editora Orgástica: http://editoraorgastica.com

Vídeo-convite do escritor Fabrício Viana:

Comentários

Mais lidas da semana