Pular para o conteúdo principal

Destaques

Antraz: Documentário da Netflix revela investigações feitas pelo FBI durante anos

Um pouco após os atentados terroristas contra as torres gêmeas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no 11 de setembro de 2001, uma ameaça de antraz colocou as autoridades, como o FBI em alerta, e espalhou pânico nos norte-americanos devido à facilidade de se espalhar sem as pessoas saberem.  Dirigido e roteirizado por Dan Krauss e produzido pela Netflix e pela BBC, 21 anos após o ataque e o primeiro caso de circulação do antraz, o documentário Antraz: EUA Sob Ataque (The Anthrax Attacks) leva o telespectador para as investigações do FBI que duraram anos. O que a princípio foi alvo de muita pressão para a solução do caso, principalmente pelo medo dos norte-americanos do esporo da bactéria continuar se espalhando pelas cartas e fazendo mais pessoas adoecerem e/ou morrerem, logo foi caindo no esquecimento conforme as investigações desenrolavam fora dos holofotes.  Com a proximidade do caso do ataque às torres gêmeas, à primeira vista, o pânico generalizado fez com quem os norte-americanos

Alunos gravam programa de TV especial do 72 Horas de Jornalismo

Na manhã desta sexta-feira, 23 de agosto de 2013, aconteceu no Laboratório de Comunicação (Labcom) da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), em Campo Grande (MS), o terceiro e último dia do 3º 72 Horas de Jornalismo. Os alunos, professores e profissionais participantes do evento gravaram um programa televisivo.

Alunos participaram de um bate-papo com os profissionais dos veículos de comunicação visitados, como Correio do Estado, Revista AL.SO e Rádio UCDB FM. Foto: Ben Oliveira.

O programa de televisão foi gravado pelos cinegrafistas da UCDB e contou com a participação dos acadêmicos e professores dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Oswaldo Ribeiro, Inara Silva, Cristina Ramos, Maria Helena Benites, Elton Tamiozzo, Eduardo Biagi, Claudia Ruas e Jacir Alfonso Zanatta. Os profissionais Montezuma Cruz, repórter especial do Correio do Estado, Marithê Lopes, chefe de redação da revista AL.SO  e Joel Silva, jornalista e radialista, apresentador do Programa UCDB Notícias, da rádio FM UCDB, estavam presentes, conversando e tirando as dúvidas dos alunos.

Estúdio de Televisão da UCDB reuniu alunos, professores e jornalistas na manhã desta sexta-feira. Foto: Ben Oliveira.

Entre as atrações culturais do programa estavam os alunos Ariel Ribeiro e Goga Penha que apresentaram algumas músicas, o DJ Erick Marques e a artista Marina Tonon que estava desenhando ao vivo.

Profissionais do Laboratório de Comunicação da UCDB ajudaram os alunos a gravarem o programa. Foto: Ben Oliveira.

O jornal impresso laboratorial Em Foco Especial do 72 Horas de Jornalismo ainda não estava pronto da gráfica no período da manhã e seria entregue à tarde para os alunos.

Atrações culturais fizeram parte do Em Foco TV Especial 72 Horas de Jornalismo. Foto: Ben Oliveira.

Ainda durante o evento, o professor de Publicidade e Propaganda da UCDB, Elton Tamiozzo apontou alguns dados sobre o alcance da hashtag #72HorasdeJornalismo no Twitter, alcançando aproximadamente 5.377 perfis do microblog e 46.533 impressões durante os três dias do evento organizado pelo curso de Jornalismo da Instituição de Ensino Superior.



Alunos Rhaíssa Lopes e Ben Oliveira nos bastidores de gravação do programa televisivo do 72 Horas de Jornalismo.

Comentários

Mais lidas da semana