Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mindhunter Profile 2: Especialista em serial killers compartilha experiências após aposentadoria do FBI

Após se aposentar do FBI , o ex-agente especialista em assassinos continuou sendo convidado para colaborar em alguns casos que exigiam entender melhor o perfil psicológico dos criminosos. No livro Mindhunter Profile 2 , dos autores Robert K. Ressler e Tom Snachtman , é possível conhecer um pouco mais da história de vida desta figura que deixou uma boa contribuição para a criminologia e compreensão sobre as mentes de serial killers. A obra foi publicada pela editora DarkSide Books , em 2021, com tradução de Alexandre Boide. Compre o livro Mindhunter Profile 2:  https://amzn.to/39qJjId Entre os casos explorados no livro há um que desperta o interesse por envolver algo não tão desconhecido, como o uso de transtornos mentais para diminuir as penas. Ressler percebeu um fenômeno de ex-soldados que usavam o Transtorno do Estresse Pós-Traumático como uma justificativa quando cometiam crimes e notou que muitas vezes, os históricos dos assassinos não eram checados e muitos inventavam histórias

Impeachment de Bolsonaro: Pesquisa do Datafolha mostra que mais da metade da população brasileira apoia

A maré virou. Mais de 50% da população já apoia o Impeachment de Bolsonaro. Chega a ser surreal como levou tudo isso para os brasileiros acordarem.

Se interessa em conhecer mais informações sobre o processo de impeachment? Compre o livro que aparece na foto, Como Remover Um Presidente (Rafael Mafei): https://amzn.to/3xzgp39

Quem ainda não se posiciona a favor não deve estar assistindo a CPI da Pandemia ou ciente dos inúmeros escândalos e investigações sobre irregularidades na Pandemia. 

O momento não pede alienação. Quem se incomodava com corrupção dos governos anteriores, mas fecha os olhos para corrupção na Pandemia por cegueira política diz muito sobre si. 

As pesquisas já revelam que centenas de milhares de vidas poderiam ter sido salvas, se o governo não tivesse se omitido na compra de vacinas quando recebeu as ofertas, além dos erros em divulgar tratamentos sem comprovação científica e espalhar desinformação constantemente sobre a Pandemia. 

Sem falar as ameaças à democracia, aos jornalistas e instituições. Bolsonaro será lembrado como o pior presidente que o Brasil já teve.

Alguns números relacionados ao Impeachment:

– Mais de 120 pedidos de impeachment do Bolsonaro já foram protocolados na Câmara, sendo um deles considerado um superpedido por reunir vários pedidos anteriores e contar com apoio de políticos de diversos partidos e vários movimentos. Bolsonaro é o presidente do Brasil que recebeu mais pedidos de impeachment;

– Segundo o Instituto Datafolha, uma pesquisa divulgada neste dia 10 de julho de 2021, pela primeira vez, há mais pessoas no Brasil defendendo a abertura de impeachment de Jair Bolsonaro, sendo 54% a favor, 42% contrários e 4% não souberam responder;

– Até o momento do texto, o site que reúne assinaturas em apoio ao pedido de impeachment, Vidas Brasileiras já reuniu mais de 860 mil assinaturas; 

– O site SuperImpeachment já contou com o apoio de mais de 100 mil pessoas que enviaram e-mail para o presidente da câmara Arthur Lira, pressionando pela abertura do impeachment de Bolsonaro;

– Nas mídias sociais, é possível ver um aumento das pessoas apoiando o pedido de impeachment, seja por meio de textos e imagens de quem participou das manifestações, seja por quem apoia pela internet. Se antes, as postagens era mais frequentes nos círculos da Esquerda, atualmente, há pessoas de diferentes posicionamentos políticos, partidários e ideológicos apoiando o impeachment;

– Até o momento, já foram realizados três grandes manifestações de impeachment neste período de pandemia. Além dessas manifestações, pessoas que ainda foram às ruas, seja por causa dos riscos do Covid-19 ou por divergências partidárias, em breve devem organizar seus próprios eventos reunindo pessoas que desejam o impeachment do Bolsonaro. MBL e Vem Pra Rua, os dois grupos que lideraram as manifestações pelo impeachment da Dilma Rousseff, agora devem convocar atos pelo impeachment do Bolsonaro, sendo o primeiro deles marcado para o dia 12 de setembro de 2021.

Leia também:

Bolsonaro na contramão da Democracia, do papel dos jornalistas e da liberdade de expressão 

Pandemia: Postura de Bolsonaro e problemas nos contratos das vacinas aumentaram rejeição ao presidente 

Jair Bolsonaro: Escândalos e Investigações jogaram o presidente no Olho do Furacão da Imprensa e do Impeachment 

Impeachment de Bolsonaro: Curso de Jornalismo da PUC-SP lançou campanha Pergunte Ao Lira 

Pandemia: Como máscaras e vacinas se tornaram símbolos pelo impeachment do Bolsonaro 

Pós-Verdade: Em livro, jornalista Matthew D’Ancona disseca o fenômeno da desinformação política e manipulação 

Impeachment do Bolsonaro: Criado por figuras públicas, pedido reúne mais de 800 mil assinaturas 

29 de Maio: Manifestações contra Bolsonaro pelo mundo e o silêncio da mídia que incomoda os próprios jornalistas 

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana