Pular para o conteúdo principal

Destaques

My Shy Boss: Série de drama sul-coreano tem protagonista com fobia social e segredos

My Shy Boss (Introverted Boss/Naesungjukin Boseu/내성적인 보스) é uma série de drama romântico sul-coreano sobre a relação entre um chefe de uma empresa de Relações Públicas e uma jovem atriz extrovertida tentando descobrir a verdade sobre um acontecimento do passado que envolveu sua irmã. Lançada em 2017, a série da tvN (canal de televisão da Coreia do Sul) está disponível na Netflix Brasil por tempo indeterminado. Para quem sente falta de ver personagens com dificuldades de comunicação e interação em seriados, My Shy Boss tem Eun Hwan-ki (Yeon Woo-Jin) , um protagonista que evita o máximo possível falar com os funcionários de sua empresa, de forma que gera estranhamento nos outros. Sempre com seu casaco preto de capuz, sua timidez chama a atenção de forma negativa por onde passa. Até se acostumar com o personagem principal, fica difícil compreender alguns dos seus comportamentos. Se é contraditório para os próprios funcionários, para a família dele e até mesmo para alguns clientes insat

Leituras de Setembro

Setembro chegou ao fim. Decidi fazer o balanço de leituras de setembro nesta madrugada, início de outubro. Foram 16 livros lidos neste mês, além de três leituras pendentes que ainda não tive tempo para concluí-las.
Para não perder o costume: A capa que ilustra o post é da minha leitura da semana:
A Sesmaria Esquecida, do escritor Luciano Cilindro de Souza.

Confira a lista de livros lidos em setembro:

Um Buquê Improvisado (Roberto Muniz Dias)

Urânios (Roberto Muniz Dias)

Pare de se sabotar e dê a volta por cima (Flip Flippen)

Respiração Artificial (Ricardo Piglia)

Que é linguística (Suzette Haden Elgin)

A Incrível Cidade que Apodreceu (Christian Petrizi)

Maré Vazante (Alexandre Melo)

Variáveis Vias do Desejo (Thiago Thomazini)

Censurado: Sexo, Taras e Fetiches (Lado B Edições)

Direito Digital na Publicidade (Patricia Peck Pinheiro e Luiz Henrique Rodrigues de Souza)

A Menina que Roubava Livros (Markus Zusak)

Garoto Encontra Garoto (David Levithan)

A Distância entre Nós (Thrity Umrigar)

Sim, sou gay... E daí? Desabafos do gay Alice no País das Maravilhas (Valdeck Almeida de Jesus)

O Torneio dos Céus (Leandro Schulai)

Manual de Linguística (Org. Mário Eduardo Martelotta)

Quase todos os livros lidos foram resenhados para o blog (aos interessados em ler as resenhas, basta clicar sobre os títulos dos livros), portanto este mês não vou fazer breves comentários sobre cada um deles. Quanto aos livros que estou lendo no momento estão: Divergent (Veronica Roth) – Até agora não terminei, não por ser longo, mas por estar dando prioridades aos outros livros; Heróis e exílios: Ícones gays através dos tempos (Tom Ambrose) e A Sesmaria Esquecida (Luciano Cilindro de Souza).

PS: Para quem está aguardando novidades dos meus projetos literários, em breve devo divulgar mais informações aqui no blog!

Comentários

Mais lidas da semana