Pular para o conteúdo principal

Destaques

Pós-Verdade: Quando Jornalismo, Propaganda Política e Cinismo se Confundem no Brasil

Estamos em 2021. Em teoria, com tanto volume de informação disponível, brasileiros e pessoas de diferentes países teriam mais condições de entenderem sobre manipulação política . Porém, o  sistema político da Pós-Verdade tem revelado o quanto a democracia pode ser frágil quando as mentiras reforçadas constantemente por figuras políticas ganham destaque midiático. Em um jogo de inversão, quem mente, acusa o outro de fake news e muitos perdem o referencial de credibilidade, sem saber distinguir o que é jornalismo, propaganda política ou cinismo. Muita gente poderia achar que o que tem acontecido nos últimos anos é um mero acaso, assim como milhares de brasileiros tentam minimizar o impacto das falas de Jair Bolsonaro, chamando-o de louco e mentiroso patológico – tirando de jogo a intencionalidade da questão de manipulação política por trás de suas estratégias de governar.  Embora tente passar imagem de originalidade, nada do que ele faz é novidade no resto do mundo: talvez exceto pelo

Filme de terror brasileiro sobre padre exorcista estreia na Netflix em agosto

Gosta de filmes de terror sobre exorcismo e possessão? Para quem gosta desta temática sobrenatural, o filme Diário de um Exorcista: Zero deve estrear na Netflix Brasil no dia 10 de agosto, segundo informações do site CinePOP. Com direção de Renato Riqueira, o filme foi escrito por Luciano Milici e Renato Siqueira, inspirado na história do padre Lucas Vidal, um dos maiores exorcistas da América Latina nas décadas de 1950 e 1960.


Lançado em 2016, o filme Diário de um Exorcista: Zero é uma adaptação do livro Diário de um Exorcista, dos autores Luciano Milici e Renato Siqueira, publicada pela editora Évora, através do selo Generale, voltado para a publicação de obras de ficção e não-ficção. Não li o livro, mas fiquei bem curioso para ler e também para assistir ao filme.

Segundo informações disponíveis no site oficial do filme, devem ser lançados nos cinemas mais três filmes de Diário de um Exorcista: Diário de um Exorcista – Gênese do Mal, Diário de um Exorcista – Possuídos e Diário de um Exorcista – Apocalipse.

Confira a sinopse do filme:


Quando uma tragédia familiar inexplicável abala sua família, o jovem Lucas Vidal desperta para a desafiadora missão de enfrentar o inimigo maior do homem e de Deus: o próprio Diabo.
A história (baseada em fatos reais) do padre Lucas Vidal - um dos maiores exorcistas da América Latina - é contada em aterrorizantes detalhes. Conheça batalha dos padres exorcistas contra esses terríveis seres profanos que crescem em número e poder a cada dia. O mal foi liberto e não se sabe mais quem é humano e quem é demônio. Como poderão, os padres exorcistas, enfrentarem o inconcebível poder das trevas?


Assista ao trailer do filme:






Sobre os autores:



Luciano Milici – publicitário atua na área de marketing de grandes empresas e já foi professor universitário. É cofundador do site Boca do Inferno e escreve, desde os seis anos, histórias de fantasias, horror e ficção.

Renato Siqueira – cineasta, escritor e também ator, roteirizou e produziu a sua primeira obra cinematográfica com apenas 14 anos, um curta experimental que acabou recebendo o nome de O retorno.

Para mais informações sobre o filme, visite o site oficial: https://diariodeumexorcista.com.br/

Curta a página do filme no Facebook: https://www.facebook.com/DiarioDeUmExorcista/

E você, já leu o livro ou assistiu ao filme Diário de um Exorcista? Deixa um comentário!
***
Para quem gosta da temática paranormal e de terror, aqui no blog já rolaram algumas indicações de livros:

O Exorcista (William Peter Blatty)

Legião (William Peter Blatty)  

Exorcismo (Thomas B. Allen)

Ed e Lorraine Warren: Demonologistas (Gerald Brittle)

Deliver Us From Evil: Taken from the files of Ed And Lorraine Warren (J. F. Sawyer)  

1977: Enfield (Guy Lyon Playfair)

Amityville (Jay Anson)

O Demonologista (Andrew Pyper)

Os Condenados (Andrew Pyper)


Caçadores de Demônios (Ademir Pascale)

Ultra Carnem (Cesar Bravo)

O Evangelho de Sangue (Clive Barker)

Comentários

  1. Boa escolha! Não tenho Netflix, mas espero arranjar forma de assistir. Acho que hoje em dia, os filmes de terror já não são bem aquilo que eram antes, mas claro, sempre existem excepções! ;)

    Caso ainda não tenhas visto, aconselho a veres "Fragmentado".

    Um abraço :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou morrendo de vontade de assistir Fragmentado! Quanto ao Diário de um Exorcista, estou bem curioso, pois gosto muito desta temática de terror sobrenatural e possessão. Confesso que estou mais curioso para ler o livro do que assistir ao filme, mas de qualquer jeito, é bom prestigiar produto nacional.
      Abraços

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana