Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

Impeachment de Bolsonaro: Quando não faltam motivos

Quem se incomoda com posts políticos, vai se incomodar mais. Desde o início defendo o impeachment do Bolsonaro. Ele nem deveria ter sido eleito, começa por aí. 

Compre o livro Como derrotar o turbotecnomachonazifascismo (Marcia Tiburi): https://amzn.to/3qr0sJD

– Desmonte da cultura;

– Desmonte da educação;

– Desmonte da pesquisa;

– Gabinete do Ódio: fake news e ataques coordenados contra opositores na internet;

– Ataques aos jornalistas, artistas, mulheres, LGBTQ, indígenas, negros;

– Falsas alegações de fraudes nas eleições e incentivo a atos antidemocráticos, autoritarismo;

– Crimes da Pandemia: atraso intencional da vacinação, contrato irregular da Covaxin, defesa de tratamentos sem comprovação científica, aglomerações sem máscaras. Fake news da pandemia. 

Motivos para o impeachment não faltam. Não só milhares de brasileiros apoiam, como diferentes países estão acompanhando o show de horrores. Isolou o país do resto do mundo, ninguém quer parceria com um presidente repulsivo. 

Leia também: 

CPI da Pandemia: Irmãos Miranda, contrato irregular da vacina indiana e suspeita de prevaricação de Jair Bolsonaro 

CPI da Pandemia: Osmar Terra serviu mais uma dose perigosa de negacionismo científico 






*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana